Tudo normal! Flamengo goleia Corinthians em São Paulo e assume liderança do Brasileirão

FOTO: REPRODUÇÃO

Por: Paula Mattos

Flamengo e Corinthians entraram em campo neste domingo (18), em partida válida pela décima sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto foi disputado na Neo Química Arena, às 16h (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava uma vitória para garantir mais três pontos na tabela de classificação, além da manutenção da invencibilidade de dois anos jogando em São Paulo.

Com o retorno de alguns atletas, e o Flamengo de Domènec Torrent entrou em campo com Hugo (Neneca), Isla, Natan, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Thiago Maia, Gerson e Everton Ribeiro; Vitinho, Bruno Henrique e Pedro.

Nos primeiros minutos, o jogo foi meio truncado, com o Corinthians adiantando a marcação e pressionando o Flamengo. No entanto, não demorou muito para o Rubro-Negro conseguir impor o seu ritmo e dominar o duelo. Com superioridade nos primeiros 45 minutos, o Mengo balançou as redes duas vezes, mas apenas um gol foi validado. Com vantagem no placar, na segunda etapa, o Mengão manteve a superioridade, mas viu o time paulista tentar buscar o resultado. Em um segundo tempo quente, o Flamengo balançou as redes outras quatro vezes, e o Corinthians marcou uma. Fim de papo na Neo Química Arena. Mengo 5 x 1.

O JOGO

O jogo começou pegado, com o Corinthians adiantando a marcação e tentando pressionar a saída de bola do Flamengo, que buscava os espaços para a criação das jogadas. Passados os primeiros minutos mis truncados, o Mais Querido conseguiu impor o seu ritmo e começou a dominar o confronto, encontrando bastante liberdade para movimentação. Logo aos nove minutos, a postura rubro-negra fez efeito e o Mengo abriu o placar, mas o gol não valeu!

Pela lateral-direita, Vitinho armou o contra-ataque e tocou para Everton Ribeiro, que construiu a jogada e tentou a finalização. A bola sobrou para Pedro e o atacante estufou as redes de Cássio, mas o tento foi anulado por saída de bola na origem do lance. Mengo 0 x 0 Corinthians.

Com Vitinho, Filipe Luís e Everton Ribeiro muito participativos, o Flamengo desequilibrava a partida, se mantinha soberano e construía jogadas pelos dois extremos. Aos 31 minutos, o lateral-esquerdo deu uma verdadeira assistência para o camisa 7. Filipe cruzou na cabeça de Ribeiro, no melhor estilo faz e me abraça, e o capitão só precisou cabecear para balançar as redes do adversário. GOL! Mengo 1 x 0 Corinthians.

Mesmo após o gol, o Rubro-Negro não diminuiu a intensidade e continuou pressionando a equipe paulista, tendo algumas boas chances de ampliar o marcador. Em busca a vitória, o Flamengo precisou fazer a primeira substituição aos 38, após lesão de Gustavo Henrique, que foi substituído por Gabriel Noga.

Nos minutos finais, o Mais Querido manteve as jogadas de perigo, mas não conseguiu mais nada. Em desvantagem no marcador, o Corinthians tentou responder e mandou um chutaço na trave de Hugo, único lance de perigo do time paulista na primeira etapa. Fim de papo no tempo. Mengo 1 x 0 Corinthians.


Qual será a próxima vítima do Flamengo? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Sem alterações, o Flamengo voltou para a segunda etapa ligado no 220v, e manteve a intensidade do primeiro tempo, colocando o Corinthians na roda. On fire, o Mengão marcou duas vezes seguidas: com Vitinho e Natan. Aos seis minutos, o atacante mandou um chutaço da entrada área e deixou Cássio sem condições de defender. No lance seguinte, após cobrança de escanteio de Everton Ribeiro, Natan, o cria que domina a zaga do Rubro-Negro, cabeceou para ampliar: Mengo 3 x 0 Corinthians.

Apesar do placar vantajoso, o Flamengo tirou o pé do acelerador e viu o adversário acordar na partida e buscar o resultado logo após o terceiro gol. Aos 15 minutos, em cobrança de falta, Gil subiu e marcou, mas estava em posição de impedimento. Todavia, na jogada seguinte, em nova cobrança de falta, Gil voltou a balançar as redes de Hugo, que falhou. Gol legal. Mengo 3 x 1 Corinthians.

Após sofrer gol, o Flamengo continuou buscando ampliar a vantagem, e conseguiu. Vitinho, que fez uma excelente partida, abriu para Isla, que cruzou rasteiro. A bola passou por todo mundo e sobrou para Bruno Henrique marcar. Mengo 4×1.

Se Neneca falhou no primeiro gol do Corinthians, compensou com brilhantes defesas nos minutos seguintes, e fez três incríveis milagres para salvar o gol do Rubro-Negro. Depois do quarto tento do Mais Querido, o time paulista continuou tentando responder e levou perigo à Hugo Souza, que estava ligado.

Aos 27 e aos 36 minutos, Domènec voltou a mexer no Flamengo: Vitinho saiu para a entrada de Diego, e Thiago Maia foi substituído por Willian Arão. Logo depois, Ramon entrou no lugar de Everton Ribeiro, e Lincoln na vaga de Pedro. Nos instantes finais, Diego marcou um GOLAÇO, voltou a balançar as redes do Corinthians e fechou o caixão. Mengo 5×1. Fim de papo em São Paulo.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Torcida ANTIPATICUZONA, que só sabe cornetar. Estão de má-fé ou são MARIONETES. Tem uns que criam vários perfis para pedir FORA DOME, mas não aparecem nas DIVERSAS VEZES QUE O TIME JOGA BEM.

  • Disse mais cedo que o Flamengo merecia elogios, disseram o contrário. Disse que todo time tem jogos ruins, inclusive o time do Jorge Jesus, disseram que o Flamengo do Dome não tem grandes jogos. Agora estou esperando o que vão dizer. Certo estava o Mauro Cesar Pereira (de quem eu não gosto). A torcida tem implicância com o Doménec. Enquanto isso o time chega à liderança…

  • A vida está muito difícil para quem é anti-flamenguista e para a galera que só consegue enxergar o copo meio vazio. O Mengão tem de longe o melhor elenco do país e é favorito a ganhar tudo de novo. Precisa acertar alguns detalhes, como o posicionamento da defesa no jogo aéreo. Hoje até o Vitinho jogou bem. Hugo falhou no gol do Corinthians, mas fez outras 3 defesas espetaculares. É goleiro de seleção brasileira.

  • Fora ESTAGIÁRIO BURRO! Inteligente sou eu… Torcedor ANTIPATICUZÃO.

  • E aí, cadê aquela ala chata da torcida que vive pedindo a saída de Vitinho, Arão e Lincoln, entre outros? TODOS são necessários neste ano maluco. E o Vitinho hoje jogou muito.