Flamengo marca nos acréscimos, mas perde nos pênaltis e é eliminado na Libertadores

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Por: Paula Mattos

Flamengo e Racing entraram em campo na noite desta terça-feira (01), em partida válida pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. O jogo foi disputado no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava um triunfo para garantir a classificação para as quartas de final da competição.

Com o retorno de jogadores importantes, o Flamengo entrou em campo com Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Vitinho e Bruno Henrique.

O Flamengo foi superior durante toda a primeira etapa, colocou o Racing na roda e perdeu grandes chances de ampliar o marcador. No segundo tempo, o Mengo viu Rodrigo Caio ser expulso e saiu atrás do placar. Aos 47, com gol salvador de Willian Arão, a partida terminou empatada em 1×1 no tempo regulamentar e foi para a disputa de pênaltis. Com 5 pênaltis a 3 para o Racing, o Flamengo está eliminado da Copa Libertadores

O JOGO:

O jogo começou bem disputado, mas o Flamengo era superior nos minutos iniciais e, com muita valorização da posse de bola, conseguia pressionar o adversário em busca do primeiro gol. Logo ao três minutos, Bruno Henrique furou na cara do goleiro Arias e quase abriu o marcador. Aos quatro, após cobrança de escanteio de Arrascaeta, Gustavo Henrique ganhou de cabeça e, por pouco, não balançou as redes.

A etapa inicial foi marcada por amplo domínio do Mais Querido, que jogava com as linhas bem compactas, demonstrava organização defensiva e ofensiva, e colocava o adversário na roda. Com muita paciência para trabalhar a bola, o Mengo ia encontrando os espaços e criando boas jogadas, principalmente pela esquerda, com Bruno Henrique.

Aos 35 minutos, mais uma grande chance do Flamengo. Bruno Henrique iniciou a jogada e achou Arrascaeta, que deu para Everton Ribeiro. O capitão do Mengo teve a oportunidade de marcar o primeiro gol, mas errou na tomada de decisão e desperdiçou incrível lance. Já aos 44, Vitinho, que formava a dupla de ataque com o Rei da América, perdeu um gol FEITO. Em contra-ataque fulminante, o camisa 11 recebeu na cara do gol e, sozinho com o goleiro adversário, só precisava balançar as redes, mas chutou para fora.

Com uma postura de marcação pressão, o Rubro-Negro criou cinco grandes chances de abrir o marcador, mas não conseguiu aproveitar as oportunidades para aumentar a vantagem rumo à classificação para as quartas de final.

Com 63% de posse de bola, 84% de precisão nos passes, 10 chutes a gol e sete escanteios, o Mengo encerrou os primeiros 45 minutos demonstrando bom futebol e segurança na defesa, setor mais criticado da equipe. Todavia, para a segunda etapa, precisava ser mais efetivo no ataque para sacramentar a classificação.

Ao final da primeira etapa, destaques para o setor defensivo, que demonstrou bastante evolução e segurança. Filipe Luís e Bruno Henrique, que comandaram o lado esquerdo do Mengo, e também Gerson e Willian Arão, que brilharam no meio campo. Para o segundo tempo, o Mengo precisava contar mais com as genialidades de Arrascaeta e Everton Ribeiro.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


No segundo tempo, o Flamengo continuou com a mesma pegada, impondo o seu ritmo e pressionando a saída de bola do adversário. Logo aos quatro minutos, mais uma grande chance do Rubro-Negro. Vitinho recebeu na entrada da área e finalizou bem de perna direita, mas parou na defesa do goleiro Arias.

Assim como na etapa inicial, o Mais Querido era mais time e buscava o jogo de maneira mais incisiva. Todavia, aos 17 minutos, perdeu Rodrigo Caio, seu principal defensor. Após carrinho por trás, o zagueiro tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com a perda de Rodrigo Caio, Rogério Ceni precisou fazer substituições: tirou o Arrascaeta para entrada de Joao Gomes, que assumiu o meio campo. Willian Arão foi compor a dupla de zaga com Gustavo Henrique.

A alteração, no entanto, deu um verdadeiro apagão no Flamengo, que sofreu o gol. Aos 19 minutos, Gustavo Henrique falhou na defesa e deu um presente para o adversário, que só precisou balançar as redes. Racing 1×0 Flamengo.

Na tentativa de reverter o placar e precisando de um gol, Ceni tirou Everton Ribeiro para a entrada de Pedro, deixando o Mengo sem um criador de jogadas. Com um jogador a menos, o Flamengo perdeu o amplo domínio e superioridade que exerceu durante o primeiro tempo, e tentava, sem chances, empatar o jogo para garantir os pênaltis.

Aos 43, Rogério fez a última substituição: tirou Gustavo Henrique para a entrada de Diego Ribas. Com seis minutos de acréscimo, o atual campeão da América precisava de um milagre para buscar o resultado e, aos 47, GOL SALVADOR DO FLAMENGO! Diego cobrou escanteio e Willian Arão cabeceou para deixar tudo igual no marcador. Fim de papo no Maracanã: Flamengo 1×1 Racing. Decisão nos pênaltis. Racing 5×3 Flamengo, que está eliminado da Copa Libertadores.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Éverton ribeiro não jogou absolutamente nada. Não acertou um passe. Arrascaeta ainda tem lampejos, por exemplo deixou Vítor na cara do Gol e o rapaz conseguiu chutar para fora. Somente ele e o goleiro e o cara erra e joga a bola para fora. Bruno Henrique furou uma bola sozinho na pequena área. Chances incríveis desperdiçadas. Em 2020 toda bola q o time adversário chega na área do Fla é um perigo ou Gol. O azar tb tá grande e os caras não ajudam a diminuir os riscos. Dão sopa pra o azar. Lamentável realmente.

  • Muitos erros após a saída tumultuada de Jorge Jesus. Errou ao apostar num técnico desconhecido e completamente inexperiente. Muitas contratações q jogaram bem nos times em que atuavam em 2019, mas não renderam nada em 2020. Alguns jogadores pareciam indolentes e com certo ar de arrogância. Espero q baixem a bola e corram muito pelo campeonato brasileiro.

  • #foraceni e leva a barca junto.

  • Quem disse prá essa Diretoria de mer**, que o Rogério Ceni, é técnico? Sempre os mesmos afundando o Flamengo, e ninguém faz nada. Vitinho, Arão, Gustavo Henrique, entre outros. Nem libertadores ano que vem.

  • digo mais, a diretoria tem culpa também por contratar mal, time medíocre sem raça. Nem vou mais torcer pela conquista do Brasileirão.

  • FORA CENI. Chega de escalar errado. Chega de não botar o time pra cima.

  • TIME DE TOQUINHOS E CHAPEUZINHOS, JOGO LENTO, NÃO CHUTA PARA O GOL, ATACANTE NA HORA DE DEFINIR PREFERE TOCAR AO INVÉS DE DEFINIR. JOGAM ACHANDO QUE O GOL VAI ACONTECER FÁCIL. UM ATRAZAR DE BOLA DO CACETE, SEM RAÇA SEM BRILHO SEM VONTADE. JOGADOR DE FUTEBOL TEM METER UM DEDO NUMA TOMADA 220 VOLTS E ENTRAR EM CAMPO COM VONTADE. TOTALMENTE DISPLICENTES NOS LANCES QUE PRECISARIA CORAGEM PRA ENFIAR O PÉ NA BOLA. TIME DO RACING MUITO INFERIOR, ACHOU UMA BOLA E METEU NA REDE. OS MILIONÁRIOS JOGADORES DO FLAMENGO DANDO TOQUINHOS E CHAPEUZINHOS. TEM QUE CORTAR OS SALÁRIOS DE TODOS PELA METADE PRA VER SE COLOCAM RAÇA E VONTADE PRA GANHAR. FICAM QUASE UMA SEMANA TREINANDO PARA UM JOGO E FAZEM UM JOGO LENTO SEM DEFINIÇÕES. NÃO CULPO O TÉCNICO. CULPO SIM:
    SR. BRUNO HENRIQUE, ARASCAETA E PRINCIPALMENTE EVERTON RIBEIRO . SEM RAÇA E SEM CONCLUSÕES.
    VAI FICAR NO CHEIRINHO PORQUE O BRASILEIRO JÁ FOI. PARA QUEM ESTÁ ATRÁS E NÃO CONSEGUE GANHAR NEM BRAGANTINO . A FILOSOFIA DOS JOGADORES E TOQUINHO BONITO.
    ACORDEM, FUTEBOL É BOLA NA REDE. ACHOU PRA MATAR…. MATA E TIRA A CABEÇA, FAZ O SERVIÇO BEM FEITO CAMBADA.
    VERGONHA.

  • Culpa de tudo isto: Marcos Braz e Landim. São incompetentes, frouxos e desonestos. A próxima sacanagem à vista vai ser perder a compra do Pedro, melhor jogador do Flamengo. Faturou 1 bi ano passado e agora não tem dinheiro??

  • A maior culpa do Rogério foi tirar os 2 melhores da equipe na partida, Everton Ribeiro e Arrascaeta e deixar o patético do Vitinho em campo.

  • Em 1 ano acabaram com o Fla. MDS. Alguém me explica?

  • Gustavo Henrique é uma mãe para qualquer ataque.

  • Dessa vez, o Ceni teve culpa ao escalar Gustavo Henrique, com essa zaga, eu tinha dito adeus copa do Brasil, adeus libertadores e se continuar essa dupla com Léo Pereira, vamos dar adeus ao Brasileirão, triste fim do time de mercenários milionários.

  • Espero que o Ceni tenha aprendido que os 2 piores zagueiros do flamengo são gustavo Henrique e Léo Pereira.

  • Gustavo Henrique jumento!! Pqp!!!

  • Time medíocre treinador burro , pega esses jogadores manda embora ainda amanhã, Vitinho, Felipe Luiz, Isla, Lincon, Michel, Leo Perreira, Gustavo Henrique,bota tudo junto com o treinador ridículo…

  • Parabéns Vitinho, vc merece um prêmio por todas as alegrias que vc tá dando a torcida adversária, pq pra torcida do Flamengo vc só da raiva.