Flamengo tem ‘peça chave’ para conquistar o Campeonato Brasileiro

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo foi eliminado de forma precoce da Copa do Brasil, nas quartas de final, e da Libertados, ainda nas oitavas. Desta forma, o Rubro-Negro canaliza toda a sua atenção para conquistar a única competição restante: o Campeonato Brasileiro. E, para isso, Rogério Ceni tem uma ‘peça chave’ na reta final.

Daqui até o fim da temporada, o Flamengo tem apenas 16 jogos para disputar. De acordo com o calendário serão até oito semanas livres para Rogério Ceni treinar o time. Devido à remarcação do jogo contra o Grêmio, adiado pela 23ª rodada, o número total de ‘tempo livre’ pode ser alterado. Com as eliminações, o Rubro-Negro passa a disputar, na maioria das vezes, as partidas somente nos fins de semana.


 

Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Semana cheia para treinar não é algo comum no futebol brasileiro. Com isso, na reta final do campeonato, Rogério Ceni pode tirar isso como ‘peça chave’ para conquistar o título. Isso porque, até o momento, o Flamengo é a única equipe do G4 que possui uma previsão ‘generosa’ de treinamentos até o fim da temporada.

O período servirá para o Flamengo treinar técnica e taticamente focando somente o Brasileirão e, além disso, pode facilitar a recuperação das questões físicas dos atletas que se recuperaram recentemente de lesão, como Rodrigo Caio e Pedro. Por fim, após três meses é possível que o Fla volte a ter todos os jogadores à disposição, com exceção de Thiago Maia que passará por cirurgia nesta quinta (03).

Vale destacar que, após o clássico contra o Botafogo marcado para este sábado (05), o Flamengo terá, de imediato, uma sequência de cinco semanas livres para treinamento, até o dia 06 de janeiro.

CONFIRA O CALENDÁRIO DO FLAMENGO:

05/12: Botafogo x Flamengo
13/12: Flamengo x Santos
20/12: Flamengo x Bahia
26/12: Fortaleza x Flamengo
06/01: Flamengo x Fluminense
10/01: Flamengo x Ceará
17/01: Goiás x Flamengo*

* Data ainda não confirmada oficialmente pela CBF

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *