Gabigol quebra o silêncio após suposta ‘irritação’ no Flamengo: “Muita gente fala besteira”

FOTO: REPRODUÇÃO/PREMIERE

O Flamengo vive atualmente um de seus piores momentos na temporada. Mesmo disputando apenas o Campeonato Brasileiro, a equipe não consegue engrenar e já não vence há três jogos. No último, quando acabou derrotado por 2 a 0 pelo Ceará, o atacante Gabigol iniciou o duelo no banco de reservas, fato que gerou polêmica. Nesta sexta-feira (15), o camisa 9 concedeu entrevista coletiva e descartou qualquer irritação.

– Sou muito espontâneo, sou uma pessoa que, de coração, é assim independente do que seja, tanto para o bom quanto para o ruim. Mas não. Eu estava no banco, óbvio que eu não gosto de ficar no banco, mas qual jogador gosta? Eu quero jogar, quero ajudar, mas também respeito os meus companheiros, respeito quem entrou. Vi que muita gente falou besteira, principalmente sobre a camisa do Flamengo. Sendo que, contra o Fortaleza (no primeiro turno), eu também estava -, disse ele.


Saiba como lucrar com previsões esportivas!


– Falaram que eu não treinei, sendo que nem teve treino dos reservas. Sei que quando falam essas coisas é porque ganham ibope. Então, é normal que comecem a reparar em tudo. Se eu ficasse sorrindo, era porque eu estava feliz por estar no banco. Se eu ficasse triste, é porque eu estava bravo por ficar no banco. Então, confesso que não gosto muito de falar sobre isso, mas já que a pergunta foi feita, está aí a resposta –, completou o atleta.

Em ambas as situações nas quais ficou no banco, Gabriel deu espaço para Pedro, atual artilheiro da equipe na temporada, com 21 gols. Para a próxima partida, contra o Goiás, Ceni seguirá com os dois à disposição, mas terá também a cobrança por um resultado positivo. Atualmente, o Flamengo está na quarta posição, com 49 pontos, sete a menos que o São Paulo, atual líder.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *