Segundo jornalista, Flamengo espera faturar até R$ 35 milhões com cotas de TV do Carioca

FOTO: REPRODUÇÃO/FLAMENGO

Mesmo com o Estadual com data marcada para iniciar no dia 28 de fevereiro, ainda não há definição sobre quem irá transmitir a competição. Apesar do imbróglio em 2020 com a MP 984, que dava o direito ao mandante da partida escolher como e onde transmitir o jogo, a Rede Globo voltou a ter interesse pelo torneio, mas segue atrás na corrida com o SBT, que oferece maior flexibilização no uso de outras plataformas além da TV aberta. Segundo o jornalista Jorge Nicola, com esse modelo, o Flamengo projeta arrecadar em torno de R$ 35 milhões.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Embora não seja uma posição definitiva, o SBT aparece como favorito em TV aberta e com a possibilidade da Globo estar fora desse mercado vai abrir a perspectiva de o Flamengo e outros clubes do Campeonato Carioca faturarem bem mais do que em outros tempos. Nas contas de uma das pessoas envolvidas nas negociações tanto com a Globo tanto com o SBT, o Flamengo pode faturar com o Campeonato Estadual cerca de R$ 35 milhões. Bem mais do que os R$ 26 milhões pagos aos grandes clubes do futebol paulista na temporada passada.

O pulo do gato para que o Flamengo fature tanto está no pay-per-view. Caso a proposta da Globo seja aceita, o valor é de R$ 73 milhões para todas as propriedades: TV aberta, TV fechada e pay-per-view. Certamente o faturamento do Flamengo vai ser pequeno. Agora, se a FERJ e os clubes optarem por baterem o martelo com o SBT, que está disposto a pagar R$ 40 milhões em TV aberta, os clubes vão faturar mais no pay-per-view, especialmente o Flamengo. É que a SKY, a Vivo e a Claro estão dispostas a pagar até R$ 50 milhões. E essas operadores vão pagar aos clubes o proporcional de assinantes por time. O Flamengo hoje tem em média 60% dos assinantes de pay-per-view no Rio de Janeiro —, finalizou.

Vale lembrar que a ideia do SBT é uma transmissão por semana em TV aberta. O pay-per-view terá a exibição de todas as partidas e cada clube terá ainda o direito de escolher um jogo para exibir em seu próprio canal no Youtube. Toda essa flexibilização faz com que a emissora paulista fique a frente no páreo e tenha, pelo menos por hora, a preferência dos clubes e da Federação do Rio por um acordo. Mas o martelo ainda não foi batido.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *