Ceni festeja título, mas lamenta derrota no Morumbi: “Não me conformo de ter perdido hoje”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

A noite da última quinta-feira (25) foi de apreensão para o torcedor flamenguista, mas terminou com um final feliz. Mesmo com a derrota por 2 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, o Flamengo se sagrou octacampeão brasileiro graças ao empate do vice-líder Internacional em 0 a 0 com o Corinthians, no Beira-Rio.

Na entrevista coletiva pós conquista, o técnico Rogério Ceni se disse realizado com o primeiro título no comando do Mais Querido. Contudo, o treinador pontuou que não gosta de perder e que não se conformou com o revés para o Tricolor Paulista, ainda que o Mengo tenha levantado a taça.

– Honestamente eu não gosto de perder. Não me conformo de ter perdido hoje. Novamente dominamos o jogo. O São Paulo fez um gol em um erro de arbitragem. Não conseguimos converter esse domínio em gols. Claro que é um campeonato de pontos corridos, o que vale é o todo. Acho que em um momento desacreditado do Flamengo quando chegamos aqui, conseguimos fazer 36 pontos em 18 jogos, ou seja, 66,6% de aproveitamento. E em um campeonato tão parelho, o torcedor flamenguista, o Rio de Janeiro, o Brasil como um todo, mas o Rio em especial, amanhece muito mais alegre, feliz, muito mais vermelho e preto.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!



Revigorado após mais um título, o Flamengo se prepara para o Campeonato Carioca, que se aproxima. Na noite da próxima terça-feira (02), o Rubro-Negro enfrenta o Nova Iguaçu, às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, em duelo válido pela primeira rodada da Taça Guanabara. Como os jogadores mais utilizados na temporada ganharam 15 dias de recesso, o Mengo deve entrar em campo com uma equipe recheada de jovens do sub-20.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Essa franga do Hugo Souza que desestabilizou o time.