Ex-jogador minimiza soberania rubro-negra no Rio de Janeiro e dispara: “Não existe só Flamengo”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo tem se destacado nos últimos anos pelos títulos conquistados. Atual bicampeão do Brasileirão, o Rubro-Negro caminha a passos largos para levar o tri no Carioca, fatos que evidenciam a distância para os rivais estaduais. Em meio a isso, o apresentador Neto cobrou uma melhora no Botafogo, relembrando a história do Alvinegro. Segundo ele, o sucesso do Fla não pode indicar uma decadência dos adversários.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


– No Rio, acham que só existe Flamengo, e não existe só Flamengo. Para quem não sabe da história do Botafogo, tem Heleno de Freitas, Jairzinho, Garrincha, time que tem mais campeões mundiais, camisa maravilhosa, Túlio, Mauricio, Lúcio Flávio, Gerson, jogadores incríveis, mas precisa voltar a ser Botafogo. Vi uma entrevista do presidente dizendo que o clube deve R$ 1 bilhão, o que dificulta para treinador, auxiliar e jogadores.

– Acho que o Botafogo tem que dar um basta. Passou da hora. Precisa ter entendimento da força do Botafogo, do Vasco, do Cruzeiro, do Corinthians. Entrevistei o presidente do Fortaleza, tudo certinho e bonitinho. Imagine o Botafogo, que caiu para a Série B, com aquilo que está acontecendo no mundo, não poder ter torcida, na Série B onde o torcedor se apaixona mais e precisa dele para subir. Tem que ter um basta.

Como mencionado, a distância do Flamengo para os rivais do Rio de Janeiro se deve aos títulos conquistados nos últimos anos, como a Libertadores e Campeonato Brasileiro em 2019, além da Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Brasileirão em 2020. Cabe destacar que, além dos troféus, o Rubro-Negro também foi preciso nas contratações, uma vez que adquiriu atletas de alto nível e valores elevados, como é o caso de Gabigol, Arrascaeta e Pedro, peças fundamentais no elenco atual do Mais Querido.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *