Após boa atuação contra o La Calera, Gabriel Batista manda recado à torcida do Flamengo

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Nesta terça-feira (11), em jogo válido pela quarta rodada do Grupo G da Copa Libertadores, o Flamengo empatou em 2 a 2 com o Unión La Calera, no Chile. Substituto de Diego Alves no gol do Mais Querido, Gabriel Batista teve boa atuação e mandou recado à torcida rubro-negra após o apito final.

“Feliz pela estreia na libertadores! Queríamos a vitória mas levamos 1 ponto importante pra sequência da competição! Seguimos na busca!”, escreveu o goleiro em suas redes sociais.

Com fibrose na coxa direita, Diego Alves, titular da posição, não pôde entrar em campo contra os chilenos. Por conta das falhas recentes e insegurança notória de Hugo Souza, Ceni optou por escalar Gabriel Batista, e ele deu conta do recado. Além de não ter tido culpa nos gols do adversário, o jovem efetuou defesas difíceis e demonstrou boa desenvoltura no jogo com os pés.

OUÇA A NARRAÇÃO DOS GOLS DO FLAMENGO


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Com classificação encaminhada rumo às oitavas de final da competição continental, o Flamengo foca agora na disputa do Campeonato Carioca. Neste sábado (15), o Rubro-Negro encara o Fluminense, no Maracanã, pelo primeiro jogo da decisão do Estadual. Para a partida, ainda não se sabe se Diego Alves terá condições de estar em campo. Caso o camisa 1 não possa atuar, Gabriel Batista deve ser mantido no gol flamenguista.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pela serenidade e frieza em campo, lembra muito um antigo goleiro do Flamengo, campeão carioca em 1963, o já falecido Marcial. Confesso que não levava fé nele, depois de algumas falhas em gols bobos, mas depois de encarar um joguinho complicado da Libertadores fora de casa e se sair bem, passei a confiar mais nele. Além disso tem mais desenvoltura e segurança no jogo com os pés. Ainda falta muito para ser titular no Flamengo, mas está no caminho. Se o sucesso não subir à cabeça e sair fazendo merda dentro e fora de campo, como ocorreu com Hugo, vai disputar a vaga de 1o. reserva com César com alguma vantagem, pois César tb não consegue aprender a jogar com os pés. Goleiro tem que transmitir segurança e confiança ao time.
    Boa sorte, garoto!