CINCUM! Em estreia de Renato no Brasileirão, Flamengo atropela o Bahia fora de casa

FOTO: REPRODUÇÃO

Por: Paula Mattos

Flamengo e Bahia entraram em campo na noite deste domingo (18), às 18h15 (horário de Brasília), em Salvador, em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida marcou a estreia de Renato Gaúcho na competição nacional, e o treinador iniciou o torneio com o pé direito – fora o baile. O Mengo venceu por 5 a 0 e teve atuação de gala.

O JOGO:

O Flamengo teve a primeira boa chance com um minuto de jogo. Everton Ribeiro serviu a Gabigol, que bateu forte e parou na defesa de Matheus Teixeira, mas a arbitragem assinalou impedimento. Na sequência, Gabi encontrou um lindo passe para Michael, mas o camisa 19 finalizou mal e mandou para fora.

Boa exibição do Flamengo, que voltou a ser o time dominante que a torcida gosta de ver. Com muita posse de bola e intensidade, não tomou conhecimento do adversário e comandou todas as ações do confronto. Aos 20, pênalti pro Flamengo. Nino Paraíba derrubou Arrascaeta dentro da área, e a arbitragem assinalou penalidade máxima. Gabigol, com a categoria de sempre, estufou as redes de Matheus Teixeira e abriu o placar. Mengo 1 a 0.

Pouco depois do tento, o Fla voltou a levar perigo e chegou bem com Everton Ribeiro, que desperdiçou a oportunidade de ampliar o marcador por não finalizar e tentar o toque. Aos 29, mais uma grande oportunidade do Flamengo com Everton Ribeiro, que estava na cara do gol, mas, novamente, não finalizou. A segunda boa chance que ele desperdiçou por não chutar rumo à meta adversária.

Aos 35, quase o segundo! Arrascaeta deu um lindo passe para Isla, que cruzou. Diego bateu forte de primeira, mas parou em boa defesa de Matheus Teixeira. Pouco depois, aos 41, GOL DO FLAMENGO! Como replay, Arrascaeta deu um bolão para Isla, que cruzou rasteiro. Gabigol, de primeira, deixou a defesa do Bahia na saudade e anotou seu segundo tento na partida. Golaço! Mengo 2 a 0.

O primeiro tempo foi de uma boa atuação do Flamengo: intenso, organizado, com marcação pressão e dominando completamente as ações. Destaques para as partidas de Diego e Arão, que deram outra cara ao meio campo e foram fundamentais para a superioridade rubro-negra. Isla, que vivia má fase, também fez uma grande etapa inicial. O Mais Querido encerrou os primeiros 45 minutos com 63% de posse de bola, 10 finalizações, 280passes certos e três escanteios.


Qual será a próxima vítima do Flamengo? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


O Flamengo voltou do intervalo sem alterações, e o Bahia chegou dando susto: criou duas boas oportunidades em dois minutos, sendo uma delas um chutaço de fora da área, que explodiu no travessão. No contra-ataque, Gabi saiu na cara de Matheus Teixeira e finalizou, mas o goleiro conseguiu salvar o que seria o terceiro gol rubro-negro.

Sem tirar o pé no segundo tempo, o Flamengo continuou sendo dominante para buscar ampliar o marcador. Everton Ribeiro comandou a jogada pelo meio e encontrou Gabigol, que balançou as redes novamente. O artilheiro da Gávea fez o hat-trick em sua estreia no Brasileirão. Mengo 3 a 0 fora o baile.

Após o terceiro tento e com o ‘jogo ganho’, Renato fez substituição tripla no Flamengo: tirou Filipe Luís, Diego e Gabigol para as entradas de Renê, João Gomes e Pedro. Seis minutos depois, o treinador mexeu novamente, e tirou Michael para a entrada de Vitinho.

Aos 29, virou GOLEADA! Vitinho encontrou um passe magistral para Pedro, que só teve o trabalho de mandar pro fundo do gol. Mais um GOLAÇO em Pituaçu. Mengo 4 a 0. Depois o quarto gol, Renato fez a quinta e última alteração, e colocou Rodinei no lugar de Isla.

Aos 37, Diego Alves salvou o que seria o gol de consolo do Bahia. Léo Pereira tentou trabalhar com Arão, mas o volante escorregou e perdeu para Edson, que saiu na cara do gol. Mas o camisa 1 estava atento para impedir o tento. Na resposta, GOL DO FLAMENGO! Arrascaeta fez uma jogada absurda, invadiu a área e deixou para Vitinho, que chegou batendo no cantinho e estufou as redes. CINCUN?

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *