Festa na favela! Flamengo vence na Argentina e torcedores abusam dos memes

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

A vitória do Flamengo em cima do Defensa y Justicia, por 1 a 0, deixou a Nação de bem com a vida. Com gol de Michael, o Mais Querido largou na frente na série válida pelas oitavas de final. Dessa forma, como de costume durante a pandemia, a torcida rubro-negra fez a festa nas redes sociais. Além disso, o triunfo marcou o primeiro de Renato Portaluppi à frente do clube, que também foi muito celebrado na web.

VEJA REAÇÕES:

Apesar do resultado, o Mais Querido não teve boa atuação no jogo de ida contra o Defensa y Justicia. Mesmo com atuação segura da zaga e de Diego Alves, o Rubro-Negro não teve João Gomes e Thiago Maia em noite inspirada. Além disso, Arrascaeta e Gabigol estiveram apagados ao longo de todo o confronto. No entanto, a vitória veio, mesmo com apenas dois dias de treino para Renato e seus comandados.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Com a vantagem para o jogo de volta, o Mais Querido retorna ao Rio de Janeiro, onde inicia preparação visando a Copa Libertadores. No entanto, o próximo compromisso é contra o Bahia, neste domingo (18). Válida pelo Brasileirão, a partida acontecerá às 18h15 (horário de Brasília), no Estádio Pituaçu e contará com transmissão do Coluna do Fla, no YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Atuação bem ruinzinha por algumas razões: Arrascaeta, Éverton Ribeiro e Gabigol não jogaram, apenas entraram em campo. João Gomes não tem a mesma saída de bola do Arão (que estava suspenso), Bruno Henrique e Rodrigo Caio machucados e o “bracinho de T-Rex” muito instável, capaz de fazer besteiras dignas de um amador e logo depois defesas sensacionais que nos salvaram no fim. Gustavo Henrique e Léo Pereira provocando infartos na Nação, como sempre, e Renato só teve dois dias para treinar o time. PELAMORDEDEUS, nutellinhas e viúvas de JJ, vamos deixar a impaciência guardada na gaveta e dar tempo ao treinador para arrumar o time. Nada se faz num passe de mágica. JJ estreou na Libertadores contra o Emelec, no Equador, tomou de 2×0 e a nutellada já queria a cabeça dele. Depois foi o que se viu, ele arrumou o time e deu no que deu. Se começar a pressão agora, não vamos a lugar nenhum. Foi um jogo ruim mas com uma boa vitória. A “maria faladeira gaúcha” tem estrela!