“Flamengo é superior a todas as equipes do continente”, diz técnico do Barcelona após semifinal

FOTO: DIVULGAÇÃO/BARCELONA DE GUAYAQUIL

Na última quarta-feira (29), o Flamengo carimbou o passaporte para a grande decisão da Libertadores. Após vencer o jogo de ida por 2 a 0, no Maracanã, o Mais Querido repetiu a dose e eliminou o Barcelona de Guayaquil no Estádio Monumental. Com ampla superioridade entre os elencos, só restou ao técnico Fabián Bustos, da equipe equatoriana, elogiar o Mengão. Para o treinador, o plantel rubro-negro fez toda a diferença na série, e qualquer atleta do meio para frente poderia ter decidido para os cariocas.

Enfrentamos a equipe mais importante do continente, que tem em Bruno Henrique um de seus melhores jogadores. E não é que não conseguimos interpretar o que ele faz em campo. O problema é que o peso do plantel e a qualidade individual que tem o Flamengo faz com que eles marquem essa diferença – disse o treinador do Barcelona, antes de continuar:

Também me parece que (a vitória) é mérito deles, desse jogo que eles têm, e também de nós darmos chances para eles aproveitarem. Quando não é ele (Bruno Henrique) que aproveita, é o Gabigol. Hoje, sofremos contra o Bruno Henrique, mas poderíamos sofrer contra Gabigol ou Everton (Ribeiro) – frisou.

Depois, ainda na entrevista coletiva, o comandante afirmou que o Barcelona de Guayaquil teria de fazer a partida perfeita se quisesse bater o Flamengo. No entanto, não o fez, e por isso foi castigado. Mesmo assim, o treinador confirmou que a estratégia não foi errada. Dessa forma, Fabián Bustos foi categórico nos elogios ao Mengão e confirmou que o Mais Querido está acima de qualquer outra equipe do continente.

Eles têm muita força em todos os seus postos e são uma equipe muito poderosa. Não creio que a gente tenha interpretado o jogo de forma errada. A realidade é que eles são superiores a todas as equipes do continente. E, obviamente, quando você joga uma partida desse nível, se não faz as coisas de forma perfeita, as consequências são os erros que terminam em gols, como aconteceu nas duas partidas – concluiu.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Na grande decisão, o Flamengo enfrenta um rival muito conhecido: o Palmeiras. Grande postulante a títulos no futebol brasileiro, ao lado do Mais Querido, o Alviverde bateu o Atlético-MG na semifinal, pelo gol fora de casa. A final acontecerá no dia 27 de setembro, no Estádio Centário, em Montevideo. No entanto, a Conmebol ainda não divulgou o horário do confronto.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Domingos Eduardo Rios Sender!

    Os aplausos não foram pra gente, tem outra matéria por aqui, comentando que mesmo perdendo os torcedores gritaram nas arquibancadas motivando o time até o final. Exceto o momento que um grupo começaram atirar copos plástico e jogar luz de lazer no rosto de Diego Alves, a maioria comportou-se de maneira respeitosa. Inclusive o Arão levou um cartão amarelo, por ter jogado de volta um dos copos, gesto desnecessário por ele ser um jogador maduro e experiente.

  • “A final acontecerá no dia 27 de setembro…”
    É impressionante o qto os estagiários vacilam. Os caras sequer revisam seus artigos antes da publicação, aí o resultado é este, kkk…

  • Os equatorianos(torcida) subiram muito em meu conceito. Aplaudiram nossa equipe. Nos respeitaram com a educação de países realmente bem sucedidos. Parabéns p eles.

  • Barcelona honrou, jogou de igual pra igual, teve 5 oportunidades, merecia estar na final, nao gosto de jogo retrancado feio do palmeiras..