Renato se irrita com queixas sobre poupar jogadores e reafirma: “Não vamos deixar qualquer competição de lado”

FOTO: REPRODUÇÃO/FLATV

A manhã deste domingo (26) não foi nada positiva para torcida do Flamengo, que viu o time apenas empatar em 1 a 1 com o América-MG, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Após o fim da partida, o técnico Renato Gaúcho foi questionado pela reportagem do Coluna do Fla se teria poupado a maioria dos jogadores titulares por conta do duelo decisivo na Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil. O comandante, no entanto, descartou a tese e garantiu que o Mais Querido briga por todas as competições.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Não vamos deixar qualquer competição de lado. O Flamengo está disputando três competições dificílimas. O Flamengo montou um plantel forte para disputar as três competições. Esse discurso de que o Flamengo está poupando… Vou responder pela última vez. As pessoas não sabem quem pode ou não jogar. Ficaram seis jogadores no Rio. Desses seis não sei quantos não vão poder jogar na quarta.

Além disso, Renato citou o forte calor na capital mineira e a falta de entrosamento entre os jogadores escolhidos como fatores cruciais para o desempenho abaixo do esperado do Rubro-Negro no duelo diante do América. Segundo Portaluppi, faltou malandragem para o Mais Querido segurar o resultado.

Não é desculpa, mas o calor muito forte hoje às 11h da manhã, e a falta de entrosamento dificulta bastante. Mesmo assim conseguimos um gol, mas em uma falha nossa levamos nos últimos minutos. Já conversei no vestiário. Falta de malandragem.

Com o empate em Belo Horizonte, o Flamengo chegou aos 35 pontos, se manteve na terceira colocação do Brasileirão e perdeu a oportunidade de encostar nos líderes Atlético-MG e Palmeiras. Sem muito tempo para lamentar, o Clube da Gávea vira a chave e foca as atenções no embate derradeiro contra o Barcelona de Guayaquil, pela volta da semifinal da Libertadores. A bola rola a partir das 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (29), no Equador.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Infelizmente passou longe, urubu. Por que o Renato já botou o Andreas p jogar, desde o início? E o Kenedy, que até já o apelidaram aqui de geovanio 2? Jogador bom a gente pesca logo, e os ruins, também. É só saber observar, sem se deixar influenciar pelami dia ursa q só serve p destruir as coisas boas. E por que $era?… Qdo o mundo caía em cima do Arão eu estava sempre, quase totalmente sozinho, o defendendo. E por aí vai. Renato? O time mudou junto c vc. Procure destilar o ruim que veio c o grande sucesso. Uma coisa eu garanto, tem muitos ares ruins soprando p evitar nossas vitórias. Sempre foi assim c todos os técnicos. JJ também sentiu, mas foi mais forte. Portanto, reze muito. Com fé e persistência, reconhecendo os erros recentes, tudo voltará ao normal.

  • Vamos lá. Primeiro, Kenedy não completou 30 minutos com a camisa do Flamengo e já é cornetado por muitos torcedores. Ô torcida chata essa do Flamengo. Quanto ao Renato, pode poupar o time, isso não é crime. Na Europa TODOS os grandes poupam, direto. Mas jogar com 3 volantes quando tem alternativas de ataque no banco, isso não combina com Flamengo. Quando tirou um volante colocou outro, quando colocou atacante tirou outro. Aí não dá. O próprio Kennedy entrou quase nos acréscimos. Como diz o Luxemburgo, o medo de perder tira a vontade de ganhar.

  • Observação: depois que errou botando o inútil do Kenedy – hein, MB? -, o time tomou o gol. Tinha que ter posto o João Gomes… Para fechar o meio e o lado do Renê p segurar o placar..

  • Renato tem que pensar somente no flamengo. Só no final do ano, 3 vezes campeão, pensa nos milhões dessa coisa chamada CBF.