Comentarista destaca ‘força popular’ do futebol e critica preços de ingressos para Libertadores: “Mais que um salário mínimo”

A Conmebol divulgou, nesta terça-feira (19), o preço dos ingressos para a final da Libertadores, que será disputada entre Palmeiras e Flamengo. No entanto, um momento tão aguardado por torcedores das duas equipes acabou se tornando frustrante, já que o bilhete mais barato custará US$ 200 (cerca de R$ 1.110 na cotação atual). E o assunto também foi abordado pelo comentarista do Coluna do Fla, Simon Lédo, que criticou o valor escolhido pela entidade e destacou a importância da força popular no futebol.

— O ingresso mais barato custará mais de R$ 1.100, mais do que um salário mínimo do trabalhador brasileiro. O que as entidades parecem ignorar é que não estamos falando de uma final de tênis, que é um esporte elitizado, de golfe… É futebol. E o futebol só é o esporte popular que é por causa do acesso à todas as classes —, disse, antes de prosseguir:

— O futebol nunca foi elitista. Ou não deveria ser… Ou começou assim e depois se tornou popular, mas é por isso que ganhou a grandeza que tem. A partir do momento que você tenta, novamente, filtrar só pra quem pode pagar mais, o futebol começa a perder sua força e todo volume de expressão que tem mundialmente —, finalizou.

Para a decisão do torneio continental, a Conmebol vai destinar inicialmente 20 mil ingressos – 50% da capacidade do Estádio Centenário. A venda para público geral será aberta na próxima quarta-feira (27). Os interessados devem realizar um cadastro no site oficial, entre os dias 20 e 24 de outubro.

 


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Veja a tabela de preços da final da Libertadores

CAT 1 – USD 650 – Setor Tribuna América (R$ 3617,58)
CAT 2 – USD 500 – Setor Tribuna Olímpica (R$ 2779,00)
CAT 3 – USD 300 – Platea Olímpica (R$ 1667,40)
CAT 4 – USD 200 – Setor dos Clubes – Tribuna Colombes (Flamengo), Tribuna Amsterdam (Palmeiras) – (R$ 1100,00)

Palmeiras e Flamengo se enfrentam no dia 27 de novembro, às 17h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, no Uruguai, onde, inclusive, o Fla conquistou o seu primeiro título da competição, em 1981. Esta será a terceira vez que o Mengo chega à decisão do torneio continental, e a quarta, em toda a história da Libertadores, que a finalíssima será decidida entre brasileiros.

VEJA A OPINIÃO COMPLETA

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *