Controle de carga: entenda estratégia que tirou Rodrigo Caio de jogo contra o Cuiabá

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM RODRIGO CAIO

Por: Paula Mattos

O Flamengo deixou a desejar e não saiu do 0 a 0 contra o Cuiabá, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para a partida do último domingo (17), o Mengo teve seis desfalques, e um deles foi Rodrigo Caio. Mas a ausência do zagueiro é uma espécie de estratégia adotada pelo departamento médico.

Após disputar oito jogos e atingir a maior sequência de atuações desde janeiro, Rodrigo Caio não foi relacionado para o duelo com o Cuiabá, para cumprir um procedimento pré determinado pelo DM: o controle de carga.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Resumidamente, é um treinamento que pode reduzir lesões e otimizar o desempenho dos atletas. E para quantificar a carga que será utilizada em cada atividade, é necessário avaliar a carga interna (frequência cardíaca, percepção subjetiva de esforço – PSE), com a externa (distância percorrida, tempo, etc).

Quando o jogador retorna de lesão, vem de um período de inatividade ou não está atuando com tanta frequência, o erro na carga pode ser maior do que o organismo consegue suportar, aumentando o risco contusão.

A alta densidade de jogos, causada pelo insano calendário e um curto prazo para recuperação, é um dos fatores que aumenta o risco de lesões. A troca de treinador também pode agravar – não porque o técnico é ruim, mas por haver mudança na decorrência do trabalho proposto.

Em alguns clubes, o responsável pelo controle de carga é o fisiologista, que normalmente atua ao lado do preparador físico. Na maioria das vezes, o método é dividido em monitoramento, quantificação e regulação.

Com o monitoramento dos índices de Rodrigo Caio, o departamento médico do Flamengo consegue quantificar a carga a ser utilizada, respeitando os sinais do corpo. Assim, com o estímulo/exercício do atleta, é possível alcançar o aumento das capacidades físicas.

E foi justamente por este motivo que o Rodrigo Caio não jogou contra o Cuiabá. Após uma sequência de oito jogos, o zagueiro já tinha um treinamento pré-determinado pelo departamento médico. E após a realização, a tendência é que o defensor esteja ainda mais apto a atuar.

Sendo assim, Rodrigo Caio deve voltar a campo na próxima quarta-feira (20), no jogo contra o Athletico, pela ida da semifinal da Copa do Brasil. A bola vai rolar na Arena da Baixada, às 21h30 (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Resumindo: fazer a rotatividade de jogadores-chave. E precisa de toda essa tecniquês para dizer o óbvio?

  • David Luiz e esse Caio só vive na uti