Em atuação apática, Flamengo é atropelado pelo Athletico no Maracanã e acaba eliminado da Copa do Brasil

FOTO: MARCELO CORTES/ FLAMENGO

O Flamengo perdeu para o Athletico por 2 a 0, nesta quarta-feira (27), no Maracanã, e acabou eliminado da Copa do Brasil 2021. Em primeiro tempo para esquecer, o Mais Querido foi castigado pelas falhas individuais e não conseguiu reverter a situação na segunda etapa. Agora, já fora do torneio nacional, o time de Renato Gaúcho volta as atenções para o Brasileirão e para a Libertadores.


Saiba como lucrar com apostas esportivas!


O JOGO

Mesmo na presença da Nação, o jogo começou tenso para o Flamengo. Com apenas quatro minutos de partida, Filipe Luís cometeu pênalti em Renato Kayzer e, com o auxílio do VAR, o árbitro Wilton Pereira Sampaio confirmou a penalidade. Nikão bateu a cobrança com precisão, tirou de Diego Alves e abriu o placar no Maracanã.

O Flamengo sentiu o golpe após o gol sofrido e passou a errar muitos passes no meio de campo. O Athletico, por sua vez, não se intimidava e oferecia perigo nos contra-ataques. Minutos depois, o Mengo voltou a ser incisivo no ataque e criou oportunidades de empatar. A melhor delas foi pelo pés de Léo Pereira, que isolou a bola dentro da pequena área.

Após pressionar o Athletico no campo de defesa, aos 31 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Flamengo, e a torcida vibrou, em momento que poderia colocar o Mengo no jogo novamente. Contudo, o VAR interveio novamente, sugeriu a revisão e a penalidade foi cancelada.

O Flamengo não se abalou e foi em busca do empate ainda no primeiro tempo. Com controle quase que total da posse de bola, o Mais Querido tentava furar a ‘retranca’ da defesa adversária, massem sucesso, até então. A principal chance veio em lindo voleio de Bruno Henrique, mas o goleiro Santos defendeu.

Apesar da iniciativa ofensiva do Fla, na parte final da primeira etapa veio o banho de água fria. Em contra-ataque rápido, o Nikão ficou sozinho no ataque, bateu para o gol e contou com ‘frango’ de Diego Alves para ampliar a vantagem antes mesmo de ir para o intervalo.

Necessitando de dois gols para levar a decisão para os pênaltis, o Flamengo iniciou o segundo tempo a todo vapor e, logo no primeiro minuto, criou ótima chance de marcar. Bruno Henrique driblou o zagueiro adversário na pequena área e tentou tirar a bola de Santos, que conseguiu defender.

Michael, alternativa de Renato no intervalo, incendiou o jogo e, aos sete minutos, quase marcou gol antológico no Maracanã. O camisa 19 partiu em velocidade, driblou ‘meio time’ e foi parado apenas pelo travessão, que impediu a pintura do atacante.

A tônica do segundo tempo foi com o Flamengo pressionando no ataque. Mas, apesar do ímpeto ofensivo, o Mais Querido não caprichou na finalização das jogadas e empilhou chances perdidas. Já na parte final do confronto, o lateral direito Kellven foi expulso e deixou o Athletico com um a menos em campo. Mesmo assim, o Flamengo não foi capaz de marcar e ainda viu os visitantes liquidarem o confronto, com o terceiro gol já aos 45 minutos.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A apresentação não foi, NEM UM POUCO, apática.
    O Flamengo jogou quase o tempo todo no ataque, contra uma defesa de 11 jogadores.
    A questão é que o Flamengo não sabe jogar e vencer sem Arrascaeta, que acha os espaços e coloca os atacantes na cara do gol o tempo inteiro.
    Outra coisa, é que Diego Ribas, definitivamente, ficou para atrás. Fiocu lento e previsível, restando-lhe as faltas para não perder tanto.
    Outro que está mal, mas muuuuito mal é o Rodrigo Caio. O garoto parece um velho. Chega atrasado e não pega um rebote ou bola alta. Quando pega, faz falta.
    Antes do Brasileirão, apareceram alguns zaguieros de qualidade que o Mengão dispensou. O Mengão sabia que David Luiz não seria jogador para todas as partidas e apostou nos zagueiros que tinha para formar com DL. Foi um grande erro assim como foi, não prestar a atenção em Hulk. Aliás, o Glao foi quem melhor contratou. Enquanto trouc=xe jogadores que estão dizendo porque vieram, o Mengão conta com Kenedy e Vitinho para resolver os erros do primeiro tempo.

  • Apresentação ridícula do Flamengo. Apesar de no lance do pênalti ter havido um pequeno puxão do Marcinho no braço do Filipe Luís que a meu ver foi suficiente para tirar um pouco o equilíbrio do nosso lateral e fazê-lo acabar acertando o pé do atacante do Athletico, ocasionando o primeiro gol, a equipe não soube reagir, não demonstrou criatividade alguma (parece que só Arrasca, que está fora de combate, consegue “tirar algum coelho da cartola”), descontrole emocional, desorganização em campo… Lamentável presenciar uma eliminação tão vexatória de um grupo que se esperava , no mínimo, a capacidade de reagir e vender caro a derrota.

  • esse ano ja era o tecinico fo atletico disse como iria jogar no Maracanã mais o renato rabudo e burro o diego Ewerton r. Não da mais Felipe luiz velho Arão morto fora renato

  • O renato gaucho e burro o tecnico do atletico disse como iria jogar no matacana e esse.animal ainda escaluo mau o diego tem que se aposentar o renato tem que ir embora esse ana ja estar perdido

  • Dois a zero? Está com vergonha de dizer que foi 3 ! Time sem vergonha

  • Esse Braz com essa diretoria e piorkeo Renato

  • Ou demite o Renato hoje ou da adeus ao tri da libertadores