Ídolo do Flamengo Esports, Bruno “Goku” não deve continuar no clube em 2022

 

O Flamengo está próximo de se despedir de um dos maiores ídolos dos esportes eletrônicos. O midlaner Bruno “Goku” Miyaguchi não deve continuar no clube em 2022. O webatleta, inclusive, já está livre para buscar uma nova casa para a próxima temporada de League of Legends. A informação é do jornalista Luís Santana, do site especializado MGG Brasil.

Bruno “Goku” chegou ao Flamengo em 2018, bem no início do projeto. Participou da ascensão do clube do Circuito Desafiante para o CBLOL, foi campeão da principal competição nacional, participou do Mundial de clubes em 2019 e, atualmente, é bicampeão do CBLOL Academy.

MUDANÇAS PARA 2022

Diferente dos anos anteriores, a próxima equipe para disputa do Campeonato Brasileiro de League of Legends não deve contar com nomes estrelados. A base deve ser feita com jogadores do Academy e pouco investimento de jogadores experientes, algo como a RED Canids, que representou o Brasil no Mundial, faz há anos.

SAÍDAS

O caçador Filipe “Ranger” foi o primeiro demitido, seguido de Luis Felipe “Asolut” e do treinador turco Serdar “Pades”. O topo sul-coreano “Parang”, o atirador “Netuno”, o midlaner “Tutsz” e o suporte “RedBert” também devem confirmar a saída nos próximos meses. No Academy, Jean “JeanMago”, uma das principais estrelas, deve se aposentar do competitivo para focar apenas nas livestreams.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *