Na raça! Flamengo bate o Atlético-MG, volta à vice-liderança e esquenta briga pelo título do Brasileirão

FOTO: MARCELO CORTES/ FLAMENGO

O Flamengo venceu o Atlético-MG por 1 a 0, neste sábado (30), no Maracanã, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo no confronto direto, o Mais Querido coloca pressão no clube mineiro e volta a sonhar com o tricampeonato nacional. No momento, a diferença entre os times na tabela é de dez pontos, mas o Rubro-Negro possui duas partidas a menos.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O JOGO

Em clima de decisão, os dois times se estudaram bastante nos primeiros minutos de partida. Com as defesas encaixadas, Flamengo e Atlético-MG não concederam muitas chances e truncaram o duelo no meio-campo, com muitas faltas para ambos os lados.

Apenas aos 20 minutos do primeiro tempo o Flamengo começou a chegar com mais força no ataque, obrigando o adversário a parar o jogo com faltas mais próximas da grande área. Contudo, os cruzamentos não foram bem aproveitados. Já aos 24, o Mais Querido finalmente construiu a primeira jogada e conseguiu abrir o placar.

Arão fez belo lançamento para Isla, que levantou a bola na grande área e achou Bruno Henrique. Com impulsão impressionante, o camisa 27 ganhou fácil da defesa e colocou de cabeça para Michael, que dominou e chutou no ângulo superior do goleiro Everson.

Após o gol, o Flamengo cresceu ainda mais no jogo e passou a controlar mais a posse de bola. Apesar disso, o Atlético-MG criou chances perigosas no ataque e ligou alerta na defesa rubro-negra. Depois, o jogo continuou agitado até o final da primeira etapa, mas o Mengo levou o placar favorável para o intervalo.

Na segunda etapa, a partida continuou bastante truncada, porém, com mais espaços principalmente para o Flamengo. Isso porque, em desvantagem, o Atlético-MG teve que sair mais para o ataque e, assim, inclusive, criou a primeira jogada perigosa da etapa complementar. Jair fez bom cruzamento para Arana, que subiu mais que os zagueiros rubro-negros e, de cabeça, acertou o travessão.

Com o Atlético-MG postado no campo de ataque, o Flamengo passou a explorar mais os contra-ataques. Aos 20 minutos, foi a vez do Rubro-Negro assustar o adversário. Everton Ribeiro recebeu bola na entrada da área, arriscou de longe e obrigou defesa do goleiro, que ‘bateu roupa’ e quase deixou Bruno Henrique na ‘cara do gol’.

Aos 28, Renato tirou o autor do gol, Michael, e colocou Thiago Maia para fechar mais a defesa e controlar o resultado. Mesmo com o time pouco mais defensivo, o Mais Querido não ‘abriu mão’ do ataque, mas quem criava mais chances era o Atlético-MG. Se utilizando bastante da jogada aérea, o time mineiro levou perigo, mas parou nas mãos de Diego Alves.

Nos minutos finais, Renato promoveu outras três alterações na equipe. Everton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique saíram, dando os lugares para Bruno Viana, Vitinho e Rodinei. Apesar das modificações radicais, o Mais Querido soube controlar o resultado e sacramentou a vitória importantíssima na briga pelo título.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *