Especialista de arbitragem confirma pênalti em Everton Ribeiro

Flamengo foi a Porto Alegre e venceu o Internacional por 2 a 1, pela 34ª rodada do Brasileirão


O Flamengo entrou em campo na noite deste sábado (20) e venceu o Internacional por 2 a 1, pela 34ª do Campeonato Brasileiro. Com isso, o Mengo conquistou pontos importantes para seguir na briga pelo título da competição. No entanto, o Rubro-Negro poderia sair do duelo com mais gols a favor, visto que teve um pênalti não marcado em Everton Ribeiro, confirmado pelo especialista de arbitragem Paulo César de Oliveira, dos canais Globo.

– Na minha interpretação, foi pênalti do Moisés, porque ele não disputa a bola e o impacto é nas costas. O tranco é permitido quando é dado ombro a ombro. Ele já tinha sido ultrapassado e em nenhum momento foi disputar a bola. Portanto, pênalti não marcado -, disse antes de prosseguir:

– A recomendação do VAR nessa fase final de campeonato é não entrar em lance interpretativo e, por isso, ele não chamou -, concluiu Paulo César de Oliveira.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


O lance em questão ocorreu aos 15 minutos da primeira etapa. Na ocasião, Everton Ribeiro realizou a ultrapassagem, recebeu passe de Isla, após boa triangulação, e foi deslocado nas costas por Moisés, lateral do Internacional. Os jogadores do Fla reclamaram, mas o árbitro nada marcou.

Agora, o Flamengo volta a campo na próxima terça-feira (22), quando encara outro gaúcho: o Grêmio. Será o último compromisso da equipe antes da viagem para o Uruguai, pela final da Libertadores, diante do Palmeiras, no próximo sábado (27).

VEJA GOLS DA VITÓRIA DO FLAMENGO 

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A corrupção no Brasil está Institucionalizada, os corruptos botam a cara sem um pingo de medo de repercussão e reações dos cidadãos de bem!
    Que tristeza o nosso Brasil nas mãos destes bandidos…

  • Engraçado! Por acaso contra o Bahia o pênalti marcado não foi interpretativo?
    É óbvio que sim. Mas os salafrários fizeram questão de vir na imprensa dizer o árbitro errou.
    Só podia dar nisso a decisão de colocarem um coiote de MG pra tomar conta do galinheiro dos árbitros. Podem parar com essa palhaçada que ninguém é trouxa pra cair nessas desculpas esfarrapadas…

  • Não chamou porque o juiz não marcou pênalti. Se tivesse marcado, aí sim, o Var chamaria o juiz para tentar de todas as formas convencê-lo de que a “interpretação correta” é que não foi pênalti na jogada. Podem ir parando com as desculpinhas que tá todo mundo vendo as safadezas descaradas.

  • Var fora de sintonia.

  • – A recomendação do VAR nessa fase final de campeonato é não entrar em lance interpretativo e, por isso, ele não chamou –
    Ah não ser que seja a favor do Atlético Mineiro.