Fim de uma era: Fla Esports anuncia saída de Bruno “Goku”

Bruno “Goku” Miyaguchi, um dos maiores ídolos do Flamengo Esports, deixa o clube após três anos


A modalidade de esportes eletrônicos se despede, nesta terça-feira (16), de um dos maiores ídolos do clube no League of Legends. O midlaner e suporte Bruno “Goku” Miyaguchi deixa o Mais Querido após três anos vestindo o Manto Sagrado. O brasileiro chegou ao clube em 2018, logo após o clube subir para elite do CBLOL pela primeira vez na história.

CONFIRA A DESPEDIDA:

O Flamengo até tentou manter ídolo por mais tempo, mas com outra função: o atleta recebeu oferta para ser o novo treinador estratégico da equipe principal em 2022, mas ele não aceitou pois deseja continuar jogando no Campeonato Brasileiro de League of Legends. Pelo Rubro-Negro, “Goku” ganhou um CBLOL e dois CBLOL Academy. O primeiro, válido pelo segundo split, em 2019, já os dois últimos, neste ano.

Esta terça também marcou a despedida de outros cinco jogadores: Gabriel “Disto” e Jean “JeanMago”, da equipe Academy, e Lee “Parang” Sang-won, Ygor “Redbert” e Lucas “Netuno”, do time principal. O suporte “Redbert” e o atirador “Netuno” devem continuar jogando juntos na FURIA, outra equipe brasileira.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Em entrevista ao Coluna do Fla, Jed Kaplan, CEO da Simplicity, empresa que detém os direitos de comercialização dos esportes eletrônicos do Flamengo, revelou que não haverá grande investimento para 2022. O time principal deve ser composto por Felipe “Boal” (topo), Wyllian “asta” (selva), Arthur “Tutsz” (meio), Luiz Felipe “flare” (atirador) e Gabriel “Bounty” (suporte). O treinador será Guilherme “Snowlz”.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *