Gabigol comenta gols marcantes escolhidos pela Nação e revela jogo mais especial no Maracanã

Homenageado pelo centésimo gol, Gabigol comentou sobre os dois no River Plate e relembrou momentos marcantes com o Manto.


Autor dos dois gols da reconquista da América, após 38 anos de espera, Gabigol falou sobre a importância desse feito em sua carreira. Após balançar as redes pela centésima vez com o Manto Sagrado, o camisa 9 foi homenageado durante o ‘Resenha com craque’, da FlaTV, nesta semana. Envolvida no especial, a torcida elegeu os três principais tentos de Gabriel Barbosa nessas três temporadas de clube e, obviamente, a virada no River Plate foi mencionada.

Questionado sobre o que ele se recorda do momento, Gabigol revelou que lembra do lance em que pediu a bola para Diego Ribas, segundos antes de marcar o segundo – e último – gol da final da Libertadores de 2019. O artilheiro fez questão de enfatizar que aquele dia 23 de novembro foi inesquecível para todos envolvidos.

Esse gol é inesquecível, mas foi uma jogadaça do time (o primeiro da final da Libertadores). Foi um golaço do time e marcou bastante para todo mundo, né? Ficou bem marcado. Eu estava muito focado na hora, tem uma imagem muito bacana que eu peço a bola (no segundo). Eu sabia que poderia acontecer algo a mais naquele jogo e sabia que eu só precisava de uma bola.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O príncipe da Gávea relembrou, ainda, os gols nas quartas e semifinais da Libertadores de 2019. Gabigol elegeu a goleada sobre o Grêmio, por 5 a 0, em cima de Renato Gaúcho, atual técnico rubro-negro, o mais especial que teve no Maracanã até o momento.

Esse jogo foi o mais especial no Maracanã (5×0 no Grêmio). Claro que foi uma semifinal de Libertadores, mas a torcida estava em uma clima diferente também, um pouco tensa, mas apoiando. Foi um jogo muito especial. Já esse gol (contra o Internacional na volta) parece fácil, mas eu e o Bruno tivemos muito foco. Nós ficamos nos olhando até o finalzinho, nos entendemos e deu certo para esse gol. Foi muito importante também.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *