‘Geração 85’ continua! Diego Ribas, Diego Alves e Filipe Luís assinam renovação de contrato com Flamengo

FOTO: REPRODUÇÃO/ FLAMENGO

Pilares de um Flamengo vencedor nos últimos anos, Diego Ribas, Diego Alves e Filipe Luís são os mais experientes do elenco rubro-negro e ainda poderão exercer a liderança no grupo por, pelo menos, mais um ano. Isso porque os três já assinaram a renovação dos respectivos contratos com o Clube da Gávea, que já deu entrada na Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) para registrar os novos vínculos.

Vale lembrar que os três jogadores possuíam vínculo até dezembro deste ano e, caso não houvesse renovação, poderiam dar adeus ao clube. Contudo, a diretoria rubro-negra evitou ‘novela’, se antecipou e acertou as renovações antes mesmo do final da temporada. As informações foram divulgadas primeiramente pelo jornalista Venê Casagrande.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


As renovações de Diego Alves e Diego Ribas já foram publicadas no BIRA, sistema da Ferj, na última quinta-feira (4). Já no caso de Filipe Luís, o novo vínculo foi protocolado e deve ser confirmado nesta sexta (5).

No momento, Diego Ribas e Filipe Luís permanecem entregues ao departamento médico e, portanto, afastados dos compromissos do Flamengo. O goleiro Diego Alves, por sua vez, fica à disposição de Renato Gaúcho e entra em campo já nesta sexta (5), contra o Atlético-GO, em jogo atrasado da 19ª rodada do Brasileirão. A bola rola a partir das 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Esses dirigentes do Flamengo são uns brincalhões. Diego bisonho nunca fez nada no Flamengo, a não ser perder pênaltis e gols decisivos. Diego frangueiro nem se fala.; é goleiro de rede social. São duas pragas do Egito, dois pesos mortos.

  • A tendência é o clube colecionar fracassos, com a geração que já se chegou ao seu limite, ou melhor dizendo: cada vez menos desempenho e mais lesões acumuladas, parabéns Landim