Juan relembra conquista de título internacional do Flamengo sobre o Palmeiras

Ex-zagueiro e agora gerente técnico do Fla, Juan participou da conquista da Copa Mercosul de 1999, sobre o Palmeiras 


O Mengo segue a preparação para a decisão da Libertadores, contra o Palmeiras. As equipes se enfrentam no próximo sábado (27), em Montevideo, pela finalíssima. No entanto, os clubes já protagonizaram outra decisão continental. Trata-se da Copa Mercosul de 1999, vencida pelo Flamengo. Um dos jogadores do Mengo na ocasião, o zagueiro Juan, agora gerente técnico do Fla, relembrou a conquista, em entrevista ao portal UOL.

– Aquela Mercosul foi definida em dois jogos inesquecíveis, de muito equilíbrio. Muitos torcedores ainda lembram com carinho daquele título, que foi muito importante pro Flamengo e até 2019 era o último internacional do clube. São duas camisas pesadas e acho que a final foi proporcional. Não tenho dúvidas de que a final da Libertadores também será premiada com um grande jogo.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


O gerente técnico do Fla ex-zagueiro ainda se disse feliz por mais um momento histórico do Mengo e destacou sua contribuição, agora, fora dos gramados.

– Fico feliz por novamente representar o Flamengo em um momento histórico. Na Mercosul, pude contribuir dentro de campo. Agora, posso ajudar fora. Sou responsável por algumas áreas e processos para que nosso treinador tenha toda tranquilidade para trabalhar. Me preparei para isso e continuo aprendendo diariamente também, claro.

Vale destacar que, em 1999, com Juan em campo, as duas equipes promoveram uma final eletrizante. Isso porque, contando ida e volta, o duelo entre os clubes teve 13 gols. No primeiro jogo, no Maracanã, o Fla levou a melhor por 4 a 3, enquanto em São Paulo, o confronto terminou em 3 a 3 e o título ficou com o Rubro-Negro. Até 2019, com a conquista da Libertadores, este era o último título internacional do Mengão.

Palmeiras e Flamengo se enfrentam no próximo sábado (27), às 17h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevideo. O palco, aliás, é o mesmo onde o Rubro-Negro levantou a taça da Libertadores de 1981, a primeira na história do clube, diante do Cobreloa, do Chile.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *