Vice-presidente alerta para calendário de 2022 e revela sugestão do Flamengo para próxima temporada

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Mesmo na reta final, o Flamengo ainda sofre bastante com o calendário da atual temporada, por conta de convocações e jogos seguidos, sem tempo para treinar e repousar os atletas. Vice-presidente de Relações Externas do Rubro-Negro, Luiz Eduardo Baptista alertou para as poucas datas disponíveis em 2022.

A Copa do Mundo do próximo ano será disputada em novembro e dezembro. Por isso, o calendário de 2022 será mais curto, ou seja, a tendência é que os jogos fiquem um atrás do outro novamente, com pouco intervalo de descanso. BAP, como é conhecido internamente no Flamengo, revelou sugestão feita à CBF.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Calendário de 2022 terá nove meses e meio apenas, até 07/11, por causa da Copa. Sugestão do Flamengo antes: Brasileirão deve acabar dia 07/11, última data do calendário; iniciar estaduais no dia 15/01. Libertadores, já definido, com mata matas entre julho e setembro, final em Guayaquil, 27/10″, publicou, na rede social do Twitter.

Embora o dirigente alerte para o calendário de 2022, o de 2021 ainda não terminou. O Flamengo entra em campo nesta sexta-feira (05), contra o Atlético-GO. A partida será disputada no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília). Este embate é válido pelo duelo atrasado da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deixe-me ver se entendi, Leandro: mandar embora assim “do nada”? E o que fazemos com os contratos destes jogadores? Caso não saiba, já não estamos mais nos tempos de Edmundo, Márcio, Kléber…

  • Tudo bem, a sugestão tem nexo. Todavia, a Diretoria deveria se preocupar com o planejamento do Flamengo. Ou a ideia vai ser continuar a pagar uma folha astronômica e aceitar perder títulos? Quem paga folha imensamente superior aos outros clubes não pode se contentar com pouco, com o que sobrar. A obrigação é liderar todos os campeonatos guardando proporção com o investimento realizado. A barca tem que passar logo no final do ano para afastar quem não deu retorno compatível com o salário que recebe. A torcida toda sabe quem são: Renê, Vitinho, GH, Leo Pereira, Piris da Motta e Bruno Viana. Buscar pontualmente nomes mais qualificados, tem muitos rendendo mais nessas posições com salários menores. Mas o principal é contratar um TÉCNICO DE OUTRO PATAMAR, caso contrário seguiremos a rasgar dinheiro. Está provado que só um elenco milionário não ganha nada. É recomendável também que avaliar o custo benefício de Kenedy que até agora é um novo Pedro Rocha. E até Andreas que não consegue se adaptar nem avançado, nem cobrindo a defesa.