Polícia emite comunicado sobre acidente e não aponta sinais de embriaguez em Ramon

O lateral-esquerdo do Fla atropelou um ciclista na noite desse sábado (05), no Rio de Janeiro; a vítima faleceu a caminho do hospital


Neste domingo (05), a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, através de comunicado enviado ao UOL, informou que o lateral-esquerdo Ramon, do Flamengo, não apresentou sinais de embriaguez após o acidente em que se envolveu na noite do último sábado (04). O ocorrido foi na Barra, Zona Oeste do Rio de Janeiro, e terminou com uma vítima fatal, identificada como Jonatas Davi dos Santos, de 30 anos.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Após o acidente, Ramon chamou a ambulância e solicitou atendimento à vítima, de forma voluntária. Depois disso, o jogador prestou depoimento na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca, e negou ter ingerido bebida alcóolica e nem ter infringido nenhuma lei. O caso foi registrado como homicídio culposo pela Polícia Civil.

O acidente ocorreu na altura do número 10.500 da Avenida das Américas e, de acordo com o GE, os bombeiros foram chamados às 20h35 (horário de Brasília). Vale destacar que a vítima, inclusive, chegou a ser levada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, mas faleceu durante o trajeto.

Após ser reeleito presidente do clube, Rodolfo Landim se manifestou e fez questão de elogiar o comportamento do jogador. “É um atleta exemplar, com comportamento exemplar. Em situações como essa, é óbvio que vamos prestar todo apoio”.

CONFIRA O COMUNICADO DA POLÍCIA CIVIL ENVIADO AO UOL 

A 16ª DP (Barra da Tijuca) instaurou inquérito para apurar um atropelamento ocorrido na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, neste sábado (04/12). A perícia foi realizada no local. O motorista prestou depoimento na delegacia e não apresentava sinais de embriaguez. Diligências estão em andamento para coletar imagens de câmeras de segurança e informações, a fim de esclarecer todos os fatos.

 

 

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Tu está perdendo uma oportunidade de ficar calado, primeiro tu não é flamenguista segundo não sabe o que fala terceiro não é motorista pois não entende que acidente de trânsito muitas vezes são inevitável e muitos são provocado pela própria vítima, principalmente ciclistas e motociclistas.

  • Sou flamenguista doente..
    Mas numa situação desta tem que ser apurado e se for o culpado teria que ir Era preso.. pois uma vida é bem mas importante.. lamentável !! Nessa hora o direito tem que ser igual a todos.. os culpados tem que pagar e ponto.