Atraso em documento ‘segura’ inscrição de Marinho no BID

Compartilhe com os amigos

Atacante e Paulo Sousa aguardam liberação da CBF para estrear pelo Flamengo nesta semana


O próximo compromisso do Flamengo, contra o Boavista, já será com formação principal. No entanto, para que isso ocorra e o time tenha o máximo de peças à disposição, precisa das liberações de Paulo Sousa e Marinho no BID (Boletim Informativo Diário). Enquanto a inscrição do técnico não sai, a do atacante depende apenas de um documento da Federação Paulista de Futebol.

A expectativa é que a liberação do documento ocorra já nesta segunda-feira (31) – dia da apresentação oficial de Marinho, no Ninho do Urubu. A partir disso, o reforço ficará liberado para ser inscrito no BID e, enfim, estrear pelo Flamengo. A informação foi dada inicialmente pelo ‘O Globo’. O técnico Paulo Sousa também depende desta única pendência para poder aparecer à beira do gramado na próxima quarta-feira (02).


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


Marinho chegou ao Flamengo para tapar um rombo deixado no setor ofensivo rubro-negro com as saídas de Kenedy, que retornou ao Chelsea, e Michael, negociado com o Al Hilal, da Arábia Saudita. Para contratá-lo, o Mais Querido precisou desembolsar R$ 7 milhões – que será distribuído entre Santos e Grêmio, clube detentor dos direitos econômicos do atleta.

Após o empate em 0 a 0 com o Volta Redonda, no último compromisso do elenco alternativo, o Flamengo retorna aos gramados na quarta-feira (02), contra o Boavista, às 18h (horário de Brasília), pela terceira rodada do Cariocão 2022. O Mais Querido é o atual segundo colocado do torneio, com quatro pontos somados.

Compartilhe com os amigos

Veja também