Em negociação com Al Hilal, Michael vê participação no Mundial ‘ameaçada’ com demora em desfecho

Prazo de inscrição da competição organizada pela Fifa se encerra nesta segunda-feira (24)

O Flamengo tem um dos elencos mais valiosos do futebol sul-americano. Não à toa, clubes do mundo inteiro ficam de olho nos atletas rubro-negros. Michael, por exemplo, se tornou a bola da vez e está com negociação encaminhada com o Al Hilal, da Arábia Saudita. As tratativas, no entanto, estão demorando mais do que o atacante gostaria, pois, desse modo, sua participação no Mundial fica ameaçada.

Isso porque, a data-limite para a inscrição de jogadores termina nesta segunda-feira (24). Sendo assim, a transação tem que ser acelerada caso os árabes queiram ter Michael em Abu Dhabi (EAU), cidade que sedia o torneio da Fifa. Com o prazo curto, dificilmente será possível o jogador participar do Mundial.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Cabe lembrar que o ‘entrave’ na negociação tem sido o valor a pagar por Michael. O Al Hilal fez uma proposta na casa dos 8 milhões de dólares, ou seja, cerca de R$ 44,1 milhões. O Flamengo, dono de 80% dos direitos do atleta, no entanto, quer mais e negocia que o repasse dos direitos ao Goiás, que detém 5% dos direitos econômicos do atacante, seja pago à parte.

Enquanto não tem o futuro definido, Michael segue em pré-temporada normalmente com o Flamengo. O jogador tem treinado junto ao grupo já que tem contrato com o clube até dezembro de 2024 com o Rubro-Negro. Apesar de considerar a proposta do Al Hilal irrecusável, o atacante não pretende pressionar o Mais Querido, em consideração ao clube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *