Flamengo se prepara para estrear na Copa do Brasil feminina de vôlei

A partir de sexta-feira (14), a bola sobe para a competição eliminatória de 2022

A Copa do Brasil feminina de vôlei reúne anualmente os oito melhores times do primeiro turno da Superliga A, o Campeonato Brasileiro. Com o quinto lugar obtido após onze partidas, o SESC Flamengo garantiu uma vaga nas quartas de final. O adversário rubro-negro será o SESI Bauru, quarto colocado. Uma partida que promete ser dificílima! Confira abaixo as últimas notícias, segundo o Odds Shark.

Como apostar?

O voleibol tem opções diferentes de apostas em relação ao futebol. É possível apostar na vitória de uma maneira geral ou na vitória sem a necessidade de tie-break, já que no mundo das levantadas e cortada não há empate. É possível investir na diferença de pontos entre a equipe vencedora e a perdedora (por set ou na partida inteira). Também está disponível aplicar no total de pontos anotados ao longo do jogo.

Apostar em cada set faz de aumentar ainda mais o leque de investimentos. Você pode aplicar no vencedor de cada parcial, na diferença de pontos de cada, no total de pontos de cada, etc.

Estas valem para qualquer torneio de voleibol que estão disponíveis no Spin Sports: Superliga, Superliga B, Copa do Brasil, Campeonato Sul-Americano, Liga Mundial, Jogos Olímpicos, Grand Prix, Liga das Nações, Copa do Mundo, etc.

Clique neste link do Odds Shark para mais informações.

Histórico
O atual campeão da Copa do Brasil feminina é o Minas Tênis Clube. O título foi conquistado na bolha de Saquarema. A competição foi criada em 2007, e ela classifica o campeão para o Campeonato Sul-Americano de Clubes. O extinto Rexona, do Rio de Janeiro, se tornou o primeiro vencedor do torneio. No ano seguinte, o Osasco faturou a taça.

A Copa do Brasil ficou alguns anos sem ser disputada, e ela voltou com força ao calendário nacional em 2014. Na ocasião, o Vôlei Nestlé deu a volta olímpica. Em 2015, foi a vez do Pinheiros comemorar o título.

As cariocas do SESC, antes da parceria com o Flamengo, foram felizes em duas oportunidades: 2016 e 2017. Vôlei Nestlé em 2018, Minas TC em 2019 e novamente SESC em 2020 fecham a relação de medalhistas de ouro.

Quem briga pelo que na Superliga?
O primeiro turno da Superliga dividiu as equipes em blocos. Já sabemos quem briga pelo que. O Praia Clube de Uberlândia disparou na classificação ao acumular 32 pontos em 12 jogos. São duas partidas a mais que Osasco e Minas TC, que somam 24 pontos. Estas agremiações, além do SESI Bauru, que está em quinto com 23 pontos, são as que brigam pelo título.

Logo depois aparecem as comandadas por Bernardinho. O SESC Flamengo soma 19 pontos e faz o confronto mais equilibrado da primeira fase da Copa do Brasil, já que o quarto colocado encara o quinto. Para os melhores sites de apostas, a vantagem será grande para as paulistas, já que teremos partida única na casa do melhor colocado, no caso em Bauru.

Além do SESC Flamengo, Barueri, Fluminense e Pinheiros devem completar os playoffs. Ainda existe uma possibilidade remota do Brasília roubar o oitavo lugar das pinheirenses, mas será complicado que isso aconteça.

Já o bloco que luta para não cair praticamente já decretou o rebaixamento do Country Club de Valinhos. Se isso se concretizar, Amavôlei Maringá e Curitiba Vôlei disputariam a última vaga na elite em 2021/22.

A Campanha do Flamengo

  • SESI Bauru 3×2 SESC Flamengo
  • SESC Flamengo 0x3 Osasco
  • Brasília 0x3 SESC Flamengo
  • SESC Flamengo 2×3 Minas TC
  • Amavôlei Maringá 0x3 SESC Flamengo
  • Fluminense 1×3 SESC Flamengo
  • CC Valinhos 0x3 SESC Flamengo
  • Praia Clube de Uberlândia 3×1 SESC Flamengo
  • SESC Flamengo 3×0 Curitiba Vôlei
  • Barueri 3×1 SESC Flamengo
  • SESC Flamengo 3×2 Pinheiros

O segundo turno da Superliga feminina de vôlei começa em janeiro.

Palpite

Apesar do Spin Sports ainda não ter publicado os odds da Copa do Brasil, podemos fazer uma previsão. Na primeira fase, Praia Clube de Uberlândia, SESI Bauru, Osasco e Minas TC eliminam respectivamente Pinheiros, SESC Flamengo, Fluminense e Barueri.

Nas semifinais, o Praia Clube de Uberlândia ganha do Osasco e o Minas TC passa pelo Vôlei Bauru. Na grande decisão preferimos não arriscar favorito entre as mineiras.

Copa do Brasil Feminina de Vôlei de 2022 – Quartas de Final (aposte no Spin Sports):
Quartas de Final
Sexta-feira, 14 de janeiro
19h00: Praia Clube de Uberlândia x Pinheiros*

Segunda-feira, 17 de janeiro
20h00: SESI Bauru x SESC Flamengo*

Terça-feira, 18 de janeiro
19h00: Osasco x Fluminense*
21h30: Minas TC x Barueri*
Obs: em breve no Spin Sports.

Classificação
1º Praia Clube de Uberlândia – 32 – Playoffs + Copa do Brasil.
2º Osasco – 24 – Playoffs + Copa do Brasil.
3º Minas TC – 24 – Playoffs + Copa do Brasil.
4º SESI Bauru – 23 – Playoffs + Copa do Brasil. + Copa do Brasil.
5º SESC Flamengo – 19 – Playoffs.
6º Barueri – 18 – Playoffs + Copa do Brasil.
7º Fluminense – 18 – Playoffs + Copa do Brasil.
8º Pinheiros – 15 – Playoffs + Copa do Brasil.

9º Brasília – 12
10º Amavôlei Maringá – 8
11º Curitiba Vôlei – 6 – Superliga B.
12º CC Valinhos – 2 – Superliga B.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *