CEO do Maracanã explica por que Flamengo estreará gramado híbrido, e não o Fluminense

Tricolor joga pela Libertadores nesta quarta (09), no entanto, mandará a partida no Nilton Santos

Após três meses em obras, o Maracanã vai ser reaberto nesta semana. O Flamengo será o primeiro clube a desfrutar da nova tecnologia do estádio: o gramado híbrido. Em meio a isso, o fato do Fluminense não atuar no Templo do Futebol nesta quarta-feira (09) pela Libertadores entrou em pauta.

A situação gerou debate nas redes sociais, principalmente, entre os tricolores, que gostariam que a partida contra o Olímpia acontecesse no Maracanã e não no Nilton Santos. No entanto, o CEO do Templo do Futebol, Severiano Braga explicou o motivo da decisão e, inclusive, revelou que o Fluminense não chegou a pedir a liberação.

— São duas coisas. Um: o Fluminense não pediu liberação para cá. Dois: o gramado, depois de colocada a fibra, temos de 12 a 15 dias para ficar em ponto de jogo. Coincidentemente, dará os 12 dias (no sábado, data de Flamengo e Bangu). Fizemos os testes na sexta, no sábado, pois o gramado tem sua evolução. Começamos a fibra de um lado e viemos trazendo. Então, fomos acompanhando a evolução do gramado – explicou, antes de finalizar:

Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!

— Tínhamos uma máquina de 8 toneladas passeando no gramado 24h. Fomos entendendo o processo e chegamos aos 12 a 15 dias, mas fizemos os testes. Sempre falamos da semifinal (do Carioca para a reabertura do estádio), mas pode-se fazer uma correlação com o jogador. Quando está no departamento médico, nem é informado a data de volta, mas também não coloca antes da hora. Se está pronto para entrar, vai entrar. Foi o que fizemos. Medimos direitinho, demos de 12 a 15 dias, e estará pronto para os jogos – completou em entrevista ao Lance!

Como dito, a estreia da grama híbrida será feita na partida entre Flamengo e Bangu, pela última rodada do Campeonato Carioca. O duelo está marcado às 19h30 (horário de Brasília). Cabe destacar, inclusive, que o Rubro-Negro já está classificado para semifinal e aguarda a definição do adversário – Botafogo ou Vasco.

Veja também