Braz revela bastidores da vinda de Petkovic em 2009 para o Flamengo

Dirigente rubro-negro esclareceu sobre a polêmica envolvendo a contratação do sérvio


Um dos principais nomes do comando de futebol do Flamengo, Marcos Braz foi convidado especial do PODFLA, do Coluna do Fla, na última quinta-feira (04). Em meio a muitas perguntas, o vice-presidente de futebol do Mais Querido foi questionado sobre a polêmica sobre vinda de Dejan Petkovic ao Rubro-Negro, em 2009. Sem correr do assunto, o dirigente explicou o ocorrido.

Estava em curso um acordo financeiro com o Petkovic. Em um determinado momento, foi feito um pedido e, que chegou até a mim, que o Pet queria encerrar a carreira no Flamengo. Quando chegou o final da negociação, se negociou a quantia dos valores que o atleta tinha a receber junto com um contrato. No entanto, quando o Flamengo se o acordo e foi apresentar o jogador, a vice-presidência da época não concordou e acabou tendo um atrito — declarou Marcos Braz, atual executivo da pasta do Rubro-Negro.

ASSISTA O VÍDEO NA INTEGRA: 

Após a contratação de Petkovic, o jogador, que vinha taxado como um atleta já aposentado, acabou sendo peça fundamental para a conquista do Hexacampeonato Brasileiro do Flamengo na história. Fazendo uma dupla inesquecível com Adriano, o Mais Querido bateu recordes, quebrou invencibilidades e sob o comando de Andrade, terminou a posição em primeiro lugar.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


Vale destacar que, sob o comando de Marcos Braz, o futebol do Flamengo acumula temporadas muito vitoriosas pelo clube. Em 2006, na primeira passagem pelo Mengo, veio o título da Copa do Brasil. Em 2009, o triunfo do Brasileirão. Já dez anos depois, o dirigente retornou ao Mais Querido e, com muito olhar clínico no mercado, conseguiu formar um dos melhores times da história do Rubro-Negro.

Já em 2022, em um começo de ano sob muita críticas por conta dos resultados e desempenho da equipe na temporada, Marcos Braz seguiu realizando o trabalho relacionados as negociações do futebol. Nesta janela de transferências, inclusive, o dirigente se movimentou rápido no mercado e aproveitou todas as oportunidades que apareceram no período.

Ao todo, já são cinco contratações: Everton Cebolinha, Arturo Vidal, Erick Pulgar e Guillermo Varela. O último jogador mencionado ainda não foi apresentado oficialmente pelo clube, porém já treina normalmente com o plantel rubro-negro. Já Oscar, que assinou contrato com o Mais Querido nesta sexta-feira (05), vive a expectativa do anúncio oficial.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Brás, não me esqueço na época, a perseguição sua com alguns atletas do elenco, como o Bruno Mezenga, o Fierro e o próprio Petkovic! E no entanto, você “abraçava” o Adriano, mesmo por cada falta ao treino que ele fazia nas terças-feira! Resumindo: pulso firme com alguns (desafetos) e babação de ovo com outros. As vezes, fico me perguntando se tivéssemos um dirigente mais sério na época, o Adriano entraria nos eixos e teria uma continuidade de carreira melhor.

  • Minha familia ampliada (cerca de 100 pessoas) só tem torcedores do Flamengo. Os jogos do Flamengo sempre foram motivo de encontro, se tornando quase sinônimo de reunião familiar, antes e depois dos jogos. Depois do envolvimento da diretoria do Flamengo com o governo genocida, apoiado pelos milicianos, esses encontros terminaram, o prazer de torcer se perdeu. Nenhum de nós aceita essa repugnante associação. Fora Bolsonaro e os oportunistas que o apóiam!