Ex-presidente do Corinthians é cogitado no comando da CBF, mas nega possibilidade

Andrés Sanchez negou chance de assumir presidência no lugar de Ednaldo Rodrigues


Enquanto a Copa do Mundo atrai olhares de torcedores pelo planeta, os bastidores de clubes no Brasil seguem bastante movimentados. Dessa vez, o ex-Corinthians, Andrés Sanchez, estaria entre as opções para assumir a presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no lugar do atual eleito, Ednaldo Rodrigues. Contudo, o dirigente de futebol negou a informação.

VEJA PUBLICAÇÃO:

A informação sobre a troca na presidência da CBF é do jornal Metrópoles, em coluna especial do jornalista Léo Dias. Na publicação, Andrés Sanchez revela que a declaração não condiz com a verdade, e que apoia a atual gestão do presidente Ednaldo Rodrigues, que tem melhorado a imagem do futebol brasileiro ao redor do mundo.


Clique aqui e ganhe R$50 de bônus para jogar no galera.bet



Sobre a notícia do Léo Dias, não condiz com a verdade. Todos que estão no futebol têm que apoiar as mudanças e a gestão do presidente Ednaldo Rodrigues, que está melhorando e muito a imagem do futebol brasileiro. Portanto, essa notícia é mais uma das loucuras de algum repórter“, declarou Andrés Sanchez no Twitter, antes de completar: “Então, por gentileza, peço a todos que não me liguem ou mandem mensagens, pois tudo é uma grande mentira e irresponsabilidade“.

O atual presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, assumiu a função em março deste ano, para um mandato de quatro anos. Andrés Sanchez, por outro lado, foi diretor da entidade entre 2011 e 2012, além de presidir o Corinthians por dois mandatos. O primeiro, entre 2007 e 2011, enquanto o segundo aconteceu entre fevereiro de 2018 até 2021.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *