Zico se irrita com cântico da torcida do Flamengo sobre Pelé: “Falta de respeito”

Compartilhe com os amigos

Música foi entoada no minuto de silêncio do jogo do Flamengo contra Audax, na quinta-feira (12)


Há alguns anos, a torcida do Flamengo entoa música nas arquibancadas exaltando Zico. Porém, a mesma canção cita, depreciadamente, dois outros grandes do futebol: Pelé e Maradona. Antes da vitória do Mengo sobre o Audax, quinta-feira (12), no Maracanã, a letra ganhou destaque, pois foi lembrada no minuto de silêncio em homenagem ao Rei, falecido no fim de dezembro do ano passado. O Galinho de Quintino mostrou irritação sobre a situação e fez um apelo para a Nação.

Eu também não fico satisfeito com tudo isso que aconteceu no Maracanã. Também acho uma falta de respeito, já falei diversas vezes com diversos representantes de torcida do Flamengo para que não cantassem essa música. Além de ser quem foram Maradona e Pelé, foram grandes amigos que fiz no futebol, caras que representam seus países — disse Zico, em vídeo enviado ao GE.

Espero que os torcedores do Flamengo, com toda a criatividade que têm, se quiserem me homenagear, que possam criar outro tipo de música. Com respeito, carinho e responsabilidade. Foi uma pena. Eu só tenho a lamentar isso já de alguns anos. Não permito que cantem essa música quando vou a algumas coisas no Flamengo. Quem me acompanha sabe disso. Só tenho a dizer que espero que a torcida do Flamengo não faça mais isso — acrescentou o maior ídolo da história do Flamengo.

A polêmica canção diz: “Zico! Zico! Zico! O Pelé é maconheiro, Maradona cheirador”. Os dois craques eram amigos do Galinho de Quintino. O argentino faleceu em novembro de 2020, já o Rei de Futebol morreu em dezembro do ano passado. O eterno camisa 10 da Gávea já havia solicitado em outras oportunidades a aposentadoria da música, mas não foi atendido. Por isso, o ídolo fez questão de reforçar para que a Nação deixe de entoar a letra nas arquibancadas.

Eu nunca fui a favor. Quando encontrava com algum chefe ou representante de torcida pedia pra não cantar. Isso é um erro grande. Já cantam há anos. Eu venho pedindo desde que foi criada, mas agora com toda essa repercussão espero que parem — concluiu Zico.

Na última edição do Jogo das Estrelas, realizado no dia 28 de dezembro, Zico dedicou a partida para Pelé, que veio a falecer no dia seguinte, e também a Roberto Dinamite, morto no último domingo (08). Antes da bola rolar para a vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Audax, o telão do Maracanã homenageou os dois ex-craques no minuto de silêncio. Foi quando a torcida começou a cantar nas arquibancadas.

Dentro de campo, o Mengão fez bonito e estreou com vitória na temporada, com belo gol de Matheus França, após passe de Thiaguinho. Agora, os Garotos do Ninho darão espaço para a equipe principal, que estreia no domingo (15), contra a Portuguesa, novamente no Maracanã. A bola rola às 18h (horário de Brasília).

Compartilhe com os amigos

Veja também

  • O pior canto. Muito ridículo. Vergonhoso.

  • Nação, uma nova versão da música, sem depreciar o rei Pelé: Zico! Zico! Zico! Maradona é maconheiro, e o Guerrero cherador!

Comentários não são permitidos.