Flamengo vive últimas horas como atual campeão da Libertadores

Compartilhe com os amigos

Campeão da América em 2022, Flamengo está fora da final nesta edição


Após um período de 1 ano e 6 dias ostentando o posto de atual campeão da Libertadores, o Flamengo está a poucas horas de sair do posto. Apesar de ter feito campanha histórica em 2022, o Rubro-Negro não conseguiu chegar novamente à final do torneio nesta temporada. Sendo assim, agora o Fla terá que passar a coroa para Fluminense ou Boca Juniors (ARG), que decidem a competição neste sábado (04).

O período como detentor do título se iniciou no dia 29 de outubro de 2022. Naquela data, o Flamengo venceu o Athletico Paranaense por 1 a 0, com gol de Gabigol. A vitória não só colocou o Fla novamente no topo da América do Sul, como também consagrou a melhor campanha da história da Libertadores. Isso porque, desde que passou a ter o atual formato, nenhum time conseguiu o mesmo rendimento. Ao todo, foram 12 vitórias e um empate em 13 jogos, chegando a 94,9% aproveitamento.

O título de 2022 serviu também para colocar o Flamengo entre os maiores campeões da competição, dentre times brasileiros. Somando às conquistas de 1981 e 2019, o maior Rubro-Negro do Mundo se tornou tricampeão, ao lado de São Paulo, Santos, Grêmio e Palmeiras.

Contudo, nem mesmo o peso da camisa e toda a história do Flamengo foram capazes de compensar os deslizes da equipe em campo. Com campanha decepcionante desde o início, o Fla foi eliminado da Libertadores de 2023 pelo Olímpia (PAR), nas oitavas de final. Um fator ainda mais frustrante é que o Rubro-Negro chegou a ter dois gols de vantagem no confronto, mas sofreu a virada e acabou eliminado.

Irreconhecível e sem fazer jus ao posto de atual campeão, o Flamengo foi eliminado após oito jogos, nos quais venceu quatro, empatou dois e perdeu mais dois. Desta forma, o aproveitamento foi de 58,3%, passando longe do esperado.

FINAL DE 2023 SERÁ ENTRE BOCA JUNIORS E FLUMINENSE

Depois de quatro anos tendo Flamengo ou Palmeiras como representantes brasileiros na final, a Libertadores terá a primeira decisão em jogo único sem uma das equipes. Apesar disso, um outro time do Brasil pode manter a hegemonia nacional, visto que o Fluminense está na disputa.

Do outro lado, chega o Boca Juniors (ARG), com muito mais tradição do que o time tricolor. Não a toa, a equipe argentina acumula seis títulos do torneio, enquanto o Fluminense jamais conseguiu ser campeão.

Com o Maracanã como palco, a bola vai rolar para a final da Libertadores 2023 às 17h (horário de Brasília) deste sábado. Depois do apito final, o Flamengo deixará oficialmente de ser o atual campeão da Libertadores, mas seguirá com o sonho e a missão de voltar forte no próximo ano e se isolar como maior campeão do torneio, entre times brasileiros.

Compartilhe com os amigos

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *