Ex-lateral do Flamengo, Trauco é anunciado como reforço de time da Série A do Brasileirão

Compartilhe com os amigos

Miguel Trauco assinou contrato com o Criciúma até o fim de 2024


O Flamengo segue se movimentando no mercado da bola a fim de compor o elenco para esta temporada. De maneira semelhante, outros clubes brasileiros fazem o mesmo. Dessa forma, o Criciúma, recém promovido para Série A do Brasileirão, anunciou, nessa quinta-feira (01), a contratação do ex-lateral esquerdo do Rubro-Negro, Miguel Trauco.

Por meio das redes sociais o Criciúma anunciou o lateral peruano de 31 anos, que retorna ao Brasil após deixar o San Jose Earthquakes (EUA), time da Major League Soccer (MSL). Em suma, o contrato de Trauco com o time catarinense vai até dezembro de 2024.

No San Jose Earthquakes, Trauco fez 31 jogos na temporada passada e marcou três gols. Antes da equipe da Major League Soccer (MLS), o jogador peruano defendeu o Saint-Étienne, da França, Universitario, Unión Comercio e Unión Tarapoto, do Peru.

PASSAGEM PELO FLAMENGO

Miguel Trauco foi contratado pelo Flamengo em dezembro de 2016. Em 79 partidas vestindo a camisa do clube carioca, o lateral marcou quatro gols e deu três assistências. Além disso, conquistou os títulos do Campeonato Carioca em 2017 e em 2019 e fez parte da campanha histórica do clube no Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores em 2019.

No entanto, acabou perdendo espaço na equipe rubro-negra e se tornou reserva de Renê. Em seguida, com a chegada de Filipe Luís, Trauco foi para a terceira opção na lateral esquerda do Flamengo. Com isso, em meados de 2019 foi negociado com o Saint-Étienne, da França. O clube francês aceitou pagar 600 mil euros (cerca de R$ 2,4 milhões na cotação da época) para contratar o jogador que vivia os últimos seis meses de vínculo com o Mengão.

Compartilhe com os amigos

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Valeu Trauco jogou bem no mengão, todos viram, mas nada de querer aplicar a lei do “ex” nas partidas que certamente vai atuar contra o Flamengo durante o ano , né.