Flamengo inicia mais uma semana sem resolução na ‘novela’ Léo Ortiz

Compartilhe com os amigos

Flamengo ainda não definiu a situação da contratação de Léo Ortiz, do Red Bull Bragantino


O Flamengo anunciou dois reforços para a temporada 2024: o meia De La Cruz, ex-River Plate (ARG), e o lateral esquerdo Matías Viña, ex-Roma (ITA). Contudo, o Mais Querido segue no mercado e, não à toa, inicia mais uma semana sem definir a ‘novela’ Léo Ortiz.

Isso porque, a princípio, o clube paulista aceitava reduzir os valores pedidos por Léo Ortiz. No entanto, a quantia segue alta para as pretensões do Flamengo. Antes de mais nada, o Rubro-Negro ainda espera resolver a ‘novela’ envolvendo a contratação do zagueiro nesta semana.

NOVELA PELO ZAGUEIRO

Antes de mais nada, vale lembrar que, inicialmente, a pedida do Red Bull Bragantino para negociar Léo Ortiz era na casa dos 12 milhões de euros (R$ 64,1 milhões). Contudo, em janeiro, a quantia foi reduzida para 10 milhões de euros (R$ 53,4 milhões) e depois, com o posicionamento do zagueiro, o clube paulista cogita concluir a transação por 8,5 milhões de euros (R$ 45,4 milhões).

O QUE DIZ O FLAMENGO?

Apesar da negociação se arrastar desde o meio do ano passado, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, afirma que não há novela. Recentemente, o dirigente afirmou: “Por enquanto não tem novela. O que tem são negociações responsáveis, transparentes e que às vezes tem que ter um pouco mais de paciência”, disse.

DESEJO DO JOGADOR

Até meados de janeiro, as negociações tratavam de 100% dos direitos econômicos de Léo Ortiz. No entanto, o zagueiro comunicou ao Red Bull Bragantino que abriria mão dos 25% que tem direito para acertar com o Flamengo.

No último sábado (10), Léo Ortiz marcou gol pelo Red Bull Bragantino na sétima rodada do Campeonato Paulista. Apesar do zagueiro ter balançado as redes, o time de Bragança Paulista não saiu do empate em 1 a 1 com o São Bernardo. 

Compartilhe com os amigos

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Essa notícia já fedeu, chega! Basta de Léo Ortiz …esse não vem não.