Tite revela formação ideal para o Flamengo: “A equipe já está entrosada”

Compartilhe com os amigos

Tite concedeu entrevista coletiva após vitória do Flamengo sobre o Boavista, pelo Carioca


O Flamengo venceu o Boavista por 4 a 0 na última terça-feira (20), no Maracanã, pela nona rodada do Campeonato Carioca. Após o duelo, Tite concedeu entrevista coletiva e abriu o jogo sobre a melhor formação do Rubro-Negro para o restante da temporada.

— A equipe já está entrosada com os externos (4-3-3), joga sem pensar. A outra vai ter que aprender a jogar sem pensar. É criar rotina. Fez bons jogos assim também. Ter sim o que é importante, que é não jogar de um jeito apenas. Há jogos que que precisa mais de posse, de criatividade, pode jogar com o quarteto. Dá para ter o quarteto no meio e fluir. Futuramente vai ter as duas possibilidades -, destacou.

LUIZ ARAÚJO E CEBOLINHA JOGARAM NAS PONTAS

Com a ausência de Gerson, Tite escalou Luiz Araújo na ponta direita. Desse modo, o Flamengo jogou contra o Boavista com dois ‘externos’, já que Cebolinha iniciou no lado esquerdo. Já De La Cruz atuou um pouco mais recuado, como segundo volante, já que o ‘Coringa’ não foi relacionado.

A expectativa de Tite é utilizar a mesma formação no domingo (25), contra o Fluminense. Isso porque, Gerson recebeu alta médica, mas ainda não tem condições de entrar em campo. Desse modo, o treinador deve escalar De La Cruz como segundo volante, assim como ocorreu contra o Boavista.

FLAMENGO X FLUMINENSE

A partida entre Flamengo e Fluminense será realizada às 16h (horário de Brasília) do domingo (25), no Maracanã, pela décima rodada do Campeonato Carioca. O clássico, como de costume, terá a transmissão mais rubro-negra da internet, no YouTube do Coluna do Fla. No entanto, a Band, em canal aberto, e o GOAT, no streaming, também exibem o embate.

Compartilhe com os amigos

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Gerson precisa redescobrir aquele futebol que ele tinha no passado. Ser mais dinâmico. A formação ideal com certeza é essa no 4-3-3, mas eu entendo o Tite de ter outras pra não ter que sempre jogar da mesma forma e ser previsível para os adversários.

    Mas uma coisa que ficou claro, é que se for pra jogar no 4-4-2, ao invés de colocar o De La Cruz na ponta direita, tem que ser o Gerson lá, pq ele faz essa função, já jogou bem por lá, mas que o De La Cruz tem que jogar como segundo volante, no famoso box-to-box, que ele faz melhor que o Gerson e rende bem mais.

  • Concordo com ambos. Um banquinho para o Gerson certamente o faria repensar em seu estilo de jogo, que apesar de ser bom e elegante, em muitos momentos falta efetividade.

  • Então Joãozinho, o que eu entendi de outra entrevista foi: ele quer fazer do De La Cruz uma espécie de Jadson no corinthians de 2015. Esse é o esquema do articulador pela direita. A do 4-3-3, joga já no hábito, agora a com o ARTICULADOR, é uma parada bem mais sólida, só que demanda certo tempo. Se der bom, só entregar as taças, lembro que aquele time mais ou menos do corinthians nem tomava gol direito.

  • Concordo Joãozinho. Espero que ele não se apegue ao Gerson.

    Olhando os jogos do ano (inclusive o de ontem), penso que a melhor formação foi a que jogou ontem. No máximo, tiraria o Igor Jesus para colocar o Pulgar (quando este puder jogar), para ver se dá certo.

    Seria um grande erro voltar com o Gerson nesse momento, e ter que sacrificar ou o De La Cruz (esse cara não pode ficar de fora), ou o Luis Araújo ou o Cebolinha. A não ser que o Gerson fosse para o lugar do Pulgar e do Igor Jesus, o que não acho que faça sentido, pois Gerson marca mal. Além disso, ele prende demais a bola e se enrola com ela, erra passes etc.

    Percebem que quem está sobrando nesse time é o Gerson? Ele tem que ser opção para o segundo tempo, quando algum desses jogadores cansar.

  • Para mim, não ficou claro qual a equipe que está entrosada. É a que inclui Gérson ou a de ontem?
    A de ontem, apesar de ainda cometer algumas falhas, me pareceu muito mais rápida e técnica do que aquela que inclui o coringa.
    Gérson é muito lento no domínio e no passe da bola, bem como combate e lança mal.
    Também não finaliza legal, com raríssimas (3) exceções em que fez até gol.
    Já com De La Cruz e com Igor Jesus, a equipe jogou sempre na vertical e com muita técnica e velocidade.
    Penso que Tite deveria insistir com a formação de ontem, talvez apenas substituindo Igor Jesus por Pulgar, para ver se a experiência do chileno aumenta positivamente a qualidade da equipe.