Tunico da Vila faz nova adaptação da música “Festa no Arraiá” para o Flamengo!

Postado em: 21 de fev de 2013.

Jogando como se fosse por música em 2013, o Flamengo ganhou um fôlego a mais para brilhar na temporada. O samba da Vila Isabel, consagrada campeã do Carnaval carioca no último dia 13, vai subir a arquibancada. O rubro-negro Tunico da Vila, um dos compositores da canção que ficou conhecida como “Festa no Arraiá”, adaptou a letra para a torcida do Fla cantar nos jogos, porém, agora passou horas na madrugada procurando melhorar a música para a Nação.
Divulgada no fim da noite da última terça-feira, a primeira versão rubro-negra do samba campeão virou sucesso na internet. Tunico não esconde a emoção por inflamar a galera e disse ao MAIS que esta troca de mensagens com os fãs é o mais positivo da história.
– Está maneira para caramba a interação da torcida comigo. Foi muita gente mandando mensagem no Twitter e no Facebook e pedindo para fazer umas mudanças na letra. Quero que a música seja assinada com autoria de Tunico da Vila e Nação Rubro-Negra – vibrou.
Confira abaixo a letra da música, que teve a versão final divulgada na tarde desta quinta-feira por Tunico. Como o próprio disse, ele aceitou fazer alguns ajustes na letra, a pedido dos seus fãs, para o hit emplacar de vez com a torcida.

 

 

VERSOS DA VILA

“Ô muié, o cumpádi chegou
Puxa o banco, vem prosear
Bota água no feijão já tem lenha no fogão
Faz um bolo de fubá
Festa no arraiá,
É pra lá de bom
Ao som do fole, eu e você
A Vila vem plantar
Felicidade no amanhecer”
A ADAPTAÇÃO

“Sai do chão, o Flamengo chegou
Rubro-negro, vem festejar
Salve o Manto do Mengão
Zico é o rei dessa nação, hoje o bicho vai pegar
Mengão vai jogar,
é pra lá de bom
Ó, meu Mengão, eu e você
Flamengo vai vencer
Eu sou Flamengo até morrer”

 

 

 
MÚSICA FAZ TUNICO SONHAR COM TODAS AS TORCIDAS CANTANDO
Algo desagradável na torcida do Flamengo é a rixa entre as organizadas. Durante os jogos, às vezes três músicas são cantadas ao mesmo tempo por três facções diferentes. Tunico quer que sua música acabe com isso.
– A minha intenção principal é fazer a torcida cantar um canto só no estádio. É chato que uma cante uma, outra cante outra e outra parte cante outra coisa. Quero a torcida inteira cantando, seja organizada, povão ou o pessoal que senta na tribuna de honra – pediu o compositor.
Tunico também sonha com que a tradicional “Ó, meu Mengão” volte a ter força.
– Muito triste. Desde 1970 e pouco cantam “Oh, meu Mengão”. Como pode parar? E o antigo “Mengooo” com o assovio também não ouvi nunca mais. Isso é um absurdo. Acho isso muito ruim – reclamou.
ARLINDO CRUZ VIBRA: ‘VAI VIRAR FESTA NO ENGENHÃO’
Cinco craques em composição se uniram para fazer o samba que embalou o título da Vila. Três deles rubro-negros, um vascaíno e um botafoguense. O flamenguista Arlindo Cruz, um dos que assinam a obra campeã, vibrou ao saber pelo MAIS da paródia feita por Tunico.
– Isso é uma maravilha, não sabia! Que boa notícia! Toda a vez que o samba entra no campo, na torcida, acho maravilhoso. Estou louco para ver isso! Eu, o Tunico e o André Diniz somos Flamengo. Só o Martinho é Vasco e o Leonel, Botafogo. O samba é rubro-negro! Assim como tudo neste país, a maioria dos compositores do samba são Flamengo, então tem tudo para dar certo. Essa “Festa no Arraiá” que vai virar “festa no Engenhão” – festejou.
Sua música faz a torcida do Flamengo voltar a criar seus cantos. O que isso significa?
Na minha época de arquibancada, o Flamengo lançava música e todos imitavam. Hoje em dia a gente só sabe imitar. A Brasília Amarela (Dale êo, Mengão do meu coração) veio do Inter. Há torcidas do Fla querendo virar barra brava (organizadas sul-americanas) da Argentina. A Nação é grande demais para imitar torcidinha ou musiquinha de fora.
E essa versão do Coldplay, “Viva o Flamengo”, vai pegar na arquibancada?

Ela não tem cara de arquibancada, não. Pode ser que pegue, a Raça é muito grande, é a torcida que incendeia o estádio, mas acho que não vai pegar. Se pegar, eu canto. Não sou de organizada nenhuma, quero é ver todo mundo cantando junto.

Abaixo a versão da original da Música (Instantes 0:41 e 4:07):


Fonte: Lancenet

O que vocês acharam Nação? Comentem sem precisar de cadastro (Nome/URL ou Anônimo)!

  • Muito bom, quando a NAÇÃO RUBRO NEGRA entrosar na melodia vai virar hits.

  • Gostei muito nao…

Comentários não são permitidos.