A casa do Flamengo em 2016: Laranjão e Edson Passos

Olá torcedor Rubro-Negro, hoje começaremos uma espécie de seriado, onde todas as terças traremos informações sobre a possível casa do Flamengo em 2016, visto que Maracanã e Engenhão irão ‘fechar’ para as Olímpiadas que acontecerão no estado este ano. Antes de mais nada, gostaria de agradecer ao meu amigo Yuri Vinícius, que me ajudou com todo o trabalho de coletar informações e por frequentarmos os estádios, ajudar nos prós e contras. Essa é uma oportunidade para você que mora fora do RJ ou até mesmo que mora dentro do estado e não conhece bem sobre os estádios, tenha uma visão de como é a real situação para 2016.

Lembrando que toda terça-feira iremos tratar apenas sobre 2 estádios, por isso uma espécie de seriado e nossa ideia é separar por região no estado.

Dito tudo isso, hoje falaremos da Baixada Fluminense precisamente na região de Nova Iguaçu e Mesquita, onde comportam os estádios do próprio Nova Iguaçu e do América-RJ, respectivamente.

Primeiro vamos falar do estádio do Nova Iguaçu:

CT-041

Nome: Estádio Jânio Moraes

Apelido: Laranjão

Localicidade: Nova Iguaçu, RJ

Capacidade: 1.800 (porém nunca é usada sua lotação)

Gramado: 110 x 75 (Atendendo o padrão FIFA)

Inauguração: 19/07/2009

Prós: boa localização, fácil acesso. Perto da Dutra. Grande variedade de ônibus e van. Pelo trem fica meio difícil de chegar porque não tem estação perto. Estacionamento com grande capacidade. Gramado ótimo, quando chove não alaga. Arquibancada próximo ao campo.

Contras: Capacidade para 900 pessoas, sendo 200 para visitantes. (conforme dito, nunca se é colocado a capacidade total do estádio)

Observações: Para fazer uma reforma, gastaria bastante com a parte interna, já que para chegar no estádio tem que andar por uma estradinha de terra. E uma informação adicionou é que as cadeiras do estádio são do antigo Maracanã, que foram doadas quando foi iniciada a obra para o que conhecemos como “Novo Maracanã”.

Seguindo nossa linha de raciocínio, agora vamos para o estádio do América-RJ:

DSC01721

Nome: Estádio Giulite Coutinho

Apelido: Édson Passos

Localidade: Mesquita, RJ

Capacidade: 13.544 (Há um projeto de ampliação, que prevê 32 mil lugares no término destas obras)

Gramado: 110 x 75 (Atendendo o padrão FIFA)

Inauguração: 23 de Janeiro de 2003

Prós: Há uma estação de trem na esquina do estádio, que fará o torcedor andar no máximo 5 minutos até o estádio (Por conta de obras para as Olímpiadas, não sei se a estação está funcionando). Para torcedor que gosta de beber antes dos jogos, diversos bares na região. Ampla bilheteria para compra de ingressos. A área por estar sendo renovada devido as obras do estádio, está sendo pavimentada. Excelente capacidade.

Contras: Apesar de várias ruas ao redor do estádio, todas são de mão única, tanto ida como volta o que deve gerar engarrafamentos em dias de jogos. Devido a pavimentação a estrada principal do estádio não alaga mais, porém as demais de acesso ainda geram preocupação. Pela rua estreita e quantidade de pessoas no estádio, ônibus é uma opção porém não solução, pois deverá mudar seu trajeto. Por estar passando por reformas, as estruturas são velhas e a pintura não é a ideal.

Observações: O estádio tem estrutura para comportar jogos grandes, pois no passado já comportou, porém os acessos são ruins e deveria ser feito um estudo juntamente a prefeitura do local para que tenha uma alternativa melhor de acesso.

Caso você more perto ou já tenha frequentado algum desses dois estádios, comente abaixo sua opinião.

Mais uma vez obrigado Yuri Vinícius e terça-feira que vem nós voltamos com mais 2 estádios, vemos vocês lá.

Saudações Rubro-Negras

Cleito Junior

Veja também

  • Acho mais viável o estádio de Juiz de Fora

  • Nunca estive no Laranjão, mas só pela capacidade já se torna descartado. Inviável! Quanto ao estádio do América, já fui a dois jogos ver o Mengão, e realmente é uma ótima alternativa para jogos pequenos, visto a capacidade e mobilidade. É verdadeiro caldeirão. Fiquei em cima do banco do Flamengo e consequentemente, bem próximo da área técnica. Se o time tiver mal, o técnico sofre, como aconteceu com o Valdemar Lemos, na época. Para clássicos, acho complicado. Inclusive nos jogos que fui, a confusão na entrada e bilheteria ficou intensa. Por isso, para um clássico acho muito difícil.
    Corrigindo a matéria, as ruas no entorno do estádio do América são de mão-dupla.

  • Moro em Nova Iguaçu, e já estudei perto do estádio do América
    Na minha opinião, prefiro o Laranjão, além de ter uma estrutura muito melhor, e melhor acesso, tanto de ônibus(próximo a uma rodoviária) ,obs não chega ser tão longe da estação, eu penso que no quesito segurança do torcedor, porque a criminalidade tomou conta dos arredores do estádio do América.

    • Eu ia comentar sobre a criminalidade, mas achei ‘ruim’. Nos próximos estádios eu comento sobre. Obrigado pelo comentário!

Comentários não são permitidos.