Destrinchando taticamente o Flamengo do Muricy contra o Ceará

O “novo Flamengo” fez contra o Ceará uma partida que oscilou bastante, como esperado, já que estamos falando do primeiro jogo completo da equipe e a primeira vez dessa formação. No primeiro tempo o time próximo do que será o titular, com o segundo misturando os reservas e novos contratados. E algumas novas ideias táticas já foram apresentadas.

A equipe se portou entre um 4-1-4-1 quando defendia, com um 3-4-3 quando atacava. Sheik e Gabriel fizeram as pontas pelos lados, voltando para fechar o meio que tinha Éverton pela esquerda e William Arão pela direita. Márcio Araújo ficava à frente dos zagueiros Wallace e Juan, por vezes voltando entre os dois para começar a saída de bola. Por falta de prática, Guerrero ficou algumas vezes isolado.

Uma das mudanças foi a marcação alta dos atacantes do Flamengo sobre a defesa adversária. Até dois jogadores davam combate em um. Porém a aplicação dela não foi tão eficiente por dois fatores: A primeira era a falta de condição física ideal, que cansou os jogadores nessa prática; e a segunda em erro tático, quando os demais flamenguistas não fechavam a opção de passe cearense, não forçavam uma linha atrás dos que marcavam, para evitar a saída de bola nordestina.

Toques rápidos e curtos também fizeram parte do Muricy Rubro-Negro. Faltou mais compactação para que a posse de bola se tornasse em chances reais de gol. Mas quando ela não acontecia, algumas jogadas ensaiadas já foram percebidas, como cobranças de faltas e escanteios sempre buscando Guerrero. Geralmente na segunda trave ou fechando sobre o goleiro.

Os grandes problemas dessa equipe em construção foram as flagrantes aberturas de espaço em frente a defesa. No primeiro tempo William Arão e Éverton não voltaram para ajudar Márcio Araújo e assim o atacante Siloé entrou sem marcação e fez o primeiro gol do Ceará. O problema se repetiu quando entrou Jonas no segundo tempo, mas as boas entradas de Canteros e Mancuello melhoraram nessa recomposição defensiva.

O recém contratado foi o destaque do Flamengo. Com boa visão e passe, mostrou que joga com a bola e principalmente sem ela, o que atualmente é fundamental para as movimentações. Buscou bastantes viradas de jogo enquanto jogava na direita. Com a entrada de Alan Patrick, o time formou o melhor meio campo no jogo, com Canteros à frente da zaga e Federico com Alan subindo e descendo pelo setor.

Bruno Guedes

Fonte: Goal

Veja também

  • Pq o mancuello e nao vai poder jogar contra o atletico ja que o torneio nao e oficial e tratam como amistoso?

  • Eu entendo que a pré temporada do flamengo só esta começando, então qualquer avaliação tática ou técnica é precipitada. mangaratiba foi só um forma de avaliar o elenco com as novas tecnologias e dar uma perspectiva do que precisava ser feito inicialmente para recuperar e colocar o elenco nivelado e apto para jogo.

    Um trabalho muito bem feito que vai dar frutos!

    galera, senta, acende a churrasqueira, bota a cerva ma geladeira pq esse ano tem…

    SRN

  • Segundo tempo melhorou porque o meio mudou, saíram 3 jogadores de velocidade, infiltração e jogadas individuais (Everton, Arão e Márcio Araújo) e entraram 3 jogadores de passe, distribuição (Canteros, Mancuello e Alan Patrick). Juntos, o segundo trio conseguiu se entender e o toque de bola supriu a deficiência física nesse início de temporada, algo que prejudica o primeiro.

  • #fora Wallace, MA, Gabriel.

  • Empresta o wallace pro Bahia até o Final do contrato. O Bahia gosta desse resto de fogueira.

    • caco de telha fdp

    • devolve o Gabriel de graça kkk

  • Muricy vai ter problemas esse ano para encaixar este time como eu já previa antes mas não só ele até o Tite teria e muito porque com os zagueiros e os volantes que temos não é brincadeira não.

  • Nestes primeiro jogos vamos sofre porque a armação vai ficar a cargo de Everton ou Jajá porque Mancu e Patrick estarão fora. Ai alguém vai dizer que eles não são armadores e então quem vai armar 3 volantes? É o que temos no momento e é com isso que vamos ter que encarar o a galinha mineira o que não será fácil, mas se lá vi.

    • É essa a minha preocupação conta o Atlético Mineiro na Liga. Pois, pensa só, não teremos Mancuello e nem Alan Patrick, quem vai armar o time?Só teríamos infiltrações nas laterias com Cirino e Sheik, no meio teríamos Marcio Araújo, Arão e Everton, ou seja, sem criatividade e sem qualidade no passe.

      • Porque eles não jogam a liga? Não será torneio amistoso? Então não tem problema.

      • E se eles não fizerem nada do que foi treinado na pré-temporada como não fizeram no jogo contra o Ceará ai ainda vai ser pior. Contra a galinhas de Minas é torcer e rezar. SRN

  • Vamos criar uma campanha
    #foraWallace

Comentários não são permitidos.