Ginga do gringo! Mancuello dança com Felipe Vizeu o “tá tranquilo, tá favorável”

À vontade no Flamengo, o argentino Mancuello mostrou que está antenado com as músicas brasileiras. O meia estrangeiro colocou em seu Twitter um vídeo dele e de Felipe Vizeu dançando “tá tranquilo, tá favorável”, hit do momento de Mc Bin Laden. Titular no meio de campo de Muricy Ramalho, o camisa 23 parece cada dia mais entrosado com o grupo do Rubro-Negro.

“Depois do treino de hoje, Felipe Vizeu e eu tivemos um ensaio. ‘Tá tranquilo e favorável'”, escreveu o jogador no seu Twitter.

O argentino já disputou sete jogos com a camisa do Flamengo – cinco partidas oficiais. No amistoso contra o Ceará, ele deu passe para Emerson Sheik. Contra a Portuguesa, na goleada de 5 a 0, bateu falta na cabeça de Guerrero. No clássico contra o Fluminense, ele bateu córner fechado que depois terminou em gol de Willian Arão.

Nas redes sociais, o argentino também se destaca sempre publicando trechos de músicas das arquibancadas, citando termos usados pelos torcedores e exibindo o orgulho de vestir a camisa do terceiro time da sua carreira – revelado pelo Independiente, ele jogou sete anos no futebol argentino e ficou uma temporada emprestado para o Belgrano, time portenho.

– Estou gostando muito. Com a ajuda dos companheiros fica mais fácil. Gosto de aprender todos os dias e aprendo muito. Trabalho sempre com ânimo positivo, com um sorriso e quero seguir assim – disse em coletiva de imprensa o argentino do Flamengo.

Fonte: GE

Veja também

  • Ele me lembra muito o Laprovittola, do basquete. É óbvio que o jogador ter as melhores habilidades é importante, mas ser simpático, inteligente e boa gente, para mim, também é condição para ser chamado de craque. A propósito, o Nicolas Laprovittola até hoje posa para fotos com a camisa do Flamengo.

  • Comecei a observar o Mancuello em 2014, quando ele começou a se destacar. Nem costumo ver jogos de times argentinos, mas fiz questão de ver alguns do Independiente nesse tempo e sempre pensava “bem que o Flamengo podia olhar pra esse cara”. Gostava do estilo de jogo, a personalidade e como ele batia na bola. O que desanimava era a multa e a idolatria por ele no Rojo, que tornavam a contratação difícil. Ver essa vontade do Mancu em se integrar o mais rápido possível e que ele parece totalmente recuperado das lesões do ano passado é muito animador. Tem potencial pra virar ídolo, se não for vendido logo. Mas pra isso precisa ser bem aproveitado, vindo de trás pra participar da armação de jogadas. Me incomoda um pouco quando o vejo caindo mais pelas pontas, sendo mais um atacante que um meia. Como uma situação de jogo é válido, mas acho que ele cresce e se torna mais difícil de marcar quando atua mais recuado.

    Se pegar apenas um vídeo do Mancuello dá até pra achar que ele joga como o Everton, mas ali são melhores momentos, lances mais agudos. Olhando um jogo completo da melhor fase no Independiente fica claro que ele jogava pela faixa central (caindo mais pela esquerda), voltando até a defesa pra iniciar as jogadas. O jogo recente contra o Ceará é uma boa referência. Espero que à medida que o time vá se ajustando e o Muricy conhecendo melhor os jogadores, que encontre um meio termo, porque acho que é um pedido dele que o Mancu chegue mais ao ataque.

Comentários não são permitidos.