Flamengo de 2016 é muito mais tiki-taka do que ‘Muricybol’

Muricy Ramalho foi tricampeão brasileiro com o São Paulo entre 2006 e 2008 utilizando um estilo de jogo não muito vistoso. A aposta eram os cruzamentos e gols de bola parada. Agora, o treinador nem parece mais o mesmo e tem feito, no Flamengo, um futebol que lembra muito mais o tiki-taka do Barcelona de anos atrás.

Os números mostram que o time rubro-negro tem se aperfeiçoado com a bola nos pés. No Campeonato Carioca de 2015, a equipe teve média de 393 passes por jogo e 91% certos. Agora no estadual deste ano, sob o comando de Muricy, são 463 passes e 93% de acerto.

Além disso, no Carioca 2015, a equipe tinha média de 25 cruzamentos por partida, enquanto, agora, são 20 bolas aéreas por jogo.

Mas não para por aí, e a melhora vai além do estadual. Os números apresentados até aqui no começo de 2016 também são melhores dos do Brasileiro de 2015: 390 passes por partida e 90% de acerto.

No Carioca deste ano, o Flamengo é o vice-líder do grupo B, com 19 pontos, um a menos do que o Botafogo, mas já classificado para a Taça Guanabara.

Fonte: ESPN

Veja também

  • Uma das principais coisas a matéria não citou: os passes agora são mais objetivos e não simplesmente troca de passe no campo de defensa sem apresentar perigo ao adversário como vimos por várias vezes em 2015.

  • Casamento perfeito. O Flamengo precisava do novo Muricy, e o Muricy precisava do Flamengo!

Comentários não são permitidos.