Presidente do Fla em exercício diz ter lamentado morte pelo que leu na mídia

Ao desembarcar no Rio, Maurício Gomes de Mattos pediu para falar com a imprensa para se solidarizar com a família de Evandro Gatto, ainda internado em estado grave

Presidente do Flamengo em exercício até a volta de Eduardo Bandeira de Mello – que está nos Estados Unidos como chefe de delegação da CBF na Copa América -, Maurício Gomes de Mattos pediu para falar com a imprensa ao desembarcar no Rio de Janeiro, na noite de domingo, para lamentar uma morte que não ocorreu. Gomes de Mattos relata ter lido na internet de que o rubro-negro Evandro Gatto, de 48 anos e natural de Petropólis, havia falecido em confronto entre flamenguistas e palmeirenses, ocorrido durante a vitória dos paulistas por 2 a 1, no Mané Garrincha. Evandro, porém, segue internado na Ala Vermelha do Hospital da Base, na capital federal. O estado do torcedor é grave.

– A informação que eu tinha ao chegar no Rio é que havia falecido um torcedor. Me coloquei em cima dessa informação veiculada na mídia lamentando um fato que é criminal. Independentemente do time para o qual se torça ou religião que se tenha, a solidariedade tem que existir, não podemos compactuar com nenhum tipo de violência. Me solidarizei com o vítima que eu pensei que havia falecido por informação da mídia, isso não saiu da minha cabeça. Eu reagi como cristão e ser humano. Me solidarizei com o família dele, botando a nação rubro-negra em luto, até porque eu estou presidente do Flamengo – explicou Maurício.

De fato, a notícia da morte que não se confirmou foi veiculada pela imprensa brasiliense por volta das 23h de domingo.

Maurício Gomes de Mattos segue como presidente em exercício do Flamengo até segunda-feira, quando Eduardo Bandeira de Mello volta dos Estados Unidos. Assim, ele segue com a delegação rubro-negra no sábado para Florianópolis, onde, no domingo, o Fla encara o Figueirense, às 16h, no Orlando Scarpelli.

Fonte: GE

  • Assessoria de imprensa bosta essa, nem orientar o presidente em exercício ela serve.

  • Arthur, brincadeira nada, o Eduardo Bandeira de Melo é um verdadeiro canalha jogou um balde de água gelada no furor da torcida que ele iria concertar tudo de errado que esta ocorrendo no Flamengo e ja havia pedido dispensa da CBF grande mentira o canalha esta nos U.S A falo que o EBM e um canalha sem medo de errar!!!

Comentários não são permitidos.