Recém contratado, Pedrinho garante empenho: “É um orgulho muito grande ser jogador do Fla”

De olho na LDB e no NBB 9, o Flamengo anunciou três reforços na tarde da última terça-feira (26): Léo Bispo, Leonardo “Lele” Oliveira e Pedrinho Rava. Dos três, o mais conhecido é Pedrinho, que jogou as duas últimas temporadas em Macaé. Criado no Mackenzie/Projeto Bis e com ótima passagem pela base do Pinheiros, o jogador tem apenas vinte anos e certa experiência no basquete nacional.

A história profissional do armador começou aos dezesseis anos, ainda no time da capital paulista. Mas a primeira oportunidade apareceu mesmo um pouco depois, já na equipe macaense. Feliz com a ida para o Flamengo, o camisa 7 prometeu se empenhar ao máximo e honrar a camisa:

“Foram duas temporadas muito diferentes, mas tentei aproveitar ao máximo, sempre tentando desenvolver meu jogo e buscando ajudar minha equipe. Aprendi e desenvolvi bastante por ter tido tempo de quadra. O Léo e o Pablo apostaram em mim e me deram muita confiança. A partir de agora, a Nação pode esperar um Pedrinho extremamente motivado e pronto para enfrentar tudo. É um orgulho muito grande ser jogador do Flamengo. É um sonho realizado. Estou muito empolgado e motivado para esse novo desafio. Quero fazer minha estreia logo e ver o ginásio lotado com nosso time sendo apoiado pela torcida.”

A amizade com Humberto foi citada por Pedrinho, que comemorou o fato de atuar ao lado do “irmão” novamente. O atleta aproveitou para falar da chance de jogar com ex-jogadores do Pinheiros, como Marquinhos e Olivinha, que se tornaram ídolos no Rio de Janeiro:

“Eu e o Humberto temos uma amizade de irmão. Quando falei para ele que estava vindo para o Flamengo, nós ficamos muito felizes por podermos atuar juntos novamente. Sei que muita gente não sabe, mas nós ganhamos todos os campeonatos da nossa categoria quando estávamos no Pinheiros. Não vejo a hora de estar em quadra ao lado de caras como Marquinhos, Mineiro e Olivinha também. Eu os admiro muito.”

Contratado, também, para a disputa da Liga de Desenvolvimento Brasileiro (Sub-22), Rava abordou a competição e deixou um recado para a torcida:

“A LDB foi uma das melhores coisas que a Liga Nacional fez. Vamos ter jogos difíceis e equilibrados, mas tenho certeza que brigaremos pelo título, é o nosso objetivo, o torcedor pode ficar tranquilo. Toda vez que eu via a torcida do Flamengo nos jogos, ficava arrepiado. É uma atmosfera diferente de qualquer outro lugar. Não vejo a hora de ter esse apoio ao meu lado. Eles (torcedores) podem esperar um jogador que vai jogar todo jogo como se fosse uma final. Um cara com uma vontade sem limite. Se perguntarem porque escolhi o Flamengo, a resposta é simples: quero ser campeão de tudo. Desde a LDB até a Liga das Américas.”

 

 

Fonte: Garrafão Rubro-Negro

Veja também

  • Os times para a próxima temporada estarão enfraquecidos, pois além do Flamengo (perdeu a SKY) o Bauru perdeu seu principal patrocinador (Pascoalloto) e foi obrigado a cancelar todos os contratos vigentes para renegociá-los. Já perdeu o Fischer para o Fla e o Hettsheimeir está para sair. Quem manteve o time e melhorou um pouco foi o Mogi. Próximo campeonato será mais equilibrado e mais fraco tecnicamente. O Fla perdeu o Rafa Luz, o Gegê, o Robinson e o Meynsse mas desses quatro apenas o último irá deixar saudades. Esse tal de Robinson não tem sangue nas veias. Quem carregou o time nas costas foram os de sempre: Marquinhos, Olivinha e Marcelinho mais duas boas surpresas: Mineiro e Ramon.

    • sem dizer que o olivinha e o mineiro e fraco pra caramba, mas o fla continua forte para a proxima temporada.

      • Olivinha é fraco? Decidiu varios jogos p Fla..e nas decisões cresce como ninguem

  • Ainda não começou a temporada mas até agora o elenco é inferior ao do ano passado. Vamos ver qdo acabar as Olimpíadas se vem mais gente. A saída da Sky afetou o Basquete.

Comentários não são permitidos.