Bandeira de Mello cobra CBF e provoca Vasco: ‘Não estou acostumado com vice’

Na véspera do confronto decisivo com o Palmeiras, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, participou de audiência pública para discutir a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, no plenário 4 da Câmara dos Deputados, em Brasília. Ele não deixou passar a chance de alfinetar o rival Vasco e também de contestar a CBF.

Bandeira de Mello foi um dos primeiros a fazer uso do microfone.

O cartola rubro-negro foi chamado logo após o balanço de primeiro ano das normas realizado pelo Ministério do Esporte e foi provocado pelo deputado federal César Halum (PRB-TO), que comandava a mesa.

Halum disse que repassaria a palavra antes a ele por causa da posição do Fla no campeonato.

“Dra. Lara (representante do Ministério do Esporte) deve ser do Palmeiras. Não estou muito acostumado com esse negócio de ser vice. É uma prerrogativa de outro coirmão nosso”, sorriu Bandeira, antes de iniciar a sua fala.

Ao fazer uso de seus 15 minutos, ele indagou por que a CBF não põe em prática uma das exigências do Profut, com a convocação dos clubes para suas assembleias.

“O artigo 22 estabelece que os clubes das Séries A e B passariam a integrar as assembleias da CBF, não só eletivas, mas também administrativos, e todos nós consideramos isso como conquista do Profut. Eu, que convivo com vocês dois anos e meio, sou testemunha que a intenção dos legisladores era exatamante nesse sentido, de que os clubes pudessem participar de tudo”, afirmou.

“O deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), que foi relator, ele vai poder falar com mais propriedade sobre isso, mas eu, como participante do grupo, o tempo todo, independente da forma que está escrito o artigo, a intenção de quem escreveu era essa. Depois que foi aprovada e sancionada a lei, o Profut virou realidade, fomos surpreendidos com a interpretação contrária da CBF”, prosseguiu.

“Os clubes poderiam participar das assembleias eletivas e não administrativas, isso foi efetivamente levado a cabo, dado que houve assembleia eletiva, clubes convidados, e duas administrativas, salvo engano, aprovação de contas e Primeira liga, e nessas duas os clubes não foram chamados”, completou.


Fonte: ESPN

  • Assim como o presidente da Argentina o mito Mauricio Macri foi presidente de clube na Argentina e agora está colocando o país em ordem vejo que o Bandeira seria um ótimo quadro para a presidência do país.

  • Esse cara é uma lenda,engracado que sumiu os que chamam ele de Eduardo banana de Melo.

  • Isso mesmo presidente.

    Todo mundo fala merda do Flamengo, provoca, e nós temos que agir como cordeiros? Num fode kkkkkk!

    Se o presidente fala é porque pode bancar o que diz, ao contrário dos fanfarrões que passaram pela presidência do clube no passado, cheios de arrogância e soberba com o clube atolado em dívidas e o time brigando pra não cair.

  • Como sempre mitando o nosso presidente! kkkk

  • Bandeira é um bom menino mas precisa avaliar o momento certo de dizer determinadas coisas…….e que São Judas Tadeu continue nos ajudando.

    • o que e são judas tadeu…….?

      • é o santo padroeiro do Flamengo

        • e santo existe?

          • Depende do que vc considerar “existir” eles estão mortos.

          • e porque aprendi a ler cedo e nunca “vi” ou ouvi falar desses tal de santo, pensei que era o time, porque santo so exite um que e jesus cristo, e o flamengo e mais importante que esse tal de santo ai que vc falou.

          • Eu não sei se vc tá me zuando ou se tá falando sério kkk mas vamos lá. Jesus não era santo. Santos são aqueles cristãos que quando vivos fizeram uma obra admirável e foram canonizados pela igreja católica. São Judas Tadeu foi um dos 12 apóstolos e a partir de 1950 passou a ser considerado Santo Padroeiro do Fla

          • ainda bem que nunca entrei numa igreja católica, jesus foi o único santo nessa terra.

          • Ah entendi, aí já é questão de cada um… pra mim santos não passaram de boas pessoas assim como jesus

          • a ta, então te indico ler, se vc gosta de ler parabéns porque a leitura aumenta a sabedoria, te leva a ter conclusões pessoais, ai para de acreditar em que muitas pessoas falam, e isso se torna um mito e pra provar ao contrario e complicado. abraço SRN

          • Não necessariamente por ler, pois não sou chegado, mas foi estudando e com o passar do tempo que cheguei as minhas conclusões que indiquei aí acima, pois quando criança eu era 100% católico devido a minha família e atualmente estou mais pra ateu.

          • parabéns, mas não pare de ler.

      • São Judas Tadeu e o santo padroeiro e protetor do flamengo.

  • Pra que guardar dinheiro? Se morrer não levo nada…

    • Mas enquanto viver… &;-D

      • Verdade Ednei, de fato a gente não leva nada quando morre, mas não sabemos quando vamos morrer…

  • Hoje ao meio-dia, o Bandeira deu entrevista à radio Bandeirantes de São Paulo. Se conseguirem o áudio seria legal. Ouvi um trecho e gostei bastante.

    • Prá cima deles Sêo “Careca” (rs)

Comentários não são permitidos.