Coluna do Torcedor: ”Em defesa dos contestados”

Como montar uma boa equipe de futebol? Ao olhar o elenco de grandes times do futebol europeu, ficamos maravilhados ao ver formações de meio-campo com alto nível técnico ou um trio de ataque poderoso, bem como defesas que se parecem como verdadeiras muralhas! E no entanto, ao olhar para os principais times do Brasil, a decepção por parte de muitos torcedores é enorme, pois além de muitos não contarem com atletas à nivel de seleção, muitas vezes são obrigados a assistirem o futebol de jogadores considerados “ruins” sob o seu ponto de vista…

No Brasil, os clubes nacionais NÃO possuem o mesmo poder financeiro dos principais times europeus (apesar de rivalizarem com muitos times considerados médios), tornando a montagem de um bom elenco um processo bastante complexo em geral. E a solução encontrada pela direção técnica é mesclar jogadores de diversas categorias, para tornar a equipe competitiva dentro do cenário nacional. Eis, uma breve descrição geral de cada categoria:

1. Alto nível: são jogadores “classe A”, ídolos, titulares absolutos e
frequentemente convocados para as seleções de seus países, capazes de realizar grandes proezas, como decidirem o resultado de uma partida, cadenciar o jogo e comandarem as ações ofensivas (e defensivas) da equipe. Em geral, são muito valorizados, bastante assediados pela mídia e torcida. Naturalmente, recebem muitas propostas financeiras e seus ganhos são considerados astronômicos, em vista do alto rendimento que oferecem aos clubes.

2. Bom nível: são jogadores “classe B”, que embora não sejam
frequentemente convocados (dependendo do país), em geral são os principais titulares dos seus times e queridos pelos torcedores (à salvo algumas exceções). Em geral, a sua performance reflete diretamente no desempenho da equipe, o que pode gerar elogios e contestações por parte da torcida, dependendo dos resultados. Frequentemente, eles recebem boas propostas financeiras, seja tanto para jogar como titular, quanto para compor o elenco (de acordo com o clube). No entanto, os seus ganhos não tão consideráveis, variando de jogador para jogador.

3. Médio nível: são jogadores “classe C”, com raras convocações e que podem (ou não) ser titulares das suas equipes. Alternam bons e maus momentos, embora sejam mais lembrados pelos torcedores em vista dos resultados ruins. Nem sempre são habilidosos e por isso, dividem a opinião da torcida, as quais podem ser tanto “à favor” quanto “contra” o atleta. Em geral são jogadores considerados de bom custo x benefício e as propostas financeiras aparecem mais em vista da necessidade de outros clubes em compor o elenco e até mesmo ocupar posições carentes
do time.

Em geral, um bom time possui em média de 2 a 3 jogadores de alto nível, sendo as demais posições mescladas com jogadores bons e medianos. No Flamengo, temos os jogadores Juan, Diego e Guerrero considerados como “nível A”, ao passo que os jogadores Muralha, Réver, Donatti, Jorge, Cuellar, Willian Arão, Mancuello, Éderson e Leandro Damião considerados como “nível B”. Por fim, temos os jogadores Paulo Vitor, Pará, Rodinei, Márcio Araújo, Alan Patrick, Adryan, Marcelo Cirino, Gabriel, Éverton e Fernandinho compondo a classe dos jogadores “classe C”. Sei que muitos não vão concordar com as classificações aqui feitas, mas espero que tenham compreendido tais conceitos.

Seria ideal contar somente com jogadores à partir do bom nível? Sim! No entanto, nenhum clube dentro da realidade financeira deste país conseguiria manter em dia, a folha salarial deste elenco! Prova disso é a existência de diversas administrações que sofreram com o desmanche de super-elencos, especialmente quando estes conquistam títulos importantes. Em geral, pela dificuldade de manter o orçamento em dia, pela valorização dos atletas (que exigem receber mais nas renovações de contratos) e pelo assédio de clubes do exterior. Nem é preciso comentar as “gerações vencedoras” que coexistiram ao mesmo tempo em que os clubes acumulavam dívidas e mais dívidas…

Além da questão financeira, também temos uma série de outros problemas que tornam as contratações caras difíceis: os riscos assumidos. Entre eles, estão as exigências de atletas e empresários, o jogador “não dar certo” no clube, os problemas comportamentais, o relacionamento com o técnico e demais companheiros (especialmente quando brigam pela titularidade), e por aí vai. Então, quais são as estratégias adotada para compensar as dificuldades e limitações para a montagem de um bom elenco de futebol, em vista das dificuldades para a contratação de bons
jogadores?

Em geral, as principais estratégias adotadas são:

1. Aproveitamento da categoria de base.
2. As apostas (jogadores oriundos de clubes pequenos).
3. A contratação e manutenção de jogadores medianos.

Apesar dos seus diferenciais, o aproveitamento da categoria de base e as apostas possuem uma particularidade em comum, que os diferenciam bastante dos jogadores medianos: a incerteza! Infelizmente, apenas um número bastante reduzido oferecem um desempenho satisfatório no elenco, embora também ofereçam a possibilidade de trazer grandes revelações. Podemos ter um ano em um ou mais bons jogadores se destaquem no cenário nacional, ao mesmo tempo em que se passem vários anos sem uma grande
revelação. Ou seja: são opções inconsistentes e volúveis, tornando os acertos uma verdadeira loteria, o que certamente não se encaixam com as premissas de um bom planejamento.

Eis então, que nos sobra a 3ª. opção, a qual é o foco principal deste artigo! Mesmo não sendo do agrado do torcedor, a contratação (e manutenção) de jogadores medianos se tornou uma regra fundamental e de grande peso para a construção de bons elencos no Brasil, pois apesarem de não oferecerem um grande retorno, os seus resultados são mais previsíveis e consistentes que as demais opções, garantindo assim uma maior probabilidade de execução do planejamento proposto. E por incrível que pareça, é a opção que à meu ver, pode trazer uma excelente relação custo x benefício, se bem estudada e implantada!

Jogadores medianos em geral conseguem executar as suas funções dentro de campo, garantindo um desempenho razoável e satisfatório. E diferente das demais classes de jogadores, eles não são egocêntricos, aceitam a reserva sem maiores discussões e se integram melhor com os demais companheiros de equipe, pois dificilmente são protagonistas de “rachas” no elenco. Não raro, buscam compensar/superar as suas limitações e deficiências com a força de vontade e obediência tática, as quais se tornam vitais para o entrosamento e conjunto da equipe. Por fim, os seus vencimentos mais em conta permitem a direção do clube manter em dia a folha salarial do elenco.

Tão importante quanto contratar, também será renovar com os jogadores disponíveis no elenco. ESTE É O PRINCIPAL MOTIVO PELO QUAL RARAMENTE CRITICO JOGADORES CONTESTADOS! Apesar de limitados, eles podem ser perfeitamente encaixados dentro de um bom planejamento, sendo bastante úteis no contexto de determinadas partidas. Jogadores como Vaz, Pará, Márcio Araújo, Gabriel, Éverton, Fernandinho e até mesmo Marcelo Cirino, devem ser analisados CRITERIOSAMENTE antes de terem o seu futuro definido, pois além de poderem ajudar o time, a recomposição destas peças não será feita assim tão facilmente, tal como imaginam. SOMENTE descartaria a renovação destes jogadores se houvessem negociações já concretizadas de substitutos ou se os seus salários forem incompatíveis com a realidade do clube.

Queiram ou não, PRECISAMOS destes jogadores!

Ednei de Melo


Faça como o Ednei, envie também a sua coluna e veja seu texto publicado aqui neste espaço. Envie para torcedor@colunadoflamengo.com, que o avaliaremos e, se aprovado, será publicado na seção “Coluna do Torcedor” .

Veja também

  • Pessoal, acho que diretoria está contratando esses botinhas daqui para defender esses perebas que o Flamengo tem no elenco!
    Esse escritor se enquadra no nível mais baixo entre os jornalistas, fica em cima do muro, sem qualquer senso critico!
    Vai se catar!

  • Acho que o pensamento do Caramujo ao jogar futebol contra times fáceis é mais ou menos assim: “Hoje, tá tranquilo, o time rival ataca pouco, vou ficar na minha, meio escondido, tocar a bola de lado e roubar umas bolinhas fáceis”. Caramujo jogando contra times médios/difíceis “Ih, hoje o bicho pega, tá difícil pra mim, vou me esconder, deixar a treta com o Arão e na hora que o time for atacado pra valer, despisto um pouco, corro do lance e muita gente não vai perceber que foi eu quem falhei antes, que abriu todo sistema defensivo”. Mas a torcida agora tá mais atenta caramujo enganador. BONDE. Jogador fraco, medroso, burro e comprometedor, isso aí é nível “D”. Só times da série D, podem querer isso.

  • Sem comentários! Santa Eliminação!

  • Caro amigo colunista….pega esses jogadores contestaveis e leva pra sua casa. Nação, vamos nos unir e expulsar esses inúteis do Flamengo. Só servem pra tirarem oportunidades da garotada da base. Esse Gabriel chega a dar ódio ver um câncer desse com a camisa do Flamengo e ser protegido por esse técnico ridículo e fraco. E pra finalizar….Jayme de Almeida, some do Flamengo, Desapareça!!!!

  • Na minha opinião, o FLAMENGO deveriam ter pelo menos um time titular de jogadores no mínimo top 3 do Brasileirão. Por exemplo, dos 3 melhores volantes, pelo menos um deveria estar no Fla. Daí vemos o Grêmio com Maicon e Wallace, Santos com Renato, Atlético PR com Otávio, Palmeiras com Gabriel e Tchê Tchê, Atlético MG com Rafael Carioca, e o Fla com MA. É pensar muito pequeno.

  • Vou tentar comentar da maneira mais plausível:

    Sim, todos ficam maravilhados com o futebol europeu.De time com craques do goleiro ao atacante, jogadas espetaculares e entretenimento garantido pra todo mundo.

    Concordo que os clubes nacionais, de longe, não possuem condições de competir com os grandes europeus (nem se a metade da torcida de cada fosse ST). Mas tem um porém, amigo: os clubes brasileiros possuem lucros e valor de mercado maiores que os demais da América do Sul. E é uma vergonha tremenda o Brasil não chegar mais em conjunto na parte do mata-mata, onde perdem pra equipes com investimentos bem mais baixos que os nossos (vide as derrotas do Fla para times como Olímpia e Emelec).

    As alternativas como investimento na base, contratar jogadores promissores nos demais países sul-americanos e buscar veterano que estão há muito naEuropa são as melhores saídas. Nessas coisas o Flamengo começou bem, mas precisa evoluir mais (olhar a base com carinho e monitorar o mercado sul-americano é importante).

    Cansamos de ver equipes campeãs no Brasil sendo fatiadas. No entanto, entramos num conceito econômico chamado de tradeoff (escolhas conflitantes): Se optarmos por jogadores ótimos em todas as posições, podemos ganhar campeonatos antes das equipes desmancharem. Caso optemos por jogadores limitados ou até uma mescla com bons jogadores, dificilmente se ganha título (a não ser que o desempenho dos bons consiga “mascarar” o desempenho dos ruins). A saída é investir na base, monitorar os jogadores que deram certo e buscar peças no Brasil ou exterior. O Santos faz bem isso: possuem um time com Renato e Ricardo Oliveira (veteranos revelados no time).Lucas Lima e Vítor Bueno (realidades). Gabigol (revelação que saiu) e Copete (que veio da Colômbia). O Palmeiras também, pois montaram uma equipe com apenas jogadores de nível B (que vão para, no máximo, leste europeu e Ásia e depois voltam).

    A diretoria tem seus méritos nas finanças, mas peca no quesito futebol (onde o usuário Sérgio mencionou muito bem ao contratarmos mais de 50 jogadores, a grande maioria limitados, desde 2013 e poucos deram certo). Temos que entender que quando um clube começa a passar por uma escassez de títulos, até a responsabilidade financeira fica em cheque. Por isso, apostar e riscos fazem parte.Já dizia um economista no passado: “A longo prazo, todos estaremos mortos”.

    Mesmo com ideias diferentes, creio que todos querem o melhor para o Flamengo. Todos podemos ganhar com uma discussão racional e honesta.

    SRN

    • Não estou dizendo que o Flamengo não deve fazer apostas em jogadores de clubes pequenos e nem investir na jogadores da base. O que NÃO pode é jogar a responsabilidade de performance, vitórias e títulos nestes jogadores, pois ambos ainda estão em processo de adaptação (no caso de jogadores de clubes pequenos) e desenvolvimento (no caso de jogadores da base). Esses devem ser encaixados quando já estivermos uma base sólida, ou seja, um elenco já formado e amadurecido. O Flamengo ainda não tem isso! Já o Palmeiras começou este processo há um pouco mais de 2 anos e só agora, está começando a colher os resultados! &;-D

    • Só para constar: o Flamengo foi campeão de 2 brasileiros (1992 e 2009) e 3 Copas Brasil (1991, 2006 e 2013) e em nenhuma destas campanhas, tinha times que no máximo, seriam considerados médio (apesar da mesma base entre 1991 e 1992)… &;-D

      • Sim, mas antes o time titular, em especial o de 2009 tinha Adriano, Petkovic,Juan, Léo Moura e Bruno em grande fase. Todos eles tinham o potencial de decidir uma partida, principalmente os dois primeiros. Espero um time parecido nos próximos anos, pois são poucos os jogadores atuais com esse perfil (Diego e Guerrero).

    • Vinicius você falou absolutamente o que eu penso, não mexeria uma vírgula se quer. Com isso venho insistidamente fazendo diversos comentários que essa Diretoria peca no quesito Futebol. E comprovo meus argumentos através de dados baseados no que essa diretoria fez no futebol desde de 2013. Tudo o que falo nada foi criado, aumentado. São dados estatísticos da própria Globo. Inclusive o comentário que eu fiz das 52 contratações em 4 anos, média de 13 jogadores por ano.
      Parabéns pela excelência do seu comentário.
      SRN!!

  • Rapaz so consegui ler aas as metade tamanha burrice falar que Juan e nível A cara tá velho e na reserva chama o Zico então de novo vamos colocar 4 niveis A rapaz eu pensei até que esse texto era daquele Vinny Dunga pq ele que gosta de falar essas besteiras grandiosas assim nnada a ver veja a chapecoense então estão com time D e estão numa final de sulamericana e não está passando vergonha no brasileiro time novo e já é consolidado e tem bons jogadores mesmo que não sao convocados Gabriel Cirino Fernando no Márcio caramujo seriam reservas na chape tenho certeza que seriam

    • Ele só faz isso pra aparecer!

      • E o pior que dá certo eu fico grilado kkk

  • Renovar com o MA por mais 1 ano é burrice e por dois anos é o Apocalipse chegando!!

  • Edinei, vejo nos outros clubes jogadores que não correspondem são emprestados, dispensados etc.

    Porque no Flamengo temos que ficar com esses perebas fdps?

    Se o jogador não ta dando certo tem que mudar!

    Por causa desse pensamento pequeno seu e de outros torcedores, e infelizmente da diretoria, que esses jogares fracos ainda estão no Flamengo.

    • Que outros times são esses que dispensam seus jogadores que não correspondem?, desculpe minha ignorância, pois eu desconheço. No Brasil eu sei q não tem.

      • Exato! Botafogo, Vasco e Fluminense também tem os seus jogadores contestados e muitos deles ainda estão lá por um bom tempo… &;-D

  • No Brasil é assim como vc descreveu que deve ser, dispensar sem repor é burrice, a maioria do torcedor age e opina pela emoção, não é assim que se deve enxergar, é preciso ver tecnicamente e taticamente cada jogador, o torcedor em sua maioria quer que o time somente ganhe e que o jogador nunca deve falhar! Esquece que do outro lado tem um time com o mesmo objetivo e mesma quantidade de jogadores em campo também querendo vencer! Futebol é imprevisível, assim também são os jogadores, poucos se adaptam em determinados clubes, no Flamengo são poucos que chegam e joga como o Diego vem jogando, Réver, Vaz, eram banco e estão bem no Flamengo. Outros como Mancuello, Cuéllar, Rodinei e Donatti, eram titulares absolutos em seus clubes e no Flamengo a opção do treinador é que estes são reservas, sabemos que teem total condições de serem titulares absolutos, mas para o Zé eles não são taticamente melhor do que os 11 que vem jogando, mas desde a derrota para o Inter, este esquema do Zé só nos rendeu uma única vitória por 1 x 0 contra um time já rebaixado! Isso realmente irrita qualquer torcedor! Mas ele continua insistindo com os mesmos jogadores tendo melhores no banco! Essa é a irritação da torcida, o elenco não é excelente mas é bom! Tem jogador que pode fazer melhor do que os 11 que ele vem utilizando.

    • PERFEITO! &;-D

  • Ednei escrevendo!???? Terei q bolar um texto tbm! Virou questão de honra hahha

    • Kkkkkkkkk

  • Faz muito sentido seu texto Ednei, muitos aqui acreditam ser muito simples montar uma base e descartar jogadores de qualquer forma. Porém existem alguns que já estouraram o tempo e oportunidade.

    • Thiago Santos e Vizeu são 2 exemplos, não era necessário trazer o L. Damião! Ambos dariam conta do recado na ausência do Guerrero! Ronaldo devia sempre entrar para ganhar confiança. Outra coisa, o Zé tirou o apoio dos laterais, nossos laterais apoiam pouco, são os pontos fortes de Jorge e Rodinei que perdeu a posição devido a esse esquema e os pontas atuais são ruins de finalizações, de cruzamentos, por isso o time não vai mais vencer! Esse esquema do Zé já é fácil de se marcar, pois os 2 pontas da reserva é tão ruim quanto os que inicia, com exceção do Éverton.

      • O Vizeu desfalca o Flamengo várias vezes ao mesmo tempo q o Guerrero(pela seleção). Não queria o Damião, mas alguém com certeza tinha q ser contratado.

        • A partir do ano que vem o calendário brasileiro vai entrar nas datas fifas então agora tanto Guerrero quanto Vizeu estarao em todos os jogos a tempo

          • Disse tudo ano que vem.. Nesse precisava kkk
            SRN

        • As vezes que L. Damião jogou, não vimos muita coisa, mas o Zé precisa ter uns 3 ou mais esquemas táticos! Precisamos de um esquema de grande rapidez, temos Everton e Thiago Santos, nestas situações, se faz um 4-4-2 ou 4-3-3 de velocidade e muita movimentação com as peças de reposição disponíveis, esses esquemas de Zé não faz os pontas alternarem, apenas o Diego se movimenta, ora ele cria, ataca, chega de surpresa finalizando e é isso que esses caras de lado de campo do Flamengo deve ser exigido! Zé joga um cara numa ponta e outro noutra e manda ficar lá, talvez seja isso que faz com eles fiquem prejudicados, sem surpreender em nada! Apenas acho.
          .

      • Jogar a responsabilidade nas costas em um garoto (ainda) em formação – como é o caso do Vizeu – durante a ausência do Guerrero, tem certeza disso? Não acha arriscado para a carreira do garoto (ainda mais se tratando do Flamengo)? Mas quanto aos pontos, concordo em parte: o lado direito ficou muito deficiente com o Gabriel/Cirino, ao passo que o lado esquerdo ficou no máximo razoável com Éverton/Fernandinho. Ainda assim, o descarte deveria ser pensado.

        Por fim, quanto o esquema do Zé Ricardo, é tão “fácil” marcar que até agora, o time já soma metade das partidas do campeonato em vitórias… &;-D

        • Vi maturidade, força, presença de área e a melhor coisa, a camisa do Flamengo não pesa nele nem no Thiago Santos. Quando se é jovem nunca cansa, vc sabe e viu que mandou a bola na área ele sabe onde achar…e qualquer posição e idade que tiver, jogar no Flamengo é mais difícil do que na seleção, esses garotos deste atual elenco estão prontos, pq já tem uma certa intimidade com o Zé, isso os diferencia e os faz ter mais coragem.

          • Mas também vi ansiedade, especialmente por parte do Thiago… &;-D

          • Eu entendo seu ponto de vista, mas em treino vc não ganha experiência, vc aprende tecnicamente e fica bem fisicamente, mas a experiência e ansiedade se tira dentro de campo no jogo, porque é lances reais e vc vai amadurecendo a cada jogada certa e errada, a cada grito de incentivo e de reclamação do torcedor, vc vai ficando esperto e tira um gás de onde vc menos espera, digo pq eu vivi a vida de jogador, como era no sertão do nordeste eu desisti desse sonho aos 24 anos mas entrei no profissional com 17 e me firmei, ganhei experiência jogando e em treino e coletivo é apenas 40% da realidade, pq vc apenas briga pela posição, já hoje é diferente, os coletivos é um aprimoramento da equipe que vai jogar a próxima partida, a possibilidade de vc ganhar a posição é só se alguém se machucar, é por isso que muitos jogadores se conformam com o banco, mas devem buscar seu espaço mesmo com 4 a sua frente como é o caso de Léo Duarte, isso pode o desmotivar, pq eu acho que o Rafael Dumas já foi queimado.

    • Sem contar as questões referente ao cumprimento de contratos, o pagamento de vencimentos, as negociações com procuradores… &;-D

  • Antes era Vinny nas colunas e Ednei nos comentários, agora Ednei também foi para as colunas. Abençoa a gente Papai do Céu.

    • Impossível o nível cair

      • Deus tá vendo voce recomendando esses textos épicos da internet brasileira kkkkkkkk

        • kkkkkkkkkkkkkkk Hoje o Vinícios Mendes ficou surpreso do Ednei defender mais um pereba (Muralha). Falei a ele que o Ednei defende todos os perebas do planeta e lembrei dessa relíquia. Se alguém comentar de novo sobre o Ednei vou recomendar a lerem essa grande obra do mestre kkkkkkkkkkkk.

          • Me dei ao trabalho de curtir todos os comentários da matéria! Kkkkkkkkk a perebagem está passando pela sua timeline

          • Juro que não entendi a sua última frase.

    • Se o Vinny comentar “Sou seu fã Ednei” igual ele o fez, ai podem mandar parar as máquinas e devolve o país pros Índios

    • Pqp!! So podia ser texto desse debil mental…que alias aqui entre nos…tenho tantas ressalvas quanto a ser verdadeiramente rubro nego como tenho c relação a EMERSON SHEIK(jogador alias que nosso nobre colunista ama de paixão). Se bem que a julgar pelos comentarios pífios contendo tentativas de defesa dos indefensaveis, pelo menos coerente ele é. Texto lixo assim como os comentarios. Exatamente por causa de “torcedores como esses….que temos de aturar os araujos….gabrieis e sheiks da vida! Lamentavel.

    • Kkkkkkkkkkkkkkkkkj

  • Só discordo em colocar o MA no nível C, ele é nível A+.

    • Vamos ver como a torcida se comporta em relação ao A+ domingo!

      Depois dessas defesas de EBM/Diego, estou curioso.

      • Então é dois!! rs

  • Quando eu li o título “Em defesa dos Contestados” com Márcio Caramujo, Chiquinho e Cirino, pensei: “não é possível! O Ednei Pereba de Melo escreveu uma coluna”. Nem li o texto, fui direto ver o autor. Pesnando bem essa não tinha nem como errar.

    • “O Doutrinador!”

    • Ei ei ei, O Mito Ednei

    • Dos três, só se salva o M. Araújo. Os demais também não quero… &;-D

      • Ednei salvando minha Sexta kkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Hoje ele vai meter o #mimacher com o Márcio Araujo mito/marcador/indispensável!

          • Dia da maldade

        • Sério? Ele acabou de matar o meu fim de semana.

          • Sim, tá mitando na arte de causa tretas

          • Não, tá mitando na arte de falar bobagens.

      • Que absurdo! Obviamente quem presta aí é o Chiquinho

  • Se alguém me explicar porque um jogador contestado como o MA tem que ter o contrato renovado, sendo que é nítido e óbvio que ele não acrescenta muito tecnicamente sendo facilmente substituído e que na primeira crise que tiver ele será execrado e teremos que ficar com o cara por 2 anos.

    Esta sem clima de ficar no flamengo. Renovar é uma burrice.

    • Alguém se habilita a explicar??

  • EDNEI, dessa vez chegou ao cúmulo do absurdo: escrever uma coluna só pra elogiar o MA, nível C e útil ao time, dizer isso do MALAujo é uma aberração futebolística!!!!!!!

    FORA MARCIO ARAUJO!!!!!!!
    Contratem o Alexander MEJÍA ou o Felipe Melo.
    FORA ZÉ RICARDO!!!!!!!
    Contratem o Marcelo Oliveira ou o Reinaldo RUEDA.

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Claro! Vamos sair contratando! Mas com que dinheiro? E se estes jogadores e o técnico não derem certo, o que vamos fazer? Ou ainda, se os seus vencimentos atrasarem? Se tiver uma solução melhor para esses problemas, as lerei de muito bom grado. Mas se não tiver, fica quieto! &;-D

      • Não destrate o menino Douglas assim, onde já se viu! Você tá brabo?

        • Ae Ruan o Ednei já nem te responde mais né?! rsrs

          • kkkkkkkkkk Minha perseverança tá acabando, já já eu paro com isso, prometo kkkkkkk

      • A solução já foi dada acima com as sugestões para contratação, mas nós podemos resolver isso de 1º volante com o nosso próprio elenco de 2 maneiras: – RONALDO e ou CUELLAR.
        Agora treinador é obrigatório contratação agora para o contratado poder estudar a melhor escalação e o(s) melhor(es) esquema(s) a ser empregado no time do Flamengo já na pré-temporada!!!!!!!

        • O Ronaldo é jovem e ainda inexperiente, pois provávelmente terá as suas oportunidades em 2017. Já o Cuellar afobado, faz muita falta e é lento para cobrir as 2 laterais, em vista na necessidade de rápida recomposição defensiva do esquema tático. Por outro lado, tem uma excelente saída de boa e bom 1o. combate. Ambas são boas opções, mas não são tão “superiores” assim em relação ao Márcio Araújo. Sinto muito… &;-D

          • É inacreditável!!!!!!!

          • Opa vi uma concordância aí hein!! “Mas não são tão superiores”… Então vc admite q eles SÃO superiores?

          • Sim. JAMAIS neguei isso. Inclusive, classifiquei o Cuellar como classe B e o Márcio Araújo como classe A. O que justifica a titularidade do Márcio Araújo e o Cuellar na reserva é o esquema tático adotado. Em uma formação mais fechada (com 3 volantes), provávelmente o Cuellar se sairia melhor. Já o Ronaldo é uma aposta… &;-D

          • Nisso concordo com vc… infelizmente essa forma de jogar nunca foi testado… apenas no desespero de manter o resultado em alguns jogos.

    • Ae Douglas, to gostando de ti de novo, voltando às origens com o espírito do Jorge Nicola!

  • Podemos apostar em jogadores de time pequeno, com bom potencial de crescimento. Podendo vim a se tornar um jogador de nível B ou A… Porém, ao dar a oportunidade e esse jogador não se desenvolver, na minha opinião, mantê-lo no grupo e ainda indicar renovação de dois anos é burrice, para não dizer outra palavra.
    Conseguiu me entender??

    • Exato! Mas não podemos colocar as apostas dentro de um planejamento para a montagem de um bom elenco, pois existe uma boa possibilidade de não darem certo. Se ele der certo e vir a se tornar um jogador classe B ou A, naturalmente irá substituir os jogadores classe C que estão no elenco. Também concordo que renovar com jogadores classe C por um período longo é arriscado. No entanto, existem jogadores classe B sobrando no mercado para serem contratados assim fácilmente, à preço de banana?

      Acho que não… &;-D

  • Ednei. Acho você inteligente, firme em suas posições. Mas de vez em quando você dá umas viajadas que só Jesus na causa.

    • De vez em quando?

      • Sim, principalmente quando se trata do Universo dos Contestados

        • Não foi eu que coloquei as fotografias. Inclusive, ressaltei um “até mesmo” antes de citar o M. Cirino e nem me lembrei do Chiquinho… &;-D

        • Eu acho que é quase sempre!!!

          • Opinião é igual ao C*: cada um tem o seu… &;-D

          • O problema são opiniões absurdas e destorcidas da realidade…

      • &;-D

    • Então me responda: qual time no Brasil possui em seu elenco, somente jogadores classes A e B? &;-D

      • No Palmeiras tem jogador nível C, mas não é titular indiscutível… e por isso eles serão campeões!!

        • Exato! No entanto, eles são titulares quando não dispõem de um reserva à altura! E à meu ver, NENHUM jogador deve ser visto como titular absoluto, embora uns mereçam mais à titularidade que outros.

          O ideal é que o processo de composição de elenco seja contínuo, onde os jogadores classes C, D e E sejam gradativamente substituídos por jogadores classe A e B, de acordo com a saúde financeira do clube e as perspectivas do mercado. No momento atual (e dada a condição financeira), o Flamengo NÃO tem condições de se “livrar” de jogadores classe C e eles devem ser aproveitados da melhor maneira possível.

          Inclusive, como titulares (se for o caso)… &;-D

        • Em tempo: O Flamengo terminará o campeonato como 2o. ou 3o. colocado. Isto não lhe diz nada? &;-D

          • Sim… q o Flamengo perdeu uma ótima oportunidade de levantar a taça, pois muitos considerados grande estão uma draga esse ano… e na minha opinião deve-se a insistência com alguns jogadores medíocres, apesar de boas peças de reposição no banco!
            Já que você está gloriando o 3° lugar, me diz o q vc acha do time do Botafogo? quem merece comemorar mais o Fla ou o Botaovo, de quem não conseguimos ganhar.
            Ha, e deixa eu te dizer em que posição o Fla vai terminar, depois vc pode me cobrar..
            1° Palmeiras
            2° Santos
            3° Flamengo

          • Veremos… &;-D

      • Nenhum, mas tu deu umas viajadas ai com Juan classe A. Éverton C e etc… Tirando umas viajadas, seu texto tá bom. Parabéns !

        Tenho certeza que você é parente do Bandeira, só trocar esse P por um B

        • Sim! Por isso, fiz a questão de incluir o parágrafo “Sei que muitos não vão concordar com as classificações aqui feitas, mas espero que tenham compreendido tais conceitos.” &;-D

        • Cara, vou te contar tem gente que adora comparar merda com bosta. Do que adianta comparar a essa merda de futebol que os outros jogam ou aos elencos que eles tem? Assim vamos achar que o M.A é o melhor que podemos ter. Cara já tivemos jogadores melhores e piores do que temos agora, mas isso não justifica se contentar com Fernandinho e cia. Não faço idéia quem é A,B ou C (não tive paciência de ler ler essa porcaria até o fim ) mas o que eu tenho que no próximo ano só 5 jogadores são incontestáveis, Muralha, Jorge, DIego, Everton e Guerrero.

  • Olha o Ednei aí. kkkkkkkkkk

  • Só para complementar: “Queiram ou não, PRECISAMOS destes jogadores!”
    — Mas não de todos eles… &;-D

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Irretocável!

    Não tenho com o que discordar em nada do texto. Quem não consegue observar que jogadores nível B e C, (por serem obedientes taticamente e cumprirem bem seus papéis dentro de campo sem serem egocentricos) são essenciais para a construção de um time vencedor.

    Vamos observar o Palmeiras, meu caro amigo Ednei? Os dois volantes! Podemos observar claramente um jogador limitado, Moisés, que não participa do momento ofensivo da equipe, e o Tche, Tche, que tambem ajuda pouco, cumprindo seus papeis taticos E NÃO APOIANDO O ATAQUE PARA NÃO DESGUARNECER A DEFESA! Logo, o time é equilibrado por conta dessa postura. Genial!

    Vamos fazer outra análise? Dudu! Nada egocentrico, sem marra nenhuma, um jogador totalmente de grupo. Mais um jogador nivel B, pois agrega e cumpre suas funções com baixo salário.

    Vamos falar do planejamento deles pra próxima temporada? Querem renovar por mais 3 anos com o Barrios e aumentar a multa, pois é um jogador indispensável pra equipe e pro elenco, pois não é egocentrico e fica no banco sem reclamar, apesar de seu alto salário. Cenário parecido com o do Fabiano, muito contestado pela torcida e que vai renovar por mais 5 anos! ISSO MESMO, 5 ANOS! São uns genios esses caras, é assim que se constroi um elenco de qualidade!

    Queria agradecer a você por nos presentear com sua visão ímpar à cerca do dinamismo do futebol moderno, me fazendo ver como precisamos de um volante nivel D que não consegue progredir uma jogada, erra passes fáceis, e se omite nas tramas centrais no meio campo!

    Espero ter aprendido tudo!

    Agora V T N C kkkkk tu é doido!

    • TURN DOWN FOR WHAT

    • Você está comparando o Dudu do Palmeiras com o Chiquinho.

      • Sim, ao meu ver são jogadores de mesmo nível técnico, sem egocentrismo, e que cumprem suas funções sem reclamar. Ou seja, indispensáveis ao time.

        Você não aprendeu nada com nosso mestre Ednei, pelo visto. Leia o texto dele novamente.

        • A única coisa que eu aprendi é como NÃO escrever uma coluna. Que o Ednei ama perebas e que ele é louco de pedra todo mundo já sabia!

    • Só acho a visão dele muito benevolente com muitos perebas. Deve ser esta a visão do todo o departamento de futebol do Flamengo.

      • Não se trata em ser benevolente, mas trabalhar com o que temos disponível e melhorar o elenco, dentro das possibilidades. Como citei anteriormente, “SOMENTE descartaria a renovação destes jogadores se houvessem negociações já concretizadas de substitutos ou se os seus salários forem incompatíveis com a realidade do clube.”. Inclusive, deixei este parágrafo no final justamente para ficar em evidência.

        Mas infelizmente, a vontade de me destratarem é maior… &;-D

        • Ednei, respeito sua opinião. Mas tenho comigo que o Flamengo é um clube “profissional”. E como tal há no clube vários “profissionais” responsaveis – muito bem remunerados, diga-se de passagem – pela montagem do elenco. Vários fatores devem ser levados em conta.
          Quando voce começa o ano com 02 zagueiros do nivel de Wallace e César Martins – que já haviam feito uma temporada anterior horrivel – e não prioriza o reforço deste setor voce há de concordar que os criterios estão equivocados.
          Em minha opinião o clube é uma empresa onde se deveria se ter sempre o melhor (ou proximo disso), jogadores que não rendem deveriam ser sumariamente vendidos e emprestados.
          É assim que gira a roda do futebol.

          • Concordo plenamente! E inclusive, a direção técnica sabia destas necessidades. Mas você lembra a dificuldade que foi para realizar a contratação de zagueiros? Só conseguimos o Réver porque estava encostado após se recuperar de lesão (e muitos questionavam se conseguiria dar conta do recado; já o Vaz foi mais fácil pois não renovou contrato com o Vasco (e também foi recebido com desconfiança). Por fim, o Donnati só veio como 3a. opção (pois não conseguiram contratar outros 2 zagueiros) e ainda assim porque ele mesmo forçou a vinda. Em suma: se já está difícil contratar bons jogadores, imagina então se nem sequer temos disponíveis, pois o contrato não foi renovado por causa de “birra do torcedor”? &;-D

        • Vc acha o MA mais jogador q o Ronaldo, e o Gabriel mais jogador que o Thiago Santos? se não for melhor (minha opinião q é) é a mesma bosta, bosta por bosta, mantém o moleque da base que ganha menos, e pode aparecer um maluco para levar… Não lembra do Wellington, os russos q diga)

          • Você se arriscaria a colocar jogadores que mal saíram da base para dentro de um caldeirão chamado Flamengo, sem antes realizar todos os preparativos necessários (pré-temporada)? Acho que não! Até concordo que eles podem render tão bem ou melhor que os jogadores já criticados; ainda assim, JAMAIS arriscaria as suas carreiras em vista de uma “eventual necessidade” do time… &;-D

          • Eu penso assim Ednei, infelizmente, não vamos saber se não testar!! se eles não conseguirem se sobressair depois de “ALGUMAS”, não uma na vida outra na morte… Infelizmente não servem para o Fla… quem sabe em outro clube, com menos pressão ou de menor investimento… Mas é assim, se não colocar não iremos saber.
            Infelizmente temos exemplos que eles não estão sendo bem utilizados, caso do Vizeu… e o Thiago, que fez um bom jogo assim q entrou no fogo daquele jogo horrível contra America, e o bônus, foi ficar de fora do banco contra o Coritiba!

          • Entendo a sua posição. Mas temos que levar em consideração que ambos os jogadores são novos e não podem entrar em partidas complicadas, onde o Flamengo precisa obter resultados. O ideal é que esses jogadores entrem durante o 2o. tempo e com o nosso time ganhando de uma boa margem (2×0) sem maiores riscos. Mas quantas vezes tivemos o Flamengo nesta condição este ano? &;-D

      • E é, sem dúvida nenhuma!

    • Sono V T N C foi exagerado.

      O cara é amante do futebol do MA e cria uma tese pra defender isso.

      Lógico que ele não pensa na qualificação do elenco e tá satisfeito se formos pra libertadores.

      Afinal título não é importante.

      • É pra lavar a alma, perdoe a emoção, vou me conter depois

      • Penso sim, na qualificação e em títulos. Mas também não ignoro as dificuldades e os empecilhos de montar elencos grandiosos, pois de que adianta montar super-elencos e sermos campeões, para ver o time ser desmanchado no ano seguinte e ter dívidas acumuladas? &;-D

  • Por essa lógica não existe jogador ruim. Qualquer lixo é classe C e portanto bom para compor o elenco. A ideia até foi boa, mas precisa ser melhor desenvolvida.

    SRN

    • Na verdade, deixei-a em aberto, para estimular os comentários… &;-D

  • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • É O ARMAGEDON!

  • O Cirino chegou no Flamengo com custo e prestígio de jogador classe B, dentro da boa lógica da coluna

    • Mas desde que chegou ao Flamengo, mostrou-se como um jogador classe C. Mas como havia escrito anteriormente, “Sei que muitos não vão concordar com as classificações aqui feitas, mas espero que tenham compreendido tais conceitos.” &;-D

  • O problema é quando o jogador recebe salario de jogador A ou B e rende como C. Alem da baixa relação custo x beneficio, a sua presença e alto custo meio que obrigam o treinador a utilizar esses jogadores em detrimento de outros, da base, por exemplo.

    O Flamengo precisa decidir que tipo de equipe quer ser. A Diretoria contratou uma série de jogadores de meio campo e ataque, mas o tecnico não os aproveita ! Temos varios bons jogadores da base sem oportunidade de crescimento !

    Na seleção Brasileira basta convocar os jogadores que se encaixem melhor no esquema desejado. Num clube em processo de reestruturação como o Flamengo, por vezes não entendo a lógica por trás de certas contratações.

    Em tese, as tres principais contratações do ano, fora o Diego, claro, seriam Donatti, Mancuello e Cuellar. A diretoria fez um esforço financeiro enorme para comprar os direitos economicos desses caras que em tese seriam jogadores incontestáveis, que viriam para serem titulares. Foram péssimas contratações ou a deficiência é do Tecnico que não sabe montar o time para ser competitivo usando o que tem de melhor ?

    • Só saberemos mesmo em 2017, quando o Zé Ricardo realizar uma boa pré-temporada… &;-D

  • acho que domingo Ma vai ser mt vaiado.
    eu sou contra dessas atitudes,o jogador já é tecnicamente limitado e sendo vaiado ai que ele n joga nada.

  • Olha o Ednei aí pessoal. Por isso estava afastado dos comentários, pois estava preparando sua Coluna!!
    Cara vou ser transparente com você: concordo em alguns trechos e discordo em muitos outros.
    Penso que se os jogadores que já estão depois de 2,3 anos não derem resultados, penso que essa é a hora da mudança. E é isso que falta ao Flamengo. Pois é importante contratar jogadores que venham para ser titulares, para dispensar os que nada produziram, e assim fazer um maior aproveitamento da base.

    P.S> esses jogadores na capa da Coluna é uma salada de frutas de pereba!

    • Sou fã demais desse rapaz!

    • “Pois é importante contratar jogadores que venham para ser titulares, para dispensar os que nada produziram, e assim fazer um maior aproveitamento da base.” — PERFEITO! &;-D

    • “Penso que se os jogadores que já estão depois de 2,3 anos não derem resultados, penso que essa é a hora da mudança. E é isso que falta ao Flamengo.” — Na prática, o conceito de resultado varia de acordo com quem avalia. Para muitos torcedores, os jogadores criticados não trouxeram os resultados que ELES desejavam e no entanto, esses mesmos jogadores se mostraram muitos úteis em diversos momentos. Isto também não é resultado? &;-D

      • Depende, pra quem se contenta em ser mero coadjuvante em competições. Agora quem quiser chegar pelo menos nas semi finais.
        Depende do torcedor amigo.
        SRN!

  • Juan nível A
    Leandro Damião B
    Éverton C
    Qual o critério usado?

    • Apesar da queda de produção em vista da idade avançada, o desempenho do Juan é de alto nível quando está em campo. Ou se esqueceram das boas partidas que ele fez? Inclusive, foi figura constante nas convocações. Já o Leandro Damião é um bom atacante (apesar dos altos e baixos) e o Éverton já vimos diversas vezes que até certo ponto, é limitado.

      O mais importante: “Sei que muitos não vão concordar com as classificações aqui feitas, mas espero que tenham compreendido tais conceitos.” &;-D

    • Pra mim faltou um nível, o D… Márcio Araújo!!

Comentários não são permitidos.