Prefeitura de SP quer que Pacaembu vire a casa do Flamengo

A Prefeitura de São Paulo quer que o Pacaembu seja a “casa” do Flamengo no Campeonato Carioca e também no Campeonato Brasileiro em 2017. Nesta semana, o secretário municipal de Esportes e Lazer Jorge Damião vai se reunir com o presidente do clube carioca, Eduardo Bandeira de Melo, para formalizar o convite.

“Queremos o Flamengo jogando no Pacaembu. Já imaginou um Fla-Flu no Pacaembu? A torcida do Flamengo é fantástica e pode ajudar nesse processo de reafirmação do Pacaembu como uma arena esportiva”, diz o secretário. No ano passado, o Flamengo jogou duas vezes no estádio paulistano durante o Campeonato Brasileiro. Diante do Figueirense, em setembro, foram mais de 30.000 pagantes. No mês seguinte, cerca de 21.000 acompanharam a partida contra o Santa Cruz. A cidade ficou rubro-negra nos dois domingos.

Esses números, somados à escassez de estádios no Rio, motivaram a ação da prefeitura paulista. Como o Maracanã está no meio de uma disputa jurídica entre o governo do Rio e a construtora Odebrecht e permanece abandonado, o Flamengo escolheu o Estádio Luso-Brasileiro como sede dos jogos, mas a arena só tem capacidade para 15.000 pessoas.

O Flamengo é apenas um dos clubes que a prefeitura quer convidar para atuar no Pacaembu com mais frequência. O São Paulo deve mandar dois jogos do Campeonato Paulista, entre eles, um clássico; o Santos vai jogar no dia 29, no amistoso diante do marroquino Kenitra para apresentar o elenco, e também em partidas do Campeonato Paulista e da Libertadores. Até a Portuguesa, que vai disputar a Série A2, irá desfilar no Estádio Paulo Machado de Carvalho.

Além do futebol, o Pacaembu receberá seis jogos da seleção brasileira de rúgbi – o primeiro será no dia 3 de março contra o Chile. Garantir a visibilidade do Pacaembu é uma das estratégias para atrair investidores para o processo de concessão da arena. O modelo, ainda em estudos, é conduzido por Wilson Poit, secretário da Desestatização. Números da prefeitura apontam a necessidade de 300 milhões de reais a 600 milhões de reais para a modernização da arena. O projeto incluiria reconstrução da arquibancada e criação de mais vagas de estacionamento no estádio.

Depois de mostrar interesse em assumir o Pacaembu, o Santos recuou e vai continuar como locatário. Negocia agora a redução do aluguel. O preço é de 10% da renda da bilheteria e 12% para jogos à noite.

Fonte: Veja | Estadão

Veja também

  • Pacaembu é meu piru!

  • Preferem destruir o maraca a repassar so flamengo, só no Brasil mesmo.

  • Deixa eu ver se entendi: o Flamengo sofre e toma prejuízo por causa de uma concessão ridícula do Maracanã, e a prefeitura de São Paulo quer usar os jogos do Flamengo pra alavancar a concessão do Pacaembu. Pode isso Arnaldo?

  • Otima opção para jogos grandes caso o flamengo n consiga o maraca, e é bem melhor que mane garrinchq ou arena das dunas devido ao curto espaço de deslocamento.

  • Se até o Brasileiro o Flamengo nao assumir o maraca,é uma boa revezar pacaembu e a ilha da nação.
    Se governo carioca não dá o devido valor ao mengão que o bandeira procure o melhor para o clube.

  • Acho uma excelente opção visto o pouco deslocamento se comparado ao Mané Garrincha.

  • O governador do Rio é uma anta de A maiúsculo kkk nao vao deixar o Fla com o maraca mesmo , pura burrice , todos sabem quem da dinheiro para o estadio e ainda sim ficam de birra … corruptos desgraçados !! Ja nao basta acabar com o estado , tem que fazer a tarefa perfeita …. acabar com o resto que tem .

  • São Paulo e o Caramba vão pro inferno , jogar aí 2 vezes por ano já está bom.

    • Na verdade querem fazer a concessão do estádio e enxergam no Flamengo um parceiro forte pra isso, qual o problema? Ganha o estado que se livra de um encosto e ganha o Flamengo que consegue jogar num estádio bom pagando valores muito abaixo do que paga num Maracanã.

  • O Pacaembu é o estádio certo no estado errado.

  • Pessoal,
    noves fora o gosto pessoal de cada um, é impressionante que o “vizinho” reconheça a força do Flamengo e aqui no Rio de Janeiro tenhamos essa “suruba política” toda.
    Imagino, não tenho informação nenhuma sobre o tema, que as condições dessa oferta sejam mais atraentes do que as que foram tratadas no ano passado.
    Poderá sim ser uma boa opção para o elenco não ter de viajar tanto.
    SRN

  • pelo menos até q a Arena da Ilha fique pronta e possa ser usada com a pressão da torcida próxima a linha do campo

    • A arena da ilha vai ser o estádio oficial irmão. O Pacaembu e somente para as fazes finais da Libertadores.

  • Pode vir Mengão será bem recebido no Pacaembu, assim como foi na copinha aqui em São Caetano. E que isso seja exemplo para esse governo mequetrefe do Rio, com a porcaria que fizeram com o Maracanã e agora dificultando para que seja novamente da torcida do Flamengo, canalhas..

  • até a prefeitura de são paulo esta vendo a evolução do flamengo . só a do rio que não enxegar.

  • Boa tarde aos meus grandiosos irmãos rubros. Venho convidar a vcs fazerem parte de nossa família flazapp, onde teremos jogos e enquetes, notícias entre muito mais … venha fazer parte vc tbm através desses números
    (21) 96477 – 1696
    (21) 97462 – 1663
    (24) 98846 – 7179
    (27) 99927 – 6626
    (64) 9941 – 7382

  • A politicagem carioca deixa acontecer coisas que até Deus duvida, um estadio como o maracanã nas condições atuais, os outros estados agradecem.

  • De jeito algum!! Querem sustentar a Prefeitura paulistana as custas dos flamenguistas? Uma vez ou outra no ano td bem, mas casa? Aí já é querer demais!!

    • cabem mais torcedores que em cariacica

    • Uma mão lava a outra. Qual o problema de mandar alguns jogos de maior público em São Paulo? Muito melhor que ter que ir sempre para Brasília ou outro lugar mais longe, além do mais, não será “uma casa” visto que temos a arena da ilha pra jogos de menor apelo, joga alguns jogos medianos no pacaembu e os jogos de grande porte joga em algum estádio maior(como o de brasília) fora que estaremos dando alegrias também aos rubros-negros paulistas. Desde que seja bom pro flamengo, pouco importa se estará “sustentando” alguém, é impossível fazer parcerias sendo o único beneficiado e não tem porquê querer ser o único beneficiado, o insucesso de outro não quer dizer sucesso nosso, ainda mais se for uma prefeitura.

    • Eu aceitaria somente no campeonato carioca. e somente em casos de compra de mando por alguma empresa esportiva, como no caso de brasília, natal, enfim. Esse negócio de mandar jogos no brasileiro, etc. se Flamengo aceitar isso já vou fazer campanha para o Bap 2018.

      • Ano passado o Fla n jogou em Cariacica a maioria dos seus jogos? E porisso deixou de ser um clube carioca? O fato de ter uma casa em SP até q possamos construír nossa casa n tem problema algum. Pacaembu é um bom estádio bem localizado próximo ao Rio. Qual é q do mimimi?

        • Só que esse modelo não acontecerá em 2017(mandar a maioria dos jogos fora)pois temos a Arena da Ilha onde o Flamengo possivelmente mandará a maioria de seus jogos a partir da libertadores. Anteriormente a isso, durante o carioca e a primeira liga sim, o Flamengo mandará através de venda de mando.

    • Flamengo é um clube nacional, faz casa em qualquer estado do Brasil! SRN

    • Sério? &;-D

    • Como se a prefeitura do Rio tivesse fazendo de bom uso a sustentação que o Mengão lhe oferece.

      Cagam para nós, oras?

      Confio mais nesse dinheiro na mão do Dória do que o Crivella (ou seja lá quem governa o Rio hoje em dia).

Comentários não são permitidos.