Lagardère nega ter relação com Ricardo Teixeira, ‘investigado de corrupção’

Conforme informado no blog do colunista Ancelmo Gois, do O Globo, a empresa francesa Lagardère, que disputa a concessão para administrar o Maracanã, informou que não tem qualquer tipo de relação com Ricardo Teixeira, o ex-presidente da CBF.

O próprio grupo afirmou que existe uma forte fiscalização interna nos bastidores, que inclusive “não permite negócios com investigados de corrupção”.

Ainda nesta semana o presidente do Fla, Bandeira de Mello, comentou sobre essa possível ligação entre a empresa francesa e Ricardo Teixeira. O que o mandatário rubro-negro sempre deixou bem claro, é que se a administração do Maracanã for passado a este grupo, o Flamengo não usará mais o estádio para seus jogos.

Veja também

  • Tá bom…eu não boto a mão no fogo por ninguém ai. Ou vem pro Fla ou pode engolir o Elefante Branco, pois o Maracanã sem o Flamengo, não tem como, vai virar uma casa de shows, pois futebol é prejuízo certo. Eles todos sabem disso. Tudo isso é joguinho de cena.

Comentários não são permitidos.