Praia, trilha e concentração. A vida no Rio e os segredos de Diego no Fla

A concentração de Diego nos jogos do Flamengo chama a atenção. Aos 32 anos, o meia é a referência do Rubro-negro e funciona como uma espécie de modelo a ser seguido pelos mais jovens. De volta à seleção brasileira e com números expressivos, o jogador ainda surpreende pela rápida adaptação ao clube no qual foi apresentado em 20 de julho de 2016.

O UOL Esporte foi atrás das respostas e ouviu do próprio camisa 35 – que veste o eterno número 10 na Copa Libertadores – os motivos do sucesso no Flamengo. Diego soma 26 jogos oficiais pelo Rubro-negro, com 11 gols marcados. A rápida adaptação ao Rio de Janeiro, a vida regrada e diurna, além do trabalho intenso de concentração influem diretamente na performance.

“A experiência me fez entender que a concentração é muito importante. A prática de todos esses anos me ajudou muito, mas são alguns fatores que fazem diferença. O próprio departamento de psicologia do Flamengo enfatiza bastante a importância de se concentrar nos jogos. Eles nos convenceram de que é um aspecto fundamental no rendimento. Eu tenho a consciência de que o lado psicológico, não só o físico, é muito importante para estar sempre atento e render ao máximo. É uma coisa com a qual me cobro bastante e procuro fazer sempre. Tudo isso influi diretamente no rendimento”, afirmou o jogador.

O trabalho intenso no dia a dia rubro-negro encontra eco fora das quatro linhas. Diego se mantém longe das baladas e aproveita o tempo livre ao lado da família. Mesmo quando não está treinando, o meia quase sempre se exercita. Pedaladas na orla carioca e até trilhas estão entre os programas favoritos.

Um exemplo se deu na segunda-feira de Carnaval. Enquanto milhares curtiam os blocos espalhados pela cidade e os desfiles na Marquês de Sapucaí, Diego fazia a trilha da Pedra da Gávea ao lado da mulher Bruna Letícia e de amigos.

É sempre assim. Os filhos Davi e Matteo também o acompanham nos programas diurnos. A família aproveita as praias do Rio de Janeiro e os pontos turísticos. Recentemente, Diego celebrou os 32 anos em uma festa reservada e cercado por familiares. A vida regrada favorece o rendimento dentro das quatro linhas e deixa a comissão técnica tranquila em relação ao principal nome do elenco.

“A minha adaptação ao Rio de Janeiro tem sido maravilhosa. Gosto muito de ir à praia no tempo livre e em restaurantes. Costumo passear e conhecer a cidade. Fazer trilhas, por exemplo. Fiz algumas já. Esse contato com a natureza é muito importante. Os próprios jogadores e pessoas que já conhecia têm colaborado muito com essa adaptação. A cidade também contribui, pois dá muitas opções. O Rio tem uma beleza natural que me atrai muito”, encerrou.

Veja também

  • Diego é o lider positivo, o exemplo a ser seguido. Quem acompanha os videos da FlaTV e dos jogos, percebe como o Diego é referência para os garotos, assim como o Rever e o Guerrero também são. Todos são consagrados, tem muitos titulos no curriculo e são jogadores menos afeitos a badalações e mais chegados a trabalho, e isso puxa o bonde da molecada junto. Faz tempo que não vemos um time tão nas pontas dos cascos como esse do meu Mengão….Parabens a Diretoria, ao Zé Ricardo e aos jogadores, e vamos com tudo pra enchermos a Gavea de troféus…

  • Outro dia comentei que acredito que alguns jogadores curiosos ou suas esposas ou filhos, parentes, agregados, amigos etc… apareçam por aqui pra dar uma olhada de vez em quando do que comentamos sobre seus queridos e próximos.

    E tenha certeza que críticas construtivas positivas ou não, mas sem tom de ironia ou bronca que as vezes descamba para perseguição pessoal, acabam sendo levadas aos ouvidos de quem nem imaginamos a pessoa ou até mesmo o alcance do que aqui dizemos.

    Parabéns, a todos que aqui escrevem cada vez melhor…

    Produzindo opiniões que realmente valem a pena prestar atenção e dedicar um tempo para se ler e refletir.

    Opiniões inteligentes positivas ou não, mas que em seu conteúdo não rachemos o pau em cima de ninguém pois para ser contrário não se precisa disso.

    Parabéns a você e a TODOS que fazem dessa Coluna um lugar cada vez mais “inteligente” e de bom bate papo Flamengo.

    Saudações..

  • Espero que os prata da casa aprendam com ele!

    • Que tenham juízo e absorvam tudo de bom que ele agrega ao Flamengo.

Comentários não são permitidos.