A legitimidade de 1987

Chega a ser curiosa, até infantil a disputa nos tribunais para, teoricamente, reconhecer o “verdadeiro” campeão brasileiro de 1987. Sim, entre aspas. Afinal, não há o que contestar. A legitimidade da conquista estaria, sempre, abraçada ao vencedor da final entre Flamengo e Internacional naquele 13 de dezembro em um Maracanã abarrotado com 91 mil espectadores. Títulos são conquistados em campo, não no tapetão. É a única forma de alcançar a legitimidade no futebol.

É essa legitimidade que permite ao torcedor, orgulhoso, entrar de peito estufado em discussões e contabilizar suas taças. Emana até certa arrogância diante de fatos tão claros. Pois há, no universo da bola, uma ordem das coisas. Uma hierarquia acima de qualquer canetada de juiz. A elite do futebol brasileiro sempre foi composta pelos grandes clubes. Uma escolha de um tribunal jamais conseguiria mudar isso da noite para o dia. A convenção dos homens está acima de qualquer decisão de gabinete.

É uma elite legítima, alcançada por glórias em campo ao longo dos anos e pela capacidade de alavancar massas estádios afora. Não arrancada com um fórceps judicial. Todos sabem no futebol brasileiro qual é a Primeira Divisão nacional. Assim sabiam em 1987. Como sabem atualmente, trinta anos depois, em 2017. Diante de uma CBF esfacelada, os clubes de elite, legítimos donos do futebol brasileiro, tomaram para si as rédeas de seus destinos, instituíram o Clube dos Treze e mandaram o poder às favas com a Copa União.

Flamengo, Internacional e todos os outros grandes clubes concordaram em manter a palavra até o fim. A legitimidade, sabiam, não dependia da CBF, arrependida por recuar seus tentáculos. Depende do povo, da arquibancada, das ruas. Todos eles sabem que o tetracampeonato brasileiro rubro-negro aconteceu em 1987.

Rivais alfinetam e provocam os torcedores do Flamengo simplesmente pela boa e velha galhofa. Fariam o mesmo com Internacional, Atlético-MG ou São Paulo. Em seu íntimo, no entanto, sabem que o verdadeiro campeão foi o time comandado por Zico, Bebeto, Renato Gaúcho e companhia. A legitimidade acompanha a conquista rubro-negra, não o modo amarelo de Sport e Guarani. Por isso é desnecessário ver inúmeras administrações do Flamengo submeterem o clube a tolas brigas judiciais em busca de uma legitimidade que já é incorporada por sua torcida e até mesmo por rivais.

Parte da imprensa alimenta a disputa fictícia para seduzir cliques e audiência de uma Nação. Os números, nestes momentos, contam no bolso. Pois em 1987 jornais, revistas e tvs declaravam abertamente o tetracampeonato do Flamengo. Ao Sport resta lançar camisas, gritar, investir no marketing e berrar até perder a voz em busca de algo que não conseguiu alcançar em 30 anos. Sim, o Supremo Tribunal Federal decidiu, mesmo com o país em meio ao caos, julgar uma questão que transcende qualquer tapetão. Qualquer voto de suas excelências. Inútil. A Primeira Divisão de 1987 teve apenas um campeão. O legítimo.

Reprodução: Pedro Henrique Torre, do Chute Cruzado

Veja também

  • O Flamengo é o campeão de fato. Ao Sport, resta dizer que foi reconhecido na Justiça de Pernambuco – é bom que se diga! – num processo tão nebuloso quanto foram os jogos do tal módulo que ele jogou e foi declarado campeão pelo Guarani. Um campeonato nacional que não foi visto pela nação brasileira.
    Na verdade – é um termo novo, mas cabe perfeitamente – o Sport é o legítimo pseudocampeão brasileiro de 1987.

    #SportPseudocampeão87

  • Da pena desse clube de merda chamado Sport. N tem tradição alguma. E ainda se acha no direito de se comparar ao nosso clube. Vamos em Frente e concordar q o Rever falou na última matéria. Correr para aumentar a galeria de troféus. Sport nunca será campeões nacional, vão se passar várias gerações e nd. Ao contrário, eles vão descer mil vezes mais.

  • Acho besteira ficar brigando por isso aí, não do a mínima para o que o STF, o MP ou qualquer juiz possa falar. Não sei porque dão tanta importância a essa notícia. A FIFA diz que não somos campeões mundiais e nem por isso recorremos a justiça ou deixamos de ser campeões, essa briga toda é completamente imbecil e desnecessária, temos coisas melhores a fazer com nosso dinheiro do que ficar disputando título de 30 anos com um time de segunda divisão.

  • Nessas horas, fico me perguntando: qual seria o perfil dos comentários dos torcedores do Sport em suas colunas e redes sociais? O que eles “acham” dessa cagada? &:-D

  • #QueroFotosdaArena

  • STF: uma referência em honestidade e imparcialidade.

  • Importante. O Lula tá namorando com a Dilma.

  • Já comentei isso aqui no Coluna algumas vezes,mas vou repetir.

    Eu tinha 11 anos em 1987 e acompanhei aquele campeonato brasileiro. Após a vitória sobre o Inter em dezembro daquele ano todo mundo, da imprensa aos torcedores rivais, trataram o Flamengo como tetra campeão brasileiro e por isso não havia a menor necessidade da busca,humilhante até,por um reconhecimento de algo que aconteceu no campo de futebol.

    E a prova de que essa luta nos tribunais tem que acabar é que hoje, após a decisão do STF, eu tenho absoluta certeza de que nenhum dos 40 milhões de rubro-negros deixou de se considerar hexa campeão brasileiro.

    A única coisa que me deixa puto nessa história é a postura dos outros clubes que disputaram aquele campeonato e concordaram em não entrar em campo pra jogar o ridículo quadrangular inventado DEPOIS que ele já havia começado,pois se fossem dignos declarariam que o Flamengo é o legítimo campeão de 1987.

  • De um Supremo que apoiou um desavergonhado golpe parlamentar que legitimou um traíra no poder e jogou o País num caos social e de falta de representatividade esperar o que? E desde onde uma Rosa Weber entende bulhufas de futebol para dar um voto sobre este tema?

    • PT = corruptos
      PMDB = corruptos
      PSDB = corruptos
      STF = corruptos

      STF defende o quê for da conveniência deles na hora. Rosa Weber não sabe nem o quê comeu no café, o outro lá é corinthiano e o Marco Aurélio quer chamar atenção para variar. Daí, a falar que tirar uma ladra safada do poder é golpe, é misturar o cu com a bunda.

      • Exatamente isso.

  • Toda vez que vejo essa discussão boba relembro daquela final, tinha apenas 9 anos e sempre ouvia meu pai contar como Flamengo conquistou os outros três títulos a libertadores e mundial, o time mágico de Zico e cia. Lembro da angustia da semi-final no Mineirão, depois de abrir 2X0 e deixar o Galo igualar o placar aquele golaço de Renato Gaucho.

    Lembro da grande carreata que aconteceu na minha cidade e a felicidade daquela imensa torcida no interior da Bahia, com carro de som, foguetes e muita música.
    Depois de 87, vieram 92 e 2009, o tri da Copa do Brasil e outros tantos títulos conquistados.

    Agora 30 anos depois, vêm STF confirmar que o título não foi nosso?

    Pouco me importa isso, eu vibrei eu gritei e comemorei, esta marcada na minha memória e vou contar ao meu filho como meu pai contou para mim.

    Isso não muda nada para nós Flamenguistas, o título está lá e quem viu sabe como foi sofrido, como foi legal.

    Eu gritei tetra campeão…

    Isso é o que importa e ninguém vai tirar isso da minha memória..

    Agora pede o vídeo do Sport comemorando um título e gritando tetra campeão

  • Mais uma derrota dessa diretoria
    .
    Espero que esses pagadores de conta deixem o Flamengo antes dele acabar

    • Fooooora!!!Seu bosta!!

  • Sport rebaixado em 86 e campeão da série A em 87? Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk Kkkkkkkkkk
    Rir é o melhor remédio…

    • Esqueça cara, todos sabem que o Flamengo é o campeão. deixem o povo da parte inferior da pirâmide se divertir um pouco. afinal de contas eles não tem nada em sua história. o que resta a eles é abraçar e morrer com o título de tapetão de canetada, deve ser a glória para eles.

      • Eu já li várias versões do que houve mas nunca vi o documento que prova que os clubes concordaram com o cruzamento dos campeões dos módulos. Esse documento foi aquele assinado pelo eurico ?

        • Sim. O embasamento deles é esse tal documento que o sapo charuteiro teria assinado nas sombras. Mas não importa. STF é uma instituição sem nenhuma credibilidade, assim como a CBF. Flamengo Campeão Brasileiro de 1987, de fato e legítimo. O resto é dor de cotovelo de torcedores de times de menor expressão.

Comentários não são permitidos.