Comissão de Arbitragem da CBF comenta lance polêmico: “Segue o jogo. Nada a marcar”

A comissão de arbitragem da CBF divulgou um comunicado nesta tarde sobre o lance polêmico da partida entre Santos e Flamengo na Vila Belmiro.

A polêmica foi no lance de Bruno Henrique com Réver. Após o jogador santista cair na área, Vuaden marca pênalti. Em conversa com o quarto árbitro, porém, ele volta atrás quase um minuto depois e aponta escanteio.

A decisão de Vuaden foi aprovada pela comissão de arbitragem como mostra o comunicado que acompanha um vídeo com o lance. “Segue o jogo. Nada a marcar. Tiro de canto“, diz a comissão de arbitragem.

Um jogador pode proteger a bola colocando-se entre um adversário e a bola desde que a bola se encontre em distância de disputa e o jogador não seja segurado com os braços ou corpo“, diz o comunicado sobre aplicação da regra.

O Santos enviou um ofício à CBF repudiando a arbitragem, pedindo anulação da partida e ainda acusa o repórter Eric Faria da TV Globo, pois ele teria interferido na marcação do lance polêmico.

Veja mais:

 

Veja também

  • 4º árbitro acaba de ser ouvido na ESPN. Nega que sequer teve contato com o repórter Eric Faria. No lugar dos envolvidos metia uma ação indenizatória contra o santos.

  • Povo brasileiro e sua síndrome de mimimi…

  • O pior é que toda essa polêmica, absurda e canalha, só surgiu em razão da péssima atuação de certos jogadores do Flamengo. Nem preciso dizer quem são, pois já foi dito à exaustão.

    • Concordo plenamente

  • Neto no programa de hj, na bandcurintias, quiz ludibriar o telespectador que isso só acontece a favor do Flamengo. Tá de sacanagem esse cara, né. Não tem o mínimo de respeito pelo torcedor, pensa que o torcedor é bôbo que não pensa, não vê e não sabe analisar os acontecimentos. Tem inveja do Fla, porque tem a maior torcida do mundo. Enquanto, ele pensa que assim vai diminuir a torcida do Fla vai é aumentar mais é muito mais.

  • Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk! Não consigo parar de rir!

  • chupa peixe kkkk

Comentários não são permitidos.