Gabriela Moreira: “Polícia do Rio vai checar documentos de palmeirenses na Ilha do Urubu”

O Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádio) do Rio de Janeiro vai checar identidade por identidade dos torcedores palmeirenses na Ilha do Urubu, para o jogo entre Flamengo e Palmeiras, nesta quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro. O objetivo é impedir que vascaínos que estejam na lista de impedidos se infiltrem entre os alviverdes, além de verificar se entre os próprios palmeirenses há alguém que esteja proibido de frequentar estádios.

O procedimento já foi adotado em dois jogos pela Policia Militar do Rio este ano. Com os corintianos que jogaram contra o Vasco, em junho, e com a torcida do Flamengo, que também visitou o Vasco, em São Januário, no dia da guerra entre vascaínos que acabou interditando o estádio.

O Flamengo disponibilizou 1 mil ingressos aos visitantes, o que dá 5% da capacidade do estádio, o mesmo oferecido no Allianz Parque. Dentre eles, há 200 gratuidades e 100 cortesias. Tanto a Polícia Militar quanto o Flamengo aumentaram o número de policiais e seguranças particulares para a partida. O Flamengo contará com cerca de 20% stewards adicionais para o jogo, num total de mais de 300 homens.

Embora o nível de alerta tenha sido elevado por parte das autoridades policiais, após o recebimento de ameaças de união entre as torcidas do Palmeiras e do Vasco, na internet, o comandante do Gepe, major Silvio Luís, elogiou a postura da principal organizada do clube paulista, a “Mancha Alvi Verde”, que na última semana entrou em contato para se apresentar e marcar uma reunião.

“Eles estão com uma diretoria nova e entraram em contato para se apresentar. Achei a postura correta. Fizemos a reunião na semana passada e eles disseram que vão respeitar o combinado. Vamos fazer a escolta deles para que não tenha nenhum problema”, disse o comandante.

Para checar as identidades no dia do jogo, o batalhão levará à Ilha do Urubu um computador com acesso às diversas listas de impedidos.

“Isso facilita a identificação. Tem nos ajudado bastante”, disse o major.

Fonte: Blog da Gabriela Moreira | ESPN

Veja Mais:

Torcedores de Palmeiras e Vasco fazem aliança para promover briga na Ilha do Urubu

 

Veja também

  • UM SOBRE ESSA QUESTAO >>> “Polícia do Rio vai checar documentos de palmeirenses na Ilha do Urubu”… teria tambem que checar a documentação dos torcedores do Flamengo pq com certeza eles vao se enfiltrar pra dizer que foram os torcedores do Flamengo causaram as brigas,fazendo isso identifica os infiltrados bandidos das confusoes!!

    • É fato que eles vao se enfiltrar um pouco em cada torcida,isso tudo e para poder prejuducar o flamengo!!

    • Se isso acontecer a verdadeira torcida do Flamengo tem que pegar esses infiltrados e dá um pau neles e levar eles as autoridades ai o Flamengo fica livre de punição

  • Estamos em um nível tal de guerrilha urbana que o Major do Gepe faz uma assertiva que deveria ser óbvia em qualquer acordo em uma sociedade mais evoluída:

    “Fizemos a reunião na semana passada e eles disseram que vão respeitar o combinado.”

    SRN

    • Pois é, falimos enquanto sociedade.

  • Tudo normal, já se sabe que marginais vivem pra fazer asneira, e o pior é que vão ser açoitados se colocarem essa ideia deles em prática, tenho pena.

  • Poe a Prosegur lá que da Jeito.

  • ilha do urubu kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Sua mãe kkkkk

  • Marginais !!

  • perceberam que visitante so vai a torcida organizada, agora vai a pergunta, quem paga o ingresso, quem paga a passagem, quem coloca o combustivel nos onibus com destino ao estado, refeição. por isso que sou a favor que os clubes sejam punidos quando a briga dentro ou fora do estadio.

    • Tem vagabundo que trabalha pra isso. Viaja pra “causar”.

    • Marcondes,

      Eu penso que o Clube visitante deveria ser cobrado pelo custo operacional a maior que fosse causado por conta de ações de suas torcidas.

      Só assim essa minoria marginal poderá ser isolada dentro do que é a sadia paixão de torcer por um time.

      SRN

      • boa, isso mesmo.

Comentários não são permitidos.